segunda-feira, 19 de março de 2018

Mendonça Filho libera R$ 21,5 milhões de reais para o Agreste

“A educação, como uma casa, deve começar pela base. Se não tiver base, ela não vai 
ter condição de ser uma edificação”, destaca o ministro. (Blog do Jamildo – Foto: André Nery).

O ministro da Educação, Mendonça Filho, do Democratas cumpriu agenda no último sábado, 17 de março no interior do Estado, para anunciar a liberação de R$ 21,5 milhões em investimentos nos municípios de Toritama, Santa Cruz do Capibaribe, São Bento do Una e Sanharó. Segundo o MEC, os recursos serão usados na construção de creches e escolas, e na aquisição de ônibus escolares nos municípios da região.

Em Toritama, Mendonça Filho anunciou o investimento de R$ 4,4 milhões para a construção de uma escola com 12 salas de aula e capacidade para atender até 780 estudantes. Parte destes recursos também será utilizada para a aquisição de dois ônibus escolares que atenderão, principalmente, estudantes de áreas rurais.

“A educação, como um prédio ou uma casa, deve começar pela base. Se não tiver base, ela não vai ter condição de ser uma edificação, do ponto de vista social, segura e perene para os anos”, disse o ministro pernambucano no sábado, lembrando que o ensino superior é a última etapa. “Se não tiver base, não vai chegar ao curso de nível superior, como aconteceu com muitos brasileiros espalhados por todo nosso país”, 

Em Santa Cruz do Capibaribe, o democrata anunciou a liberação de R$ 8,7 milhões de reais para a educação daquela cidade. Os recursos terão como destino a construção de duas creches, sendo uma no Sítio Malhada do Meio, com capacidade para atender até 376 crianças, e a outra em Gavião, com capacidade para 188 crianças; uma escola, que poderá abrigar até 780 estudantes e a aquisição de três ônibus escolares.

Em São Bento do Una, foram liberados R$ 4,2 milhões em investimento. Os recursos serão destinados à construção da Creche Espírito Santo, que permitirá atender até 376 crianças em dois turnos e de uma escola com seis salas de aula e capacidade para até 360 alunos. Os estudantes desta cidade também serão beneficiados com dois ônibus escolares.

Em Sanharó, por fim, foram liberados R$ 4,2 milhões de reais, que servirá para construção de uma escola com 12 salas de aula, e que terá capacidade para atender até 780 alunos, além da aquisição de um ônibus escolar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário