quarta-feira, 13 de junho de 2018

Produção leiteira investirá mais de R$ 300 mil no Agreste Meridional

Projeto, resultado de parceria entre Sebrae e Governo de
Pernambuco, vai beneficiar 70 produtores.

O Sebrae em Pernambuco, por meio da Unidade Agreste Meridional, e o Governo do Estado, por meio da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), vão apresentar, nesta quinta-feira, 14 de junho, o programa Produção Intensiva de Leite. A iniciativa, que irá beneficiar 70 produtores de cinco municípios da região, está orçada em mais de R$ 300 mil reais. O investimento prevê ações de inovação e tecnologia com objetivo de aumentar produção de leite das propriedades rurais.

Nos últimos anos, com a estiagem severa, o setor do leite foi diretamente afetado economicamente. A falta de chuvas ocasionou queda na produção e na lucratividade para diversas empresas; contribuindo de forma significativa nas perdas da agricultura e pecuária, incluindo o fechamento de diversos estabelecimentos do semiárido nordestino.

Com a parceria entre o Sebrae e a AD Diper, a expectativa é a volta potencial da bacia leiteira. De acordo com a gerente da Unidade Sebrae Agreste Meridional, Gerlane Melo, na prática, será realizada uma extensa consultoria aos produtores beneficiados. “Esse trabalho deve durar cerca de seis meses e o acompanhamento visa desenvolver e implementar a transformação da propriedade em uma empresa rural com a busca de eficiência nos índices econômicos/zootécnicos nos quais tragam rentabilidade para o produtor”, detalha.

O lançamento do programa Produção Intensiva de Leite acontece às 10h, na sede do Sebrae em Garanhuns, e contará com a presença do superintendente do Sebrae Pernambuco, José Oswaldo Ramos; do presidente da AD Diper, Leonardo Cerquinho; de produtores que serão beneficiados, e outros parceiros da iniciativa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário