segunda-feira, 19 de março de 2018

Abrindo espaço à Marília, Alcindo é apelidado de “Leão do Agreste”

Alcunha que passa a partir de agora, a acompanhar o parlamentar, faz jus ao
seu empenho político para o desenvolvimento do projeto da pré-candidatura da petista.

Por tudo aquilo que vem representando para a pré-candidatura ao Governo do Estado da Petista Marília Arraes, considerando a articulação até o momento, para a chegada de cerca de 50 vereadores apenas da área Meridional do Agreste, para o palanque de Marília, bem como diversas lideranças espalhadas por todo o estado, o vereador garanhuense, atual líder do Governo Izaías na Câmara, Alcindo Correia, PCdoB ganhou um novo apelido nos bastidores políticos. Agora, ele é conhecido como “Leão do Agreste”, pelo seu apetite insaciável, na promoção da figura da neta de Arraes. 

A alcunha que passa a partir de agora, a acompanhar o parlamentar, faz jus ao seu empenho para o desenvolvimento do projeto político de Marília. Por ter construído um vasto universo de amigos ao longo de sua vida pública, Alcindo tem obtido sucesso nessa trincheira: a de dar corpo a campanha de Arras. Prova do bom resultado, foi possível ver durante a agenda que a petista cumpriu aqui na região, nos municípios de Saloá, Paranatama e Garanhuns. Em todos os casos, muito em razão da peregrinação que Alcindo tem feito carregando o seu nome, Marília foi recebida de modo irrestrito e especial por todos.

Como forma de reconhecimento à Correia, ao passar por Garanhuns, onde participou de uma plenária de apoio a sua pré-candidatura, Marília fez questão de assegurar que Alcindo desempenha papel crucial no seu palanque. Sobre ele, e com exclusividade ao Blog do Gidi Santos, ela destacou: “Alcindo é um legítimo representante de Marília Arraes na região. Ele, para nossa alegria, se apropriou da candidatura, que inclusive não é apenas nossa, tão pouco apenas do PT, mas sim de todos os Pernambucanos, que acreditam que podemos colocar em prática, um projeto popular aqui no estado, aliando desenvolvimento e justiça social, como fez o presidente Lula no Brasil”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário