quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Senado Federal cria Universidade do Agreste aqui em Garanhuns

Com a aprovação do relatório do senador Armando Monteiro, do PTB de PE, campus da Universidade
Federal Rural instalado no município, será transformado na UFAPE. (Foto: Ana Luiza Souza).

O plenário do Senado Federal aprovou na noite desta terça-feira, 27 de fevereiro, parecer do senador Armando Monteiro, do PTB pernambucano, projeto de lei criando a Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (UFAPE), com sede aqui em Garanhuns. O projeto, que havia sido votado de manhã na Comissão de Educação, retorna agora ao exame final da Câmara dos Deputados, de onde se originou.

A UFAPE, cuja implantação está orçada em R$ 121 milhões, resultará do desmembramento do campus da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) em Garanhuns. "Apesar de ter havido avanços, o Nordeste necessita de maior oferta de cursos superiores. Com a UFAPE, estamos democratizando o maior acesso à educação universitária”, discursou Armando, no plenário da Casa. “Tenho certeza de que a comunidade do agreste vai comemorar com entusiasmo”, completou.

Em sua fala no Senando, Armando ainda assegurou que, “por um dever de justiça”, agradecia a colaboração na aprovação do projeto do ministro da Educação, Mendonça Filho do DEM aqui de Pernambuco, “que sempre foi sensível à iniciativa”. Enfatizou também, que a UFAPE será “um ativo estratégico no desenvolvimento de Pernambuco”.

O campus da UFRPE em Garanhuns, que será transformado na Universidade Federal do Agreste, oferece atualmente os cursos de veterinária, agronomia, ciência da computação, zootecnia, engenharia de alimentos e licenciatura em letras e em pedagogia.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário