sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

PE: Efetivo de Delegados que cuidam de homicídios aumenta 119%

Antônio de Pádua sobre o reforço autorizado pela SDS: “Estamos confiantes no trabalho desses 
25 delegados que chegam às Divisões Norte e Sul de Homicídios". (Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem).

A Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS) está reforçando o combate aos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), com a ampliação de 119% do efetivo de delegados nas Delegacias de Polícia de Homicídios. A chegada de 25 desses profissionais, completando um grupo de 46 delegados especializados, possibilitará a agilização dos inquéritos e o aumento das prisões de homicidas. Em janeiro de 2018, conforme o balanço mensal da Secretaria de Defesa Social, a quantidade de CVLIs foi 6% menor que no mesmo mês de 2017: 448 casos, 29 a menos em relação ao ano anterior.

É o segundo mês consecutivo com melhores resultados em relação ao mesmo período do ano anterior – já que, em dezembro do ano passado, 2017, houve 394 CVLIs, 16,5% a menos que em dezembro de 2016. Em janeiro deste ao, 2018, um dos indicadores que mais contribuiu para a redução em comparação com janeiro de 2017 foi o de latrocínios, que caíram 35,9%, passando de 17 para 11 ocorrências no mês. Um destaque na queda dos índices é a cidade de Caruaru, que diminuiu em 56% a quantidade de CVLIs.

Para o secretário de Defesa Social, Antonio de Pádua, o reforço de delegados, agentes e escrivães irá contribuir para incrementar ainda mais a taxa de resolução de inquéritos de homicídios, que já é quatro vezes superior à média nacional. “Estamos confiantes no trabalho desses 25 delegados que chegam às Divisões Norte e Sul de Homicídios, na Região Metropolitana do Recife, ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), na Capital, Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe, Araripina e Arcoverde. É importante lembrar que, em 2017, 2.249 homicidas foram presos pelas polícias de Pernambuco e, somente em janeiro de 2018, já são 130 capturados”, ressalta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário