quarta-feira, 16 de maio de 2018

Audálio também contribuiu para criação da UFAPE em Garanhuns

Na Câmara Municipal, como forma de contributo, parlamentar motivou diversas discussões sobre o tema, 
e não satisfeito, ainda aprovou dois requerimentos de sua autoria para criar a Universidade autônoma.

Com a sanção presidencial realizada no Palácio do Planalto, no último dia 12 de abril, a Universidade Federal do Agreste (UFAPE) vai se tornando realidade aqui em Garanhuns. Acompanhando o processo desde o início, o vereador garanhuense Audálio Ramos, que integra os quadros do PSDC, se destaca em razão de sua atuação em nível municipal pela transformação da UAG-UFRPE em uma Universidade autônoma.

Desde 2014, o parlamentar participa das mobilizações que agora, se encarregaram de conceber a nova Universidade. O trabalho de Audálio, se soma ao de outros interlocutores da investida, dentre eles, alunos, técnicos administrativos e professores da UAG/UFRPE.

Na Câmara Municipal, como forma de contributo, o parlamentar cristão motivou diversas discussões sobre o tema, e não satisfeito, ainda aprovou dois requerimentos de sua autoria, que solicitavam o desmembramento UAG/UFRPE e consequente criação da UFAPE. Ambos os requerimentos foram encaminhados ao Ministério da Educação, senadores e deputados federais da bancada pernambucana.

“O projeto de transformação da UAG em universidade é de muitas pessoas: é do diretor Airon Melo, é dos professores, é dos alunos, demais servidores, bem como de tantos outros agentes políticos. Entretanto, como representante do povo garanhuense, também me uni a todos os esforços nesse sentido fazendo minha parte em benefício da causa. Parabenizo a comunidade acadêmica da UAG e o senador Armando Monteiro, pois a criação da UFAPE, trará além da ampliação na oferta de cursos de graduação e pós-graduação, mais oportunidades de emprego e renda”, destaca Audálio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário