quinta-feira, 15 de março de 2018

Sílvio Costa: "Prisão de Lula será a maior injustiça do Judiciário"

Fala de Sílvio, foi feita em pronunciamento na Câmara Federal, onde na ocasião, ele ainda 
aproveitou para cobrar alguma prova que condene o ex-presidente. (JC Online – Foto: Divulgação).

Vice-líder da oposição, o deputado Sílvio Costa (Avante) ocupou a tribuna da Câmara Federal para afirmar que o Judiciário nacional está prestes a cometer "a maior injustiça de sua história", caso determine a prisão do ex-presidente Lula.

O deputado chegou a questionar e lançar uma indagação ao juiz Sérgio Moro - que condenou Lula na primeira instância -sobre a quem caberá a assinatura da venda do triplex do Guarujá, que vai a leilão. "Quem vai assinar? Será Lula? Claro que não. Quem vai assinar será a construtora OAS, verdadeira proprietária do triplex", apontou o deputado.

Sílvio aproveitou para cobrar do juiz, que teve a sentença contra o ex-presidente confirmada pelo TRF-4, a apresentação de uma prova material de que Lula é o proprietário do triplex. Para o deputado, Sérgio Moro "faz um trabalho importante para o país, porém, no caso de Lula cometeu um erro jurídico grave".

"Lula foi condenado sem prova de crime e pode ser preso por esse erro do Judiciário. É a primeira vez que a Justiça condena sem prova material. A prisão será a maior injustiça da história do Judiciário brasileiro", apontou Sílvio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário