segunda-feira, 12 de março de 2018

Sílvio exalta Flávio Dino, por salário de professores em R$ 5,750

Costa Filho: “Aqui em Pernambuco, sequer o piso nacional do magistério, de R$ 2,4 mil, é cumprido. 
O governador precisa apresentar algo de concreto para melhorar a remuneração dos professores”. (Alepe).

O deputado estadual pernambucano Sílvio Costa Filho (PRB), líder da Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), elogiou a decisão do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), de estabelecer em R$ 5.750 o salário inicial dos educadores com jornada de 40 horas semanais. Em discurso na Reunião Plenária na casa, nesta segunda (12), ele cobrou do governador de Pernambuco, o cumprimento da promessa de campanha de dobrar o vencimento dos professores da rede estadual.

De acordo com o oposicionista, “aqui no Estado de Pernambuco, sequer o piso nacional do magistério, no valor de R$ 2,4 mil, é cumprido”.  “O Maranhão é um Estado mais pobre, que também passou por uma grave crise financeira, e hoje é onde o profissional de educação tem o maior salário na região Nordeste do Brasil. O governador pernambucano precisa apresentar algo de concreto para melhorar a remuneração dos professores, que atualmente é uma das piores do país”, estocou Silvio, que é pré candidato a Federal.

Violência – No discurso feito na Alepe, o líder da Oposição relatou, ainda, a participação em audiência pública promovida na cidade de São Caetano, localizada no Agreste Central, na última sexta (9). Costa Filho enfatizou as reclamações sobre o crescimento da criminalidade no município e informou ter enviado ofício ao governador Paulo Câmara solicitando o aumento do efetivo policial naquela região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário