sexta-feira, 30 de março de 2018

Vice Governador Raul Henry deixa secretaria por projeto de Jarbas

Emedebista lançará candidatura de deputado federal e terá que se afastar de funções 
no Palácio do Campo das Princesas. (Carol Brito – Foto: Josenildo Tenório).

Em meio à dura batalha que vem travando pelo comando do MDB de Pernambuco, o vice-governador do Estado, Raul Henry (MDB), terá uma importante decisão pela frente. Com o fim do prazo para desincompatibilização de cargos no próximo dia 7 de abril, ele deixará o comando da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e não assumirá mais o comando do Governo do Estado, caso o governador Paulo Câmara (PSB) se afaste.

O motivo é o seu projeto para concorrer para deputado federal no pleito este ano, o que impõe limitações no exercício de cargos no Executivo. Com isso, o grupo político de Henry oficializa a pretensão de lançar o nome do deputado Jarbas Vasconcelos para o Senado na Frente Popular. Com a disputa acirrada por espaços na chapa governista, somente haveria espaço para um representante do grupo jarbista na majoritária. Em um gesto a Jarbas Vasconcelos, Henry abriu mão de disputar a reeleição.

“Eu vou me afastar na próxima semana, serei exonerado do cargo de secretário de Desenvolvimento Econômico e não assumirei mais o Governo para disputar o cargo de deputado federal. Jarbas está em primeiro lugar nas pesquisas para o Senado, pessoas manifestam o desejo de tê-lo como candidato. Ele tem história, biografia. A solução mais natural é que eu saia do posto e vá disputar o cargo de deputado federal”, afirma Henry.

Nenhum comentário:

Postar um comentário