quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Alcindo rebate denúncia sobre fantasmas: ”Estavam trabalhando”

Afirmação do novo líder do governo Izaías, diz respeito a denúncia
feita recentemente em matéria postada no Blog do Cisneiros.

Nesta quarta-feira, (21), a Câmara de Vereadores de Garanhuns realizou a segunda reunião ordinária do primeiro período legislativo deste ano, 2018. Apesar de diversos requerimentos terem sido apresentados na casa pelos parlamentares, um assunto em especial, dominou as discussões em plenário: a denúncia publicada pelo blogueiro Kléber Cisneiros, em seu blog, ainda no decorrer do mês de janeiro, dia 31 mais especificamente, sobre um suposto esquema de funcionários fantasmas na Prefeitura Municipal.

Novo líder do Governo Izaías na Câmara, o vereador Alcindo Correia, do Partido Comunista do Brasil, PCdoB, se utilizou de seu tempo no Grande Expediente da casa nesta quarta (dez minutos), para apresentar documentos originados através do Trabalho da Controladoria Geral do Município, que atestam, que duas, das três servidoras mencionadas, Maria José Borges e Josefa Dulcinéa Borges Barbosa, tiveram seus contratos rescindidos ainda no mês de dezembro do ano passado. Ainda de acordo com Correia, ambas desempenhavam suas funções, diante daquilo que preveem suas prerrogativas, "não podendo portanto", afirma ele, serem tratadas como funcionárias “fantasmas”.

Para o terceiro caso, que se refere a Ana Simone Rodrigues da Silva, assistente de arquivo, lotada na Secretaria de Governo, assegura Alcindo, a servidora está momentaneamente cedida a secretaria de Administração, sendo que no seu caso, seu contrato foi renovado. Nesta quarta na Câmara o líder do Governo se posicionou oficialmente sobre a questão. “Essas pessoas não eram fantasmas, elas estavam trabalhando. Antes de vir para Câmara hoje, pedi para ir no arquivo da secretaria de Administração e a servidora Ana Simone estava trabalhando. Segundo levantamento da Administração, todas essas servidoras davam expediente normalmente”, assegurou Correia.

Com o objetivo de apurar se existe alguma irregularidade nas atividades desenvolvidas pelos Agentes Públicos citados na reportagem publicada pelo blogueiro Kléber Cisneiros, a Prefeitura de Garanhuns, vale dizer, instaurou um inquérito administrativo. Ex-presidente da Câmara, o vereador Audálio Filho solicitou ao líder do Governo, que findada a apuração, ela possa ser apresentada em plenário. Alcindo concorda com Audálio, e de acordo com ele, nos próximos dias a apresentação deve ocorrer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário