sábado, 31 de março de 2018

Palácio do Planalto vê cerco a Temer e possível terceira denúncia

Duas denúncias contra o Presidente, feitas por Rodrigo Janot, foram barradas pela 
Câmara em 2017. A terceira, pode vir em ano eleitoral. (Estadão Conteúdo – Alan Santos/PR).

Interlocutores do Palácio do Planalto classificaram como "um ato espetaculoso" a decisão do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), de autorizar a prisão de amigos próximos do presidente Michel Temer (MDB). Dizem haver um "complô" para tentar inviabilizar a candidatura de Temer à reeleição este ano. Entre os presos na última quinta-feira, 29 de março na Operação Skala, estão o advogado e ex-assessor do governo José Yunes, com quem Temer jantou na última segunda-feira em São Paulo, e o coronel reformado da Polícia Militar João Baptista Lima Filho.

Deflagrada a pedido da Polícia Federal e da Procuradoria-Geral da República, com autorização de Barroso, a operação foi vista nos bastidores como um indicativo de que a procuradora-geral, Raquel Dodge, possa apresentar nova denúncia contra o presidente Se isso ocorrer, a avaliação no Planalto é de que as pretensões eleitorais de Temer seriam minadas. Ele teria novamente que se dedicar a barrar o avanço da investigação na Câmara.

O presidente planeja entrar no páreo para um novo mandato e pode ter o ministro Henrique Meirelles (Fazenda) como vice. Meirelles deixará o PSD e se filiará ao MDB no dia 3. Para integrante da cúpula do MDB, um sinal de que a intenção dos mandados de prisão expedidos seria dificultar a consolidação de Temer na disputa eleitoral é a coincidência de datas. Para os emedebistas, não é por acaso que a operação contra amigos de Temer acontece às vésperas do ato de filiação de Meirelles.

Apesar da repercussão negativa para o governo com as prisões, pessoas próximas ao presidente afirmam que o episódio reforça a certeza de que o emedebista precisa ir para o enfrentamento. "Entendemos que a decisão do presidente de colocar a possibilidade de vir a disputar a eleição faz com que novamente dirijam contra nós os canhões da conspiração. O que aconteceu hoje (sexta-feira) não deixa de ser um reconhecimento de que eu nas minhas afirmações sempre estive certo, que se buscava investigar um assassinato onde não existe cadáver. O Decreto dos Portos não beneficia a Rodrimar", afirmou o fiel e antigo aliado de Temer, ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun.
.

MP Pede afastamento do prefeito de São Lourenço por improbidade

De acordo com órgão, Prefeito e alguns de seus auxiliares teriam cometido atos ímprobos em 
contratos para a realização de exames médicos e compra de pneus. (JC Online – Foto: Víctor Patrício).

Pouco mais de dois meses após o prefeito de São Lourenço da Mata, Bruno Pereira (PTB), retomar o comando da cidade, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) decidiu, na última semana, ajuizar duas ações solicitando que o gestor seja afastado do cargo. Segundo o MP, o petebista e alguns de seus auxiliares teriam cometido atos de improbidade administrativa em contratos para a realização de exames médicos e compra de pneus.

Em setembro de 2017, o TJPE determinou que Pereira e outros servidores fossem afastados das funções por suspeita de desvio de bens e rendas públicas. O vice-prefeito de São Lourenço, Gabriel Neto (PRB), que rompeu com Pereira pouco depois que ambos assumiram o mandato, passou a administrar a cidade. Em janeiro deste ano, contudo, o prefeito recuperou o cargo após decisão do desembargador Alberto Nogueira Virgínio.

Para fundamentar as novas ações, a promotora Mariana Pessoa de Melo Vila Nova utilizou uma auditoria técnica realizada pelo TCE-PE. No caso dos acertos firmados entre a a gestão municipal e duas clínicas médicas (um no valor de R$ 960 mil e outro de R$ 750 mil), Vila Nova mostra, por exemplo, que os estabelecimentos, sediados em Bezerros, distante 116 km de São Lourenço, funcionavam no mesmo endereço e que os seus donos são filhos de Eugênio Ferreira da Costa, médico que já havia prestado serviço à prefeitura.

Em relação à compra dos pneus, a promotora afirma que o administrativo municipal restringiu a competitividade do pregão e questiona o modo como a pesquisa de preços foi realizada pelos responsáveis. “A Prefeitura de São Lourenço da Mata, além de realizar pesquisa de preços em única fonte (Portal de Compras Federal) buscou preços em Estados muito distantes do município, o que pode levar a utilizar-se de valores que não refletem a realidade do mercado local”, disparou.

RESPOSTA - Por meio de nota, a Prefeitura de São Lourenço da Mata afirmou que ainda não foi notificada oficialmente acerca das novas ações, mas que seus conteúdos tratam de fatos “já devidamente esclarecidos”. O comunicado ressalta ainda que o prefeito Bruno Pereira não é citado na auditoria do TCE-PE usado como base pela promotora e que este relatório mostra apenas “erros formais” nos processos licitatórios. Por fim, o texto diz que tanto o prefeito quanto os outros citados nos processos estão à disposição das autoridades para prestarem esclarecimentos.

Brasília: Paulo Maluf recebe alta e é levado para prisão domiciliar

Condenado a 7 anos e 9 meses de prisão, deputado cumpre pena por lavagem de 
dinheiro quando era prefeito de SP. (Estadão Conteúdo – Foto: Reprodução/GloboNews).

O deputado federal, afastado Paulo Maluf, 86 anos, recebeu alta e foi transferido de Brasília para São Paulo, onde vai cumprir pena em regime de prisão domiciliar humanitária por ordem do ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal. Condenado a 7 anos, nove meses e dez dias por crime de lavagem de dinheiro quando exercia o cargo de prefeito de São Paulo (1993/1996), Maluf estava preso em regime fechado desde o dia 22 de dezembro de 2017, por ordem de outro ministro da Corte, Edson Fachin

Prisão domiciliar - Na última quarta-feira, 28, Toffoli deu liminar e autorizou "prisão domiciliar humanitária" para o parlamentar. Nesta sexta-feira, 30, Maluf teve alta do hospital particular para onde foi levado na madrugada da quarta, 28. A defesa alega que Maluf tem a saúde muito fragilizada, com diversas complicações. Em São Paulo, Maluf seguirá direto para sua casa. No jatinho particular que o trará a São Paulo, o ex-prefeito está acompanhado de dois advogados, de um antigo assessor e de um médico.

Pai da Ficha Limpa vai disputar cargo de governador no Tocantins

Ex-juiz eleitoral Márlon Reis vai disputar o cargo do governador cassado
Marcelo Miranda (MDB). (Estadão Conteúdo – Foto: Divulgação).

O ex-juiz eleitoral Márlon Reis, pai da Lei da Ficha Limpa, decidiu entrar na disputa das eleições para governador do Tocantins. Neste sábado, 31, Márlon vai lançar sua pré-candidatura pela Rede Sustentabilidade. O pleito deverá ocorrer em maio, por ordem do Tribunal Superior Eleitoral que, na semana passada, cassou o governador Marcelo Miranda (MDB) e sua vice, Cláudia Lelis (PV), por abuso de poder político e econômico e arrecadação e gastos ilícitos de recursos na campanha de 2014.

Nos últimos sete anos, o estado do Tocantins teve oito governadores. Uma sucessão de cassações e mandatos interrompidos pela lei de iniciativa popular que reorganizou as eleições no Brasil, a Ficha Limpa. O lançamento da pré-candidatura de Márlon Reis vai ocorrer na sede da Associação Tocantinense de Municípios, em Palmas, capital do estado. A presidenciável Marina Silva, da Rede, é aguardada.

Trajetória  - Jurista e advogado, idealizador da expressão "Ficha Limpa", Márlon ganhou notoriedade como juiz eleitoral, carreira que seguiu até abril de 2016, e pelo combate à corrupção. Ele fundou, com lideranças sociais, o Movimento do Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) e é autor de três livros dos mais reconhecidos, sendo eles, "O nobre deputado", "O gigante acordado" e "República da Propina".

Em julho de 2012, foi o único brasileiro selecionado, entre 460 líderes, para representar o Brasil no "Draper Hills Summer Fellows", encontro mundial sobre cidadania, direitos humanos e mobilização social, no Estado da Califórnia, EUA, a convite da conceituada Universidade californiana de Stanford.

sexta-feira, 30 de março de 2018

Joaquim Barbosa vai se filiar ao PSB e pode disputar a Presidência

Decisão do Ex- Ministro do Supremo Tribunal Federal, foi comunicada ao presidente do Partido, Carlos Siqueira, durante encontro na manhã desta quinta-feira (29). (O Globo – Foto: Divulgação).

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa decidiu que vai se filiar ao PSB até o dia 7 de abril e pode disputar a Presidência da República pela legenda. Este é o prazo final para que qualquer pessoa que pretenda concorrer nas eleições deste ano se filie a alguma sigla partidária. A decisão foi comunicada ao presidente do Partido Socialista Brasileiro, Carlos Siqueira, e ao deputado federal Alessandro Molon (RJ) durante encontro realizado na manhã desta quinta-feira, em uma padaria da capital federal, de Brasília.

Apesar da confirmação, publicamente Siqueira é cauteloso: “Avançamos muito na reunião, mas para termos certeza da vinda dele ainda teremos que aguardar mesmo até o dia 7, até que esteja assinado. O PSB conseguiu reverter todas as resistências internas à filiação de Barbosa e ao lançamento de sua candidatura à Presidência.”

O ex-deputado Beto Albuquerque, do Rio Grande do Sul, junto ao ex-ministro Aldo Rebelo já haviam entregado carta à direção se disponibilizando para concorrer ao Palácio do Planalto. Mas o clima de disputa já arrefeceu. Albuquerque deve concorrer ao Senado pelo Rio Grande do Sul e Rebelo demonstrou à cúpula partidária que não criará problemas caso Barbosa realmente queira concorrer ao governo federal nas eleições deste ano.

Já são 12, os donos de Partido aqui no Estado de Pernambuco

Vantagem de controlar legendas, é pelo fato de decidir quem pode ou não entrar, além
de ter o controle da verba dos fundos partidário e eleitoral. (Inaldo Sampaio).

Dos 25 deputados federais pernambucanos, 11 presidem os seus partidos em Pernambuco. Isso prova que é vantajoso o parlamentar ter o controle de uma legenda em seu estado de origem. São eles: Pastor Eurico (PHS), Sílvio Costa (Avante), Ricardo Teobaldo (Podemos), André de Paula (PSD), Augusto Coutinho (Solidariedade), Mendonça Filho (DEM), Wôlney Queiroz (PDT), Eduardo da Fonte (PP), Sebastião Oliveira (PR), João Fernando Coutinho (PROS) e Daniel Coelho (PPS). Jarbas Vasconcelos controla o MDB e Luciana Santos o PCdoB, embora não sejam os seus presidentes regionais.

A vantagem de controlar partido nos tempos de hoje é que o controlador é quem decide quem pode e quem não pode entrar, além de ter o controle da verba dos fundos partidário e eleitoral. Esticando mais a corda, temos o PTB sob controle do senador Armando Monteiro (através do deputado José Humberto) e o PSB sob o domínio de Paulo Câmara (através do secretário de governo da Prefeitura do Recife, Sileno Guedes).

Isso não significa que é errado o parlamentar ter o controle de um partido a fim de levá-lo para onde quiser. Significa, isto sim, que o Brasil ainda está muito longe de ter um quadro partidário sólido como têm, por exemplo, a Argentina, o Paraguai e o Uruguai, onde os partidos são centenários. Entre nós, cada deputado quer ter um partido para ditar-lhe o rumo, embora todos eles, exceto o MDB e o PCdoB, tenham um “proprietário” nacional.

Alepe: Júlio cobra providências para garantir direitos dos autistas

Para deputado, é necessário que exista uma atenção das autoridades a essa parcela 
da população, principalmente nas áreas de educação e saúde. (Alepe – Foto: Jarbas Araújo)

Durante o Pequeno Expediente da Assembleia Legislativa aqui do Estado de Pernambuco (Alepe), da última quarta-feira, 28 de março, o deputado estadual pernambucano pelo PTB, Júlio Cavalcanti, radicado na cidade de Arcoverde, distante cerca de 90 quilômetros de Garanhuns, cobrou do Governo do Estado a garantia dos direitos da pessoa com Transtorno do Espectro Autista (TEA). De acordo com o parlamentar, a Lei Estadual n° 15.487/2015, que trata do tema, estaria sendo negligenciada.

Entre os problemas, Cavalcanti destacou a falta de atendimento por profissionais especializados e de unidades específicas para tratamentos mentais, bem como de acesso gratuito a medicamentos. “Venho pedir aos colegas que questionem, também, essa inércia. É preciso entender a importância da lei para essas famílias”, afirmou.

Para o deputado, é necessário que exista uma atenção das autoridades a essa parcela da população, principalmente nas áreas de educação e saúde. “Joana Kelly, de 3 anos, é uma menina autista do Interior. A família, humilde, tenta, há um ano e meio, marcar uma consulta nos hospitais públicos, mas não consegue”, lamentou. “Na teoria, a lei está correta, mas a prática tem sido diferente”, criticou o petebista.

Vice Governador Raul Henry deixa secretaria por projeto de Jarbas

Emedebista lançará candidatura de deputado federal e terá que se afastar de funções 
no Palácio do Campo das Princesas. (Carol Brito – Foto: Josenildo Tenório).

Em meio à dura batalha que vem travando pelo comando do MDB de Pernambuco, o vice-governador do Estado, Raul Henry (MDB), terá uma importante decisão pela frente. Com o fim do prazo para desincompatibilização de cargos no próximo dia 7 de abril, ele deixará o comando da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e não assumirá mais o comando do Governo do Estado, caso o governador Paulo Câmara (PSB) se afaste.

O motivo é o seu projeto para concorrer para deputado federal no pleito este ano, o que impõe limitações no exercício de cargos no Executivo. Com isso, o grupo político de Henry oficializa a pretensão de lançar o nome do deputado Jarbas Vasconcelos para o Senado na Frente Popular. Com a disputa acirrada por espaços na chapa governista, somente haveria espaço para um representante do grupo jarbista na majoritária. Em um gesto a Jarbas Vasconcelos, Henry abriu mão de disputar a reeleição.

“Eu vou me afastar na próxima semana, serei exonerado do cargo de secretário de Desenvolvimento Econômico e não assumirei mais o Governo para disputar o cargo de deputado federal. Jarbas está em primeiro lugar nas pesquisas para o Senado, pessoas manifestam o desejo de tê-lo como candidato. Ele tem história, biografia. A solução mais natural é que eu saia do posto e vá disputar o cargo de deputado federal”, afirma Henry.

quinta-feira, 29 de março de 2018

Professores e alunos reivindicam autoria da criação da UFAPE

Segundo membros da UAG/UFRPE, projeto que culminou na criação da Universidade Federal 
do Agreste, foi desenvolvido por professores, técnicos e alunos da unidade, e não pelo Prefeito Izaías.

Depois que o Blog do Gidi Santos publicou na última terça-feira (27), que a criação da Universidade Federal do Agreste (UFAPE), a partir do desmembramento da Universidade Federal Rural, UFRPE campus Garanhuns, teria se tornado realidade a partir da atuação política do Prefeito Izaías Régis, anos atrás (16), e ainda contando com o arrimo do Ex-Presidente Lula e do Senador Armando Monteiro Neto (PTB), alunos, professores, técnicos administrativos da UFRPE e ainda pessoas ligadas ao Ministério da Educação (MEC), mantiveram contato com a redação do Blog, para defender que a autoria do projeto que trata da criação da UFAPE não deve ser creditada ao chefe do Executivo local, mas sim, aos membros da UAG/UFRPE.

De acordo com informações trazidas ao Blog por esses membros, o projeto que culminou na criação da Universidade Federal do Agreste, foi inteiramente desenvolvido por aqueles que compõem a instituição, e aí entenda-se, professores, técnicos e corpo de alunos. Segundo esses membros, no mês de outubro de 2016, foi lançada uma consulta à comunidade acadêmica para saber se era de sua vontade que a unidade fosse emancipada, ou seja, se tornasse uma Universidade Autônoma.

A grande maioria, informaram os membros ao Blog, decidiu-se pela criação da nova instituição, o que fez com que imediatamente a Reitora da UFRPE, Profa. Maria José de Sena, juntamente com o diretor-geral da Unidade, Prof. Airon Melo, convocasse uma reunião com todos os setores acadêmicos para explicar o que ocorreria a partir daquele momento, algo, que acabou concebendo uma comissão para o desenvolvimento do projeto que daria forma ao novo Instituto Federal de Ensino Superior (IFES) – coisa que aconteceu.

Da subcomissão de identidade Institucional, criada em especial naquela ocasião, surgiu o nome, a missão e o objetivo da nova instituição, daí então, seguindo o processo para Brasília, onde de acordo com informações colhidas pelo Blog do Gidi Santos, a proposta foi acolhida pelo Ministro da Educação, Mendonça Filho, do DEM, que institucional e politicamente deu seu contributo para alicerçar a UFAPE, através de articulação junto ao Palácio do Planalto, com o Presidente Temer (MDB), e ainda junto ao Congresso Nacional.
.

Dessa forma, membros da UAG/UFRPE, refutam que a UFAPE, tenha ganhado corpo por meio de expediente político do Prefeito Izaías, ou mesmo de Armando Monteiro, ambos do PTB, que segundo alegam eles, “para o caso de Monteiro, foi apenas o relator da matéria no Senado, coisa que qualquer senador poderia ser chamado à ser.”

Apesar disso, vale dizer, a posição proativa de Armando no Congresso Nacional foi determinante para celeridade na aprovação da matéria. Com sua postura parlamentar, Monteiro fez ser acrescentado seu parecer sobre a UFAPE, a projeto de lei originário da Câmara que criava a Universidade Federal do Delta do Parnaíba, no Piauí. Com isso, e já que o projeto foi alterado no Senado com sua emenda, retornou à votação dos deputados.

Na Câmara, como forma de arrematar sua performance, Armando articulou costuras com as bancadas de deputados federais aqui do Estado de Pernambuco e do Piauí, a apresentação de requerimento de urgência, o que levou o projeto diretamente à votação em plenário, sem ter de passar novamente por cinco comissões na casa.

Sobre Izaías, a quem os membros da UFRPE não creditam a construção do projeto da UFAPE, em off, uma figura ligada ao Ministério da Educação (MEC), revelou ao Blog, e pediu sigilo de seu nome, que o pedido feito por ele a Lula ainda em 2002, quando há época ele era deputado estadual, se transformou no que hoje representa a Unidade Acadêmica de Garanhuns (UAG), da Universidade Federal Rural Campus Garanhuns. Dessa forma, segundo nossa fonte, não compete dizer que Régis foi decisivo para chegada da UFAPE, embora ele tenha créditos na vinda da UAG/UFRPE.

“O Prefeito é uma figura pública consolidada em toda região, agora, a UFAPE é uma conquista alicerçada de forma popular, dentro da própria estrutura da Rural, diante daquilo que os próprios membros dela construíram. Se há atores políticos decisivos nessa questão, penso que eles são o Ministro Mendonça Filho e o Presidente Michel Temer, que acreditamos, irá sancionar o PL”, destacou nossa fonte em reserva.
.

Professores de Garanhuns recebem reajuste maior que os de PE

Segundo Prefeito Izaías, aumento concedido à categoria por sua gestão, “é quase duas vezes
maior que o oferecido pelo Governo de Pernambuco para os professores do Estado!"

Atualizada em 29/03/2018 as 20:35 

       A polêmica que envolve a definição do reajuste salarial dos professores da rede municipal de ensino aqui de Garanhuns volta a atrair atenção da cidade, desta vez, em razão de uma manifestação que partiu do próprio Prefeito Izaías Régis (PTB), postada em uma de suas redes sociais (Facebook), onde o atual chefe do Executivo, alega que o aumento dado aos professores aqui do município, é quase duas vezes maior do que aquele concedido pelo Governo de Pernambuco para os professores do Estado.

De acordo com o Prefeito, Garanhuns, diferente de boa parte dos municípios Brasileiros, reajustou e já colocou em vigor, os salários dos professores de acordo com o Piso Nacional, 6,81%, além do reajuste de 2,94% e 4,00% para professores efetivos que recebem acima do Piso, em ambos os casos, com retroativo a 1º de janeiro de 2018, enquanto que para esses mesmos professores no Estado, o Governo de Pernambuco dará o mesmo percentual de reajuste 6,81% apenas em outubro, e sem pagamento retroativo. 

Além disso, revelou o Prefeito em sua publicação, feita nesta quarta-feira (28), que esse dado, significa que em um ano os professores aqui de Garanhuns terão um acumulo percentual de 38,22%, levando em consideração apenas o menor percentual, já os professores do Estado ficarão apenas com um acumulo de 20,43%, ou seja, a metade do que os professores do município garanhuense estão recebendo.

“Em meio à crise econômica em todo o país, com algumas redes de Educação inclusive atrasando o pagamento de salários, Garanhuns mostra que está valorizando a rede de ensino do município, dentro das suas possibilidades financeiras, pagando, inclusive, para alguns professores, mais de R$ 12.000,00!”, chamou atenção o Prefeito, ao final.
.

O outro lado – Depois que o Prefeito Izaías veio a público defender que os professores da rede municipal de ensino aqui de Garanhuns, obtiveram através de sua gestão, um reajuste quase duas vezes superior aquele que foi dado pelo Governo de Pernambuco aos mesmos profissionais efetivos de educação lotados no Estado, e que ainda sua gestão pagará o retroativo a contar de janeiro deste ano, algo que não fará o executivo estadual, coube ao professor José Maria Costa, que integra a rede de ensino local, reagir a comparação feita por Régis.

De acordo com ele, a proposta apresentada pelo Governo Estadual, foi aprovada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Pernambuco (SINTEPE), em razão dela não oferecer perdas salariais, redução de carga horaria e ainda corte nos vencimentos, o que defende ele, vem ocorrendo aqui no município, após a aprovação no plenário da Câmara de Vereadores, do Projeto de Lei do Executivo 002/2018, que atualiza o reajuste da grade de vencimentos de Servidores do Grupo Ocupacional Magistério do Poder Executivo Municipal de Garanhuns.

Para o professor, com o PL vigorando, o Executivo não cumpre o Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações da categoria, o chamado PCCR, pois com ele, os valores que deveriam ser pagos aos professores estão sendo invertidos. “Nós merecemos respeito e dignidade por parte da secretaria e governo, porque queremos uma educação de qualidade pra nossos alunos”, disparou ele em resposta a publicação do Prefeito.

No alto do Pódio: Marcos Antônio vence Meia Maratona no Ceará

Além dele, outros corredores que integram a equipe de Atletismo de Garanhuns se 
destacaram na prova, que apresentou percursos de 21km. (Secom/PMG).

O atleta Marcos Antônio Pereira venceu no último domingo, dia 25, a Meia Maratona Padre Cícero, disputada entre as cidades de Juazeiro e Crato, no estado do Ceará.

Além dele, outros corredores que integram a equipe de Atletismo de Garanhuns se destacaram na prova, que apresentou percursos de 21km (Meia-Maratona); 3Km, 5Km e 10Km. Enio Cleiton chegou em 2ª e Jair José em quarto na prova dos 21km. Já o percurso de 10km foi vencido por José Márcio Leão, entre os homens, e por Miriam Franco, entre as mulheres. Os atletas Marcos Antônio, Jair José e Miriam Franco contam com o apoio do Governo Municipal de Garanhuns, através do Bolsa Atleta.

EXEMPLO - Outro destaque na Meia Maratona Padre Cícero foi a participação do advogado Vasconcelos Filho, que passou a integrar a equipe de Atletismo Local e vem conquistando bons resultados em sua Categoria. “Ele é um exemplo para aqueles que querem começar no esporte. Mesmo com pouco tempo de treinamento, já vem se destacando, e logo, logo, vai conquistar títulos para Garanhuns”, registra Adejilson Mendes, o Bingo, que treina a Equipe de Atletismo de Garanhuns.
.

quarta-feira, 28 de março de 2018

Vereador de Caruaru repudia atentado a tiros ao Ex-Presidente Lula

“É preciso que as autoridades tomem providências e que mais nenhuma vida seja ameaçada por 
grupos fascistas que dizem defender a democracia”, reivindica o parlamentar. (Foto: Vlademir Barreto/Secom)

"É com muita tristeza que repudiamos a violência sofrida na noite de ontem (27), pela comitiva do ex-presidente Lula, onde dois ônibus que faziam o transporte de membros da imprensa, acompanhando a caravana Lula Pelo Brasil, foram atingidos por paus, pedras e como se não bastasse, por tiros. Em vídeo, a senadora e presidenta do PT Nacional, Gleisi Hoffmann, denunciou os acontecimentos e questionou a total ausência de posicionamento das instituições responsáveis pelo mantimento da ordem em nosso país.

É inadmissível que qualquer cidadão tenha ameaçado o seu direito de circular livremente em seu país, por medo de ataques como os que vêm acontecendo ao ex-presidente Lula, que atentam inclusive, contra a sua vida.  Um homem julgado sem provas e que segue de cabeça erguida, é exemplo de luta e resistência. É preciso que as autoridades tomem providências e que mais nenhuma vida seja ameaçada por grupos fascistas que dizem defender a democracia, mas que declaram agora, abertamente, que não têm estrutura para viver harmoniosamente em uma. Nosso mandato está onde sempre esteve, e onde sempre estará: do lado da luta e não haverá ameaça que nos retire dela."

Daniel Finizola, Vereador de Caruaru pelo PT.

Álvaro Porto retorna ao PTB e será o candidato a Estadual de Izaías

De volta a legenda, Álvaro terá um reforço de peso para sua reeleição.  Especula-se que com apoio de
Régis, Porto poderá atingir a marca dos 25 mil votos, apenas na Cidade das Flores. (Carlos Eugênio)

O Deputado Estadual pernambucano radicado na cidade Canhotinho, Álvaro Porto, antes no PSD, volta à casa partidária que o elegeu em 2014 para o seu primeiro mandato parlamentar (PTB), no próximo dia 5 de abril com um grande ato político, que será realizado no auditório do Hotel Tavares Correia, aqui em Garanhuns.

Depois de dois mandatos seguidos como Prefeito de Canhotinho, Porto foi eleito Deputado Estadual, em 2014, pelo PTB, com 44.622 votos. Ele iniciou o mandato na oposição ao governo Paulo Câmara, depois trocou de Partido, migrando para o PSD, e se tornou Governista. Mas não demorou muito, e Álvaro, mesmo num partido da Base aliada a Paulo Câmara, engrossou novamente a Bancada Oposicionista na Assembleia Legislativa de Pernambuco, voltando a fazer duras críticas a gestão socialista, chegando inclusive a registrar que o Estado estaria sem Comando, sobretudo no quesito segurança. 

Agora de volta ao PTB, o Deputado terá um reforço de peso ao seu projeto de reeleição. É que no ato de filiação, também deve ser confirmado o apoio do Prefeito Izaías Régis e do seu grupo político.  Nas últimas eleições, Àlvaro conquistou cerca de 5 mil votos aqui em Garanhuns e caso se concretize o apoio de Izaías, especula-se que o Deputado possa atingir a marca dos 25 mil votos apenas na Cidade das Flores, o que certamente facilitará a sua reeleição. Aqui em Garanhuns, Porto fará dobradinha com o deputado Federal Jorge Côrte Real (PTB), que também terá o apoio de Izaías Régis.
.

Ônibus de Lula são alvos de tiros; Gleisi diz que querem matá-lo

Coletivo Advogados pela Democracia, vai entregar denúncias sobre as manifestações contra a caravana,
nesta quarta-feira (28) ao Ministério Público do Paraná. (Blog do Jamildo - Foto: Roberto Parizotti).

Dois ônibus que fazem parte da caravana do ex-presidente Lula (PT) na região Sul foram alvos de tiros nesta terça-feira, 27 de março no Paraná. Segundo o Partido dos Trabalhadores, um dos veículos ficou com duas marcas e outro tiro atingiu de raspão um vidro. Ninguém se feriu e Lula não estava em nenhum dos coletivos. Para a presidente nacional da sigla, senadora Gleisi Hoffmann do Estado do Paraná, a viagem foi vítima de emboscada. “Essas pessoas querem matar o presidente Lula”, afirmou em nota.

“Desde o Rio Grande do Sul temos alertado as autoridades, mandamos ofício ao ministro da Segurança Pública informando nosso roteiro e pedindo policiamento, mas ainda assim não temos segurança. Agora, aconteceu o cúmulo: nossa caravana foi vítima de emboscada, um atentado”, disse ainda. A caravana tem sido alvo de protestos e manifestantes jogaram rojões e ovos contra a militância de Lula.

“Vamos ter que tem alguém morto nessa caravana para provar o que estamos dizendo, que estamos sendo vítimas de milícia armada?”, questionou a petista. De acordo com o PT, além dos tiros, foram deixados pregos torcidos na estrada que liga os municípios de Quedas do Iguaçu e Laranjeiras do Sul, no sudoeste do Paraná, furando os pneus de um dos ônibus. O PT afirma ainda, que na segunda (26) manifestantes atiraram pedras e ovos contra um ônibus da empresa Viação Catarinense na-BR 277, Foz do Iguaçu (PR).

Representantes do Coletivo Advogados pela Democracia (CAAD), vão entregar nesta quarta-feira (28) ao Ministério Público do Paraná, denúncias sobre as manifestações contra a caravana. O grupo vai apresentar ao procurador de Justiça do Estado, Olympio Sotto Maior Neto, vídeos, fotos e publicações em redes sociais sobre as articulações para a reação à militância de Lula, pedindo a investigação dos casos. Nesta terça-feira, segundo o PT, a Polícia Militar foi acionada e foi registrado um Boletim de Ocorrência.

Raquel acusa Aécio por corrupção passiva e obstrução da justiça

Senador foi gravado pedindo R$ 2 milhões de reais ao empresário Joesley Batista e ainda é acusado de tentar atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato. (Estadão Conteúdo – Foto: Divulgação).

Em manifestação encaminhada ao Supremo Tribunal Federal (STF), a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, acusou o senador Aécio Neves, do PSDB do Estado de Minas Gerais, de usar o cargo para atingir objetivos espúrios e reiterou o pedido para que a Corte receba a denúncia apresentada contra o tucano pelos crimes de corrupção passiva e obstrução de Justiça no âmbito da delação feita por executivos da J&F.

Aécio foi gravado pedindo um montante de R$ 2 milhões de reais ao empresário Joesley Batista, do grupo JeF, e é acusado de tentar atrapalhar o andamento das investigações da Operação Lava Jato. Além de Aécio Neves, o então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou no ano passado Andrea Neves da Cunha, irmã de Aécio, Frederico Pacheco de Medeiros, primo do senador conhecido como Fred, e Mendherson Souza Lima, ex-assessor parlamentar do senador Zezé Perrella (MDB-MG).

“O teor das articulações de Aécio Neves, obtidas por meio das interceptações telefônicas, ilustra de forma indubitável que a conduta do acusado, que procurou de todas as formas que estavam ao seu alcance livrar a si mesmo e a seus colegas das investigações, não se cuidou de legítimo exercício da atividade parlamentar”, observou a procuradora-geral da República em sua comunicação dirigida ao STF.

STF reforça segurança de Fachin, após ministro relatar ameaças

Entre outras ações, ministro é relator dos processos oriundos da Operação Lava 
Jato na Corte do Supremo Tribunal Federal. (Agência Brasil – Foto: Marcelo Camargo).

O Supremo Tribunal Federal (STF) informou ontem, terça-feira, 27 de março, que reforçou a segurança do ministro Edson Fachin (foto acima) e de seus parentes. A manifestação foi motivada por uma entrevista concedida por Fachin ao canal GloboNews, em que o ministro disse que sua família tem recebido ameaças. Ele, porém, não citou quais tipos de ameaças tem sofrido e como teriam ocorrido. Segundo Fachin, foram solicitadas providências à presidente da Corte, a ministra Cármen Lúcia.

De acordo com nota divulgada à imprensa pela presidência do STF, antes da entrevista do ministro, Cármen Lúcia já tinha tomado providências em relação às preocupações de Fachin, como o envio de duas delegadas da Polícia Federal (PF) para Curitiba, cidade de origem do ministro, para avaliar o esquema de segurança.

"Uma das preocupações que tenho não é só com julgamento, mas também com segurança de membros de minha família. Tenho tratado desse tema e de ameaças que têm sido dirigidas a membros da minha família. ”, disse Fachin na entrevista.

O ministro é relator dos processos oriundos da Operação Lava Jato na Corte, entre outras ações. Também é relator do habeas corpus por meio do qual a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva conseguiu suspender sua prisão após o fim dos recursos na segunda instância no processo do triplex de Guarujá (SP). A decisão vale até o dia 4 de abril, quando o tribunal retomará o julgamento da questão.

terça-feira, 27 de março de 2018

Izaías liderou criação da Universidade do Agreste em Garanhuns

Para que UFAPE fosse viabilizada, anos atrás, então deputado Izaías, 
pleiteou ao presidente Lula: “Me dê um presente, me dê uma Universidade!”.

A UFAPE, Universidade Federal do Agreste de Pernambuco, cuja implantação está orçada em R$ 121 milhões de reais; que resultará no desmembramento do campus da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) aqui em Garanhuns, e que teve sua criação aprovada na última terça-feira (20), pelo plenário da Câmara dos Deputados Federais, na capital, Brasília, é um sonho antigo do Prefeito Izaías.

Tão antigo, que ele fez sua primeira investida para que o projeto se tornasse realidade, ao então presidente Lula, cerca de 16 anos atrás. Naquela ocasião, Régis ainda ocupava o posto de deputado estadual. Bem ao seu estilo, e vendo a oportunidade ao seu alcance, aguerrido por aquilo que leva o município ao desenvolvimento, o atual Prefeito viu na figura de Lula, a melhor oportunidade, para que seu plano pudesse sair do papel.

Apesar da demora, e muito embora outros agentes políticos tenham integrado a linha de frente para que a UFAPE se tornasse realidade, caso do Senador Armando Monteiro (PTB), da Deputada Estadual Priscila Krause e do próprio Ministro da Educação Mendonça Filho, ambos do DEM, foi o Prefeito Izaías, que lá atrás, ao encontrar com Lula e sua comitiva, antes mesmo dele ser empossado em seu primeiro mandato, aqui em Garanhuns, deu o primeiro e mais importante passo para consolidação da Universidade, ao pedir ao ex-presidente: “Me dê um presente, me dê uma Universidade!”.

        Com as raízes fincadas lá atrás e as constantes idas do Prefeito a Brasília, em busca do apoio do Senador Armando Monteiro à demanda, a UFAPE começa a ganhar forma.

Criada pela aprovação do Projeto de Lei 5272/16, do Presidente da República, a Universidade Federal do Agreste de Pernambuco, atuará com mais de um campus na região de Garanhuns. Como forma de avanço, para o quadro de pessoal da Unidade Acadêmica, serão criados 600 novos postos de professor e 893 cargos de Técnicos-Administrativos em Educação, sendo destes, 628 de nível intermediário classe D e 265 de nível superior classe E. No quadro dirigente, serão criados 8 cargos, além das funções de Reitor e de Vice-reitor.

          Tudo isso, defende o Prefeito, significa avanço para Garanhuns.
.

Eleições: Alcindo reafirma apoio à Silvio Costa Filho para Federal

Alcindo sobre Silvio: “Estamos construindo entre ele e Garanhuns uma boa relação
de amizade que oferecerá futuro político e de investimentos para todos”.

Quarta-feira passada (21), a Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco (Alepe), através de requerimento proposto pelo deputado Estadual Álvaro Porto, celebrou a passagem dos 100 anos da Diocese de Garanhuns, cujo patrono é São José. Na ocasião, uma sessão solene foi realizada em reconhecimento ao trabalho social e religioso que a instituição presta ao Agreste Meridional a aos demais municípios abrangidos por ela, situados em outras duas regiões, Sertão e Zona da Mata Sul.

Presente ao momento, o vereador garanhuense Alcindo Correia (PCdoB), líder do Governo Izaías na Câmara, aproveitou, ao término da solenidade, para costurar ainda mais sua posição de apoiar o deputado Estadual Silvio Costa Filho (PRB), na busca por um mandato Federal. Silvinho, como adiantamos no Blog, concorre este ano a um dos 25 assentos reservados à Pernambuco, no terceiro escalão, em Brasília, em substituição ao seu Pai, Silvio Costa, que nestas eleições, tudo indica, deve disputar o Senado Federal.

No Agreste, em especial em sua região, a Meridional, Alcindo vem abrindo caminho à Silvio Filho em diversos municípios. Na Alepe, o encontro permitiu a ambos a troca de informações importantes, do ponto de vista político e eleitoral. Sábado passado (24), como forma de estreitar ainda mais seu vínculo com Correia, Silvinho esteve em Garanhuns, e ao lado dele, prestigiou o evento religioso Marcha para Jesus.

“Eu e Silvio Filho temos muitos pontos em comum, daí nossa aproximação. Estamos construindo entre ele e Garanhuns uma boa relação de amizade que oferecerá futuro político e de investimentos para todos”, destaca Alcindo, sobre o deputado.
.

Viva Dominguinhos, em Garanhuns, abrirá o São João do Brasil

Mais do que promover a figura, ou mesmo manifestar reconhecimento ao músico José Domingos
o popular Dominguinhos, Festival, sobretudo, faz elevar a autoestima do garanhuense.

Entre os dias 19 a 21 de abril deste ano, Garanhuns será palco para a abertura do São João do Brasil, a partir da realização do Festival Viva Dominguinhos. O evento, criado ainda em 2014, pelo Prefeito Izaías, é motivo de alegria para todos, já que na ocasião, a cultura nacional, a Nordestina de forma mais especial, é fortalecida, através de shows musicais, onde prevalecem a execução de músicas no ritmo de xote, xaxado, baião e forró.

Mais do que promover a figura, ou mesmo manifestar reconhecimento ao músico, cantor e compositor de Garanhuns, José Domingos de Morais, o popular Dominguinhos, o Festival, sobretudo, faz elevar a autoestima do garanhuense, ao relembrar a bela trajetória do artista, que saiu da suíça pernambucana em busca do seu sonho, o de se tornar um cantor famoso, e ganhou o mundo, se tornando referência em sonoridade.

Neste ano de 2018, o Festival segue crescendo como nos outros anteriores. Continuará com dois pólos de animação, um no largo do colunata, e outro, o principal, na praça que carrega o nome do arista. Outras intervenções marcam o evento em 2018, a contar da participação da comunidade escolar, através do projeto Desmistificando a Sanfona, bem como na pintura de mural, na Avenida Rui Barbosa, que irá retratar detalhas da vida e carreira de Dominguinhos, a Caminhada do Forró, a ser realizada no dia 20 de abril, e ainda um Workshop direcionado para sanfoneiros.

Feliz pelo acerto de conceber tamanho Festival, e sabendo de sua repercussão nacional, já que ele será mais uma vez, a exemplo do ano passado, transmitido pela TV Globo Nordeste (3 dias), o Prefeito Izaías é o mais animado com o evento. “O Viva Dominguinhos é um evento que fortalece a nossa economia, e na prática, ele representa a abertura das legítimas festas juninas do Nordeste. Dominguinhos não morreu porque a música não morre, ela é eterna”, vibra o Prefeito.

O Festival Viva Dominguinhos é uma realização do Governo Municipal de Garanhuns por meio da Secretaria de Turismo e Cultura, com apoio das Secretarias de Educação, Comunicação Social, Saúde, Assistência Social e Direitos Humanos e Infraestrutura. Ainda são parceiros a Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT), Conselho Tutelar, Polícias, Militar e Civil, Corpo de Bombeiros e SAMU.

Clicando aqui, você confere a programação completa
da edição deste ano do Viva Dominguinhos
.

segunda-feira, 26 de março de 2018

Liminar decreta ilegalidade de greve de professores de Garanhuns

Com decisão de Desembargador do TJPE, categoria deve retornar à
saula de aula, de forma integral, sob pena de multa diária de R$ 30 mil reais.

Desde a última quarta-feira, (21) professores da rede municipal de ensino de Garanhuns estão em estado de greve. De acordo com o Sinpro, sindicato que representa a categoria, cerca de 85% dos profissionais aderiram a paralisação. Ainda segundo o mesmo sinpro, a parada vinha ocorrendo de forma parcial, levando esses profissionais educadores, a trabalharem apenas meio expediente nos três turnos.

O estopim para greve, segundo os profissionais de educação, está ligado a falta de negociação  do Governo Municipal, no que diz respeito a mudança na carga horária da categoria, o descumprimento do Plano de Cargo e Carreira e Remuneração (PCCR), do não cumprimento do reajuste linear; redução salarial; redução na carga horária; transformação de hora aula em hora relógio e negativa do direito de remuneração da aula atividade.

Apesar das queixas, nesta segunda-feira, 26 de março, o Desembargador do TJPE, Francisco Bandeira de Mello, concedeu uma liminar declarando a ilegalidade de greve decretada pelos professores da rede municipal de ensino, representados pelo Sinpro (Sindicato dos Professores), nos autos do processo nº 499700-6.

Dessa forma, o Desembargador afastou as alegações do Sindicato quanto a qualquer ilegalidade cometida pela Administração Municipal em relação à redução salarial, redução de carga horária e outros argumentos que não se mostraram aptos à deflagração da greve.

O Desembargador determinou o imediato retorno às atividades pelos docentes representados pelo Sindicato-réu. Em caso de descumprimento, será fixada multa diária de R$ 30 mil, além de desconto em folha de pagamento correspondente aos dias parados.

“A Administração reitera que tem compromisso com os alunos e com os próprios professores no tocante à garantia de pagamento em dia de seus vencimentos, além  da possibilidade real de reajuste do piso salarial da categoria em face da Lei nº 11.738. O Governo Municipal garante ainda índices de 4% e 2,91% para as as demais faixas salariais, tudo com intuito de preservar o rendimento do servidor. A reposição das aulas perdidas pelos alunos no período de greve será definida de acordo com cronograma de cada unidade de ensino”, destacou o Governo Municipal em comunicação dirigida à imprensa.