terça-feira, 16 de janeiro de 2018

PE fecha 2017 com maior número de homicídios em 14 anos: 5.427

Em dezembro do ano passado, foram contabilizadas 394 mortes violentas em todo o estado, o que 
equivale a uma média de 12,7 pessoas assassinadas por dia no mês. (G1 Caruaru e Região).

Pernambuco encerrou 2017 com 5.427 assassinatos registrados ao longo dos 12 meses do ano. O número é 21,1% maior do que os 4.479 assassinatos contabilizados em 2016 e também é a marca mais expressiva desde 2004, ano inicial da divulgação das estatísticas de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) pela Secretaria de Defesa Social (SDS). Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (15) pelo governo estadual.

No mês de dezembro do último ano, 2017, foram contabilizadas 394 mortes violentas em todo o estado - menor estatística mensal desde julho, quando foram registrados 446 assassinatos. De acordo com a SDS, a estatística de dezembro é a segunda menor do ano, perdendo apenas para o mês de junho, que teve 379 assassinatos.

De acordo com as estatísticas divulgadas pela pasta, os Crimes Violentos contra o Patrimônio, os chamados "CVPs", seguem a mesma tendência de crescimento dos homicídios, mas em menor escala. Ano passado, 2017, foram contabilizadas 119.513 ocorrências desse tipo, em percentual: 4,1% a mais do que os 114.802 CVPs registrados em 2016. Extorsões e roubos cometidos contra transeuntes e instituições financeiras, roubos de veículos e assaltos a ônibus são alguns dos crimes que se enquadram nesta categoria.

A SDS, no entanto, argumenta que houve melhora nos números, se comparados o primeiro e o segundo semestre de 2017. Através de material encaminhado à imprensa nesta segunda (15), a pasta ressalta a queda de 2.875 para 2.552 homicídios semestrais em 2017. No entanto, se comparados os primeiros semestres de 2016 e 2017, é possível notar um aumento de 39,3%, já que o número passou de 2.073 para 2.875 assassinatos. Na comparação entre os últimos semestres dos dois anos em questão, também houve aumento de 5,62%, uma vez que o número de homicídios passou de 2.416 para 2.552.

Nenhum comentário:

Postar um comentário