sexta-feira, 30 de março de 2018

Alepe: Júlio cobra providências para garantir direitos dos autistas

Para deputado, é necessário que exista uma atenção das autoridades a essa parcela 
da população, principalmente nas áreas de educação e saúde. (Alepe – Foto: Jarbas Araújo)

Durante o Pequeno Expediente da Assembleia Legislativa aqui do Estado de Pernambuco (Alepe), da última quarta-feira, 28 de março, o deputado estadual pernambucano pelo PTB, Júlio Cavalcanti, radicado na cidade de Arcoverde, distante cerca de 90 quilômetros de Garanhuns, cobrou do Governo do Estado a garantia dos direitos da pessoa com Transtorno do Espectro Autista (TEA). De acordo com o parlamentar, a Lei Estadual n° 15.487/2015, que trata do tema, estaria sendo negligenciada.

Entre os problemas, Cavalcanti destacou a falta de atendimento por profissionais especializados e de unidades específicas para tratamentos mentais, bem como de acesso gratuito a medicamentos. “Venho pedir aos colegas que questionem, também, essa inércia. É preciso entender a importância da lei para essas famílias”, afirmou.

Para o deputado, é necessário que exista uma atenção das autoridades a essa parcela da população, principalmente nas áreas de educação e saúde. “Joana Kelly, de 3 anos, é uma menina autista do Interior. A família, humilde, tenta, há um ano e meio, marcar uma consulta nos hospitais públicos, mas não consegue”, lamentou. “Na teoria, a lei está correta, mas a prática tem sido diferente”, criticou o petebista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário