segunda-feira, 5 de março de 2018

Henry consegue vitória na justiça e dissolução do MDB é suspensa

Apesar de estar sob o comando do vice-governador, sigla está na mira do senador Fernando Bezerra Coelho, que oficializou a entrada no então PMDB em setembro de 2017. (Blog da Folha – Foto: Rádio Jornal).

Depois de ter protocolado, na última quinta-feira (1º), uma ação contestando o novo pedido de dissolução contra o diretório estadual do MDB, do qual é presidente, o vice-governador de Pernambuco, Raul Henry (MDB), obteve uma vitória na Justiça, nesta segunda-feira (5). O juiz Otoniel Ferreira dos Santos, 26ª Vara Cível da Capital, determinou a suspensão imediada do processo de dissolução do diretório estadual. A medida é válida enquanto perdurar a suspensão deferida na 2ª Instância.

"Deste modo, defiro o pedido de tutela de urgência requerido pela parte autora e determinando a suspensão imediata o trâmite do processo de dissolução do Diretório Estadual do PMDB em Pernambuco, enquanto perdurar a suspensão deferida no Agravo", escreveu o juiz em sua decisão, tornada pública nesta segunda.

No dia 26 de fevereiro, o segundo pedido de dissolução foi protocolado pela Executiva Nacional da legenda no diretório estadual. Apesar de estar sob o comando de Raul Henry, a sigla está na mira do senador Fernando Bezerra Coelho, que oficializou a entrada no então PMDB em setembro do ano passado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário