terça-feira, 3 de abril de 2018

Mendonça em Garanhuns: “Deixo o MEC com o dever cumprido”

Em Garanhuns, nesta segunda,  Ministro ainda assegurou que ao sair do Ministério
da Educação, deixará obras em andamento em quase todas as cidades pernambucanas.

Ao cumprir agenda aqui no município de Garanhuns, durante a manhã desta segunada-feira, 2 de abril, ocasião em que participou no auditório do Hotel Sesc local, do seminário “Pernambuco pela Educação”, cujo objetivo foi o de discutir o processo de alfabetização e a preparação do estudante para o mundo do trabalho, o Ministro da Educação (MEC), Mendonça Filho, do DEM, revelou ao Blog do Gidi Santos, que deixa o Ministério no próximo dia 5,  após 23 meses afrente dele, com a certeza de dever cumprido.

Para Mendonça, que ainda não anunciou a que cargo concorre em outubro, o novo ensino médio, implantado em sua gestão, e que se discute há quase 20 (vinte) anos, a ampliação da oferta de educação de tempo integral, onde 500 mil novas vagas foram abertas, a implantação do “Residência Pedagógica”, programa dedicado à formação de professores; além do investimento de R$ 500 milhões de reais na área da alfabetização básica, dentre outras ações empreendidas pelo MEC, são as garantias para assegurar a boa produtividade do Ministério ao longo do período que ele esteve sob seu comando.

Aqui em Garanhuns, nesta segunda, o Ministro ainda assegurou que ao sair do MEC, deixará obras em andamento em quase todas as cidades pernambucanas, nas áreas de educação Técnica, Tecnológica e Superior. Sobre o novo ensino médio, onde a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) fará parte de 60% das matérias estudadas em sala de aula, ao tempo  que o restante ficará reservado para áreas específicas, definidas pelos alunos, o Ministro assegurou que ele representa uma conquista para os jovens brasileiros, que desejavam  ter um ensino médio que dialogasse com os seus projetos de vida. “Os jovens agora, eles terão muito mais oportunidade de definir a sua carreira, a sua opção com relação a um curso superior ou técnico com mais facilidade”, defendeu o Ministro, ao Blog.

No Seminário, de Garanhuns, além do Prefeito Izaías,  estiveram presentes, o vice, Haroldo Vicente, o Secretário de Governo, Méwitton Araújo e os vereadores, Ary Júnior, Carla de Zé de Vilaço, Daniel da Silva, Gersinho Filho, Luzia da Saúde e Audálio Ramos Filho. Além deles, registramos a presença dos deputados estaduais, Álvaro Porto (PTB) e Priscila Krause (DEM), assim como de Prefeitos e vereadores da região Agreste.

SEGUINDO COM A AGENDA - Ao finalizar sua agenda aqui em Garanhuns, o Ministro da Educação Mendonça Filho seguiu para outros dois compromissos administrativos do MEC aqui no Estado. Um deles, foi o de inspecionar a obra de construção do Campus da UFRPE na cidade do Cabo de Santo Agostinho, que vale dizer, foi retomada na sua gestão em 2016 (foto abaixo). Logo após, ele se dirigiu a Goiana, onde lá, autorizou a construção do novo Campus da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Na mesma ocasião, Mendonça anunciou ainda, a liberação de recursos para a construção do teatro do Centro de Convenções da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário