quarta-feira, 30 de maio de 2018

PM cumpre mandado da Justiça para debloquear Porto de Suape

Ação, ocorreu de forma pacífica no decorrer da madrugada desta quarta-feira (30). Previsão é que a
polícia continue no local até a situação de abastecimento volte a se normalizar. (JC Online).

Policiais cumpriram na madrugada desta quarta-feira, 30 de maio, a ordem de desocupação dos pontos de bloqueio dos caminhoneiros do Complexo Portuário de Suape, localizado em Ipojuca, Região Metropolitana do Recife. Os manifestantes foram notificados no final da tarde de terça (29) sobre a determinação de desocupação da Justiça Federal de Pernambuco (JFPE) e Tribunal de Justiça de Pernambuco TJPE).

Por volta das 02h30, viaturas da Polícia Militar, do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) e do choque chegaram em Ipojuca para o cumprimento do mandado. Os policiais pediram aos caminhoneiros que saíssem dos caminhões. A ação aconteceu de modo pacífico. O comandante Ely Jobson, diretor-adjunto das polícias especializadas, disse que a polícia "devolveu ao Estado o que é do Estado" e que a previsão é que os policiais continuem no local até a situação de abastecimento volte a se normalizar.

De acordo com o comandante, após a normalização total da via portuária, a polícia Militar será deslocada para a BR-101, local onde existe outro ponto de bloqueio próximo a fábrica da Vitarella, para uma ação de desmobilização. ''Já existe um efetivo pré-determinado para ser deslocado até lá com o objetivo de retomar a via de forma total, para que os caminhoneiros sigam o seu destino'', afirmou.

Abastecimento - Cerca de trinta caminhões de combustível e de gás chegaram em Suape para receber o abastecimento. Por volta das 4h, dezenas de veículos que entraram no porto após o desbloqueio começaram a sair abastecidos com gasolina e gás de cozinha em direção ao abastecimento no Recife.

Nenhum comentário:

Postar um comentário