sábado, 3 de março de 2018

Álvaro Porto: “Governador é mamulengo comandado por grupos”

Fala do deputado que representa o Agreste Meridional, foi registrada neste sábado, 3 de março, 
em Caruaru, durante ato político promovido pelas oposições, intitulado de “Pernambuco quer Mudar”.


O deputado estadual pernambucano, Álvaro Porto, foi duro, conciso e direto no discurso que fez no encontro das oposições realizado neste sábado em Caruaru. Disse ele, que se arrependeu de ter aderido à base do governo Paulo Câmara, acreditando nas promessas apresentadas pelo Palácio do Campo das Princesas para o Agreste Meridional. Segundo Porto, nada foi cumprido, naquilo que foi prometido para região. “O governador é um mamulengo comandado por diversos grupos do Palácio. Ele não manda em nada. Me arrependo de ter falado com um governo que está acabando com o Estado”, frisou ele no evento deste sábado, em Caruaru, diante de um público de 5 mil pessoas.

De acordo com o deputado, algo ainda funciona em Pernambuco. Porto se refere a propaganda da gestão estadual, que de acordo com ele, faz o estado parecer outro. “O povo não é bobo. Vai dar uma resposta no dia da eleição. O prazo de validade desse governador que aí está, acabou”, estocou o deputado no "Arena Caruaru".

Álvaro, vale dizer, se desfiliou do PSD na última segunda-feira. Na mesma ocasião que anunciou sua saída da legenda que compõe base do Governo Paulo Câmara, ele também comunicou seu retorno ao seu antigo partido, que aliás, o elegeu em 2014, o PTB. A data da filiação de Porto ainda não foi definida, apesar disso, ela deve ocorrer, através de um grande ato político a ser realizado aqui em Garanhuns, onde aliás, ele deve contar com o apoio de 7 ou 8 vereadores, consolidando a articulação feita pelo atual secretário de Governo e Articulação Política de Garanhuns, Mewitton Araújo, em torno do seu nome.

Nenhum comentário:

Postar um comentário