segunda-feira, 2 de abril de 2018

Recife: Daniel Coelho confirma saída do PSDB e entrada no PPS

"Muitas vezes é preciso ter coragem para sair da zona de conforto e mudar", escreveu 
em nota dirigida à imprensa, o agora ex-tucano. (JC Online – Foto: Gustavo Lima/Divulgação).

O deputado federal Daniel Coelho divulgou uma nota nesta segunda-feira (2) confirmando oficialmente a sua saída do PSDB para entrar no PPS. Ele já havia sido nomeado como presidente da comissão provisória estadual desde a quinta-feira passada (29).  "Junto com jovens idealistas, com aqueles que fazem e fizeram o partido, além de movimentos de renovação da política como Agora, Livres, RenovaBR e Acredito, estamos construindo a transição para uma nova legenda. Com novo nome, renovada em ideias, práticas e processo democrático", afirmou o deputado por meio de nota. 

Daniel, estava acompanhando de perto as mudanças internas do partido, que passa por um processo de renovação, para bater o martelo sobre sua entrada. Ele participou do Congresso Nacional, no final de março. Nele, a sigla aprovou uma reforma no estatuto em torno de uma nova concepção partidária e um novo nome, provavelmente Movimento 23, que tem o prazo de 30 dias para ser concretizado. No evento, também foi oficializada a integração de movimentos de renovação política, como o Agora, o Livres, que saiu em bloco do PSL após a filiação do pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro e o Renova.

A indicação da filiação de Daniel se deu em meio a uma crise interna vivenciada no PPS, causada muito em razão da insatisfação do diretório de Pernambuco quanto a condução do presidente nacional da sigla, Roberto Freire nos assuntos internos do partido. Ele determinou que o Congresso estadual, marcado para o dia 17 de março passado, fosse adiado por conta da iminente entrada de filiados, incluindo o próprio tucano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário