segunda-feira, 9 de julho de 2018

Preso casal que usou nome de Delegado de Garanhuns para golpe

R$ 9 mil reais. Esse foi o valor do golpe dado pelo casal na cidade de Caruaru, usando 
o nome do Delegado Regional Luiz Bernardo. (NE10 Interior/JC Online).

Uma jovem de apenas 21 anos e um homem de 31 foram presos nesse fim de semana suspeitos de estelionato na cidade de Caruaru, no Agreste do estado de Pernambuco. O casal deu um golpe de quase R$ 9 mil em um hotel no centro da cidade, utilizando o nome do delegado regional de Garanhuns, Luiz Bernardo. De acordo com o delegado Patrick Marinho, o homem se passava por policial civil e dizia que trabalhava na equipe do delegado. Por causa disto, ele irá responder ainda por se passar por funcionário público. Já a mulher dizia que era afilhada do delegado Luiz Bernardo.

Segundo informou o gerente do hotel, que preferiu não ser identificado, além das diárias, o casal fazia refeições no estabelecimento. O gerente afirma a Rádio Jornal Caruaru, que os funcionários não desconfiaram que se tratava de golpe já que o casal pagou cerca de R$ 4 mil no início da hospedagem e apresentavam prints com supostas conversas em um aplicativo de mensagens com o delegado. Após descobrir o número do delegado, o hotel teria ligado para cobrar a dívida. Foi quando a fraude foi descoberta.

Os suspeitos passaram cerca de 60 dias no hotel. "A proprietária do hotel deve procurar os meios cíveis para ter o ressarcimento desse prejuízo", explicou Patrick Marinho. Eles foram autuados em flagrante e passarão por audiência de custódia. O caso continua sendo investigado pela Polícia Civil aqui do Estado de Pernambuco.

Delegado negou conhecer dupla suspeita - O caso foi descoberto nesse sábado (7) depois que policiais da equipe Malhas da Lei receberam uma denúncia anônima e foram averiguar as informações. A fraude foi descoberta depois que os funcionários do hotel conseguiram o verdadeiro contato do delegado, que negou conhecer o casal.

Após a dupla ser detida, outras três pessoas se apresentaram na Delegacia de Plantão de Caruaru afirmando já terem sido vítimas do casal, que haveria aplicado diversos tipos de golpes na cidade. Após passar por audiência de custódia nesse domingo (8), Marcislândio pagou fiança e foi liberado para responder em liberdade, já Maria Graciete acabou recolhida para Penitenciária de Buíque, também no Agreste do Estado.

Em entrevista à TV Jornal de Caruaru, o delegado Luiz Bernardo confirmou que o homem se passava por ele para aplicar golpes. "De fato ele estava utilizando o celular co minha foto, hospedando-se em hotéis, pegando dinheiro emprestado em meu nome, mantendo relações com bandas de música. Tudo isso como se as pessoas estivessem fazendo negócio com um delegado de polícia", comentou o verdadeiro delegado Luiz Bernardo. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário