sexta-feira, 27 de julho de 2018

Casa Galeria Galpão promove diversidade artística em exposições

Entre os trabalhos que podem ser conferidos, destaque para as exposições de Fotografia, 
Labirinto de Cabras e o Touro de Mármore, de Iezu Kaeru. (Secom/PMG – Fotos: Camila Queiroz).

Desenho, instalação sonora, peças de cerâmica, performance e outras formas de arte podem ser conferidas na Casa Galeria Galpão, durante o 28° FIG, aqui em Garanhuns. Até o próximo sábado (28), o público poderá conferir exposições de Design e Moda, Fotografia e Artes Visuais no espaço localizado na Avenida Dantas Barreto, 120, das 16h às 22h.

Na área de Design e Moda, podem ser vistos os projetos Tipos Agrestes, de Fátima Finizola, a Mostra-manifesto da Casa Pernambucana, de Mariana Valcácio, Memória gráfica do Festival de Inverno de Garanhuns, de Bruno Veríssimo, Um olhar para o sublime obscuro, de Lorde Jimmy, Rolezinho Expodesign 2018, de Cristiano Brito, Vestindo arte 3D, de Gustavo Free e Da Mata Norte para a Califórnia, de Walther Moreira Santos.

As exposições de Fotografia, Labirinto de Cabras e o Touro de Mármore, de Iezu Kaeru, Warao – O Povo da Canoa, de Luiz Netto, Carnaval em foco – Imaginário Coletivo, do Coletivo Diálogos também estão presentes na Casa. A Mostra Autorretrato Nordeste – Quilombo de Alagoas, é formada por imagens de crianças e adolescentes que vivem em quatro comunidades quilombolas de Alagoas.

Cem mãos de cerâmica em estilo hiper-realista estão dispostas no chão da Casa Galeria Galpão, através do Memorial de mãos sem memória, de Tonfil. As exposições Vaginas-Flores, de Ana Flávia Mendonça, Meditação, de França Bonzion, e Agosto & Archeos, de Thelmo Cristovam, também fazem parte da Galeria.

Intervenções externas também estão sendo realizadas. Na categoria de Design e Moda, será realizado o desfile “O Acervo Boutique”, que promove a moda sustentável, no próximo sábado (28), na Praça Mestre Dominguinhos. Em Fotografia, o projeto “Ares de Pernambuco – Mostra e Intervenção Fotográfica Urbana”, expõe fotos aéreas de Pernambuco obtidas durante 8 anos. A ação é feita por Luciana Ourique e pode ser vista nas ruas de Garanhuns. Na Praça da Palavra, Priscila Rezende irá levar a performance “Bombril”, no próximo sábado (28). Além disso, o Clandestino Café também está funcionando na parte externa da Casa Galeria Galpão.

Para conferir a programação completa clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário