quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Alcindo articula Marília e consegue apoios em Caetés e Capoeiras

Correia: “Aos mais desencorajados, é bom ficar de olho nessa menina.
Seria demais, achar que ela reúne envergadura suficiente para ser governadora?”.

Vereador eleito ano passado para o seu segundo mandato, Alcindo Correia, do PCdoB, que sempre militou na ala de esquerda política, em âmbito estadual e nacional, é um dos responsáveis, senão, o maior responsável, pela articulação e boas relações formadas aqui no Agreste Meridional, junto a figura da advogada e vereadora da capital pernambucana, Recife, Marília Arraes, do Partido dos Trabalhadores (PT). Junto a Correia, “abrindo caminho” e estreitandorelações no âmbito político, vale frisar, outras duas importantes figuras se destacam: os irmãos ”Moraes”, de Brejão.

Prova do bom trânsito político de Correia aqui na região, ficou mais evidente quando ele conseguiu aproximar Marília do PSB histórico d município vizinho de Caetés - que desprestigiado pelo atual Governador Paulo Câmara, (PSB), vê em Marília, a continuidade do sobrenome “Arraes” no comando dos destinos do estado de Pernambuco. Com os socialistas de Caetés, Marília já conta. Além deles, outros três vereadores oposicionistas ao Prefeito Armando Duarte, além do ex-candidato a prefeito daquela cidade, pelo PSB, Benedito, se somarão a pré-candidatura da petista.

Em Capoeiras, mais três parlamentares também aderiram a “onda Marília”, que parece estar contagiando o interior. Some-se ainda, os apoios de um ex-prefeito daquela cidade, bem como o atual Presidente do Sindicato Rural de Capoeiras, tudo isso, por intermédio de Correia. A arrancada de Marília rumo ao Palácio do Campo das Princesas foi iniciada, e por aqui, ao contrário do que muitos defendiam, o prestígio dela cresce a cada dia, já que o sobrenome que ela carrega, dispensa qualquer apresentação nacional e mundialmente.

A pré-candidata, em suas andanças pelo interior, tem causado efeito nostálgico e saudosista, em nome da história pregressa de sua família, que se confunde com a do povo pernambucano. Se havia carência de uma figura para contagiar e reavivar as eleições de 18 aqui no estado, ela está aí, já se apresenta, e atende pelo nome de Marília Arraes. Para os mais céticos, que contestam a legitimidade dela na busca pelo comando da gestão estadual, nos bastidores ouvimos, que Marília, assim como Arraes, é muito boa em reverter quadros, e que segue em busca do alvo, do objetivo, como um leão sai em busca de sua caça.

“Aos mais desencorajados, é bom ficar de olho nessa menina, afinal, o maior posto na esfera jurídica nacional, é ocupado atualmente por uma mulher, Carmem Lúcia, Ministra do Supremo Tribunal Federal (STF). Seria demais achar que Marília, reúne envergadura suficiente para ser governadora?”, destaca, questionando, o vereador Alcindo Correia.
.
.

. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário