domingo, 25 de março de 2018

Marco Aurélio crucificado por "falta" no julgamento do HC de Lula

Sessão foi paralisada, entre outros motivos, porque Mello tinha um embarque marcado para as 19h40 
de quinta (22) para participar, na sexta, de um evento no Rio. (Folhapress – Foto: Divulgação).

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello afirmou nesta sexta-feira (23) que está sendo crucificado por ser visto como o responsável pelo adiamento da análise do habeas corpus preventivo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O julgamento foi paralisado, entre outros motivos, porque Mello tinha um embarque marcado para as 19h40 de quinta (22) para participar, nesta sexta, de um evento da Academia Brasileira de Direito do Trabalho – que, equivocadamente, chamou de associação durante a sessão do STF. Ele assumiu a presidência do conselho consultivo da entidade.

A maioria dos ministros defendeu que uma eventual prisão do petista deveria aguardar novo encontro dos magistrados, marcado para o dia 4 de abril, em que o caso voltaria a ser analisado. "Hoje estou sendo crucificado como culpado pelo adiamento do julgamento do habeas corpus do presidente Lula porque sou um cumpridor de compromissos. Honro os compromissos assumidos", disse ele, durante o 15º Colóquio da Academia Brasileira de Direito do Trabalho, realizado na OAB do Estado do Rio de Janeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário