sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Saldo positivo Magia do Natal: R$ 35 milhões e 800 mil visitantes

Izaías: “O CDL errou demais, quando não apoiou o Natal. Não botou uma mídia de publicidade. O CDL fez 
um crime contra Garanhuns. Isso tem que acabar, essa mesquinhez de pessoas que não tem visão"

Em mais um fim de semana movimentado da programação da Magia do Natal em Garanhuns, a cidade atrai pessoas de diversos estados do Nordeste, o que ocasiona na lotação máxima da rede de hotéis e pousadas. A movimentação favorece diretamente outros setores da cidade, com destaque para a rede gastronômica, que já mostra um resultado positivo em seu faturamento. A expectativa ainda é que até o fim do evento, cerca de 800 mil visitantes devem ter passado pela cidade, injetando mais de 35 milhões na economia local.

O município dispõe de variadas opções de bares, restaurantes e lanchonetes, para poder atender aos visitantes em períodos festivos. Segundo dados de uma pesquisa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico local, o movimento na rede alimentícia chega a aumentar 122% durante os fins de semana, resultado significativo para a economia local.

Muitos integrantes do trade turístico registraram o maior fluxo até o momento durante os dias 08 e 09 de dezembro, quando o evento trouxe shows de artistas consagradíssimos, como o da cantora Joanna e o do grupo The Fevers. “É um evento que veio a calhar, principalmente em uma época de crise. Esse fim de semana foi atípico, onde chegamos a receber inúmeras caravanas de turistas. Aproximadamente mil pessoas passaram por aqui”, afirmou o empresário Flávio Murilo, um dos responsáveis por duas lanchonetes especializadas no comércio de chocolates artesanais.

Faturamento que também se estende aos hotéis e pousadas de Garanhuns. Já que existem mais de 2500 leitos entre os meios de hospedagem cadastrados na Secretaria de Turismo e Cultura, e muitos registram altos índices de ocupação. O empresário Alisson Monteira afirma que em seu hotel o cenário é positivo, com muitas solicitações para este mês, tendo registrado ocupação de 100%. “Estamos com a lotação máxima durante os fins de semana, o que refletiu diretamente na procura dos outros dias, que aumentou em até 30%. O que tenho a afirmar é que está excelente para nós, todos aqueles que fazem o evento estão de parabéns”, finalizou.

Bolsas de R$ 400 e 950 reais: PE no Campus começa no início de 18

Lançada no último mês de outubro, a iniciativa tem como objetivo mobilizar e estimular 
os estudantes a participarem cada vez mais do Enem e do SSA. (Fotos: Hélia Scheppa/SEI).

Concretizando o compromisso assumido com o fortalecimento da educação pública estadual, o governador Paulo Câmara sancionou, nesta sexta-feira (22), no Palácio do Campo das Princesas, sede do poder executivo de Pernambuco, a Lei nº 16.272/2017 que oficializa a criação do Programa de Acesso ao Ensino Superior – PE no Campus. A iniciativa irá garantir mil bolsas aos estudantes da rede pública que obtiverem as maiores notas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e no exame do Sistema Seriado de Avaliação (SSA), para o ingresso nas universidades públicas. A primeira edição do programa já começa a valer no primeiro semestre letivo de 2018, contemplando os participantes do Enem 2017 que preenchem os pré-requisitos para as vagas. O edital do processo seletivo será divulgado pela Secretaria Estadual de Educação no mês de janeiro.

Lançada no mês de outubro, a iniciativa tem como objetivo mobilizar e estimular os estudantes a participarem cada vez mais do Enem e do SSA, além de oferecer apoio financeiro aos jovens de baixa renda da Rede Estadual de Ensino, que forem aprovados em instituições públicas de ensino superior. Os selecionados desta primeira edição já começam a receber a bolsa no mês seguinte à data da matrícula. O passo a passo do processo seletivo constará no edital, que será lançado no mês de janeiro. As bolsas serão ofertadas no valor de R$ 950, para o primeiro ano do curso, e de R$ 400 para o segundo ano. Essa quantia ajudará em despesas como: moradia, alimentação e transporte, entre outras.

De acordo com a Secretaria de Educação, para concorrer a uma vaga do PE no Campus, o candidato terá que ter estudado todo o Ensino Médio na Rede Pública Estadual, tendo concluído, no máximo, há cinco anos; ser atendido pelo Bolsa Família ou ter renda familiar inferior a dois salários mínimos; e ter residência fixa com distância igual ou superior a 50 quilômetros da universidade. A ação também fortalece o programa Bolsa de Incentivo Acadêmico (BIA), com a oferta de 200 bolsas de iniciação científica, no valor de R$ 400, que são oferecidas pela Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe) para os alunos que ingressaram em universidades públicas.

“Agora é uma política de Estado, não mais de governo. Essa é uma conquista importante porque nós acreditamos que é um incentivo necessário, principalmente nos dois primeiros anos de curso, onde a manutenção é sempre mais difícil”, assegurou o Governador Paulo Câmara, hoje, no Campo das Princesas, seguido da fala do Secretário de Educação, Fred Amâncio, que frisou: “Para muitos, pode ser só um programa de bolsas. Mas o PE no Campus é muito mais do que isso. Ele é incentivo. Ele garante que aquele jovem que estudou muito para passar no vestibular tenha condições de se manter durante os primeiros anos do curso, que são os mais difíceis”

Divisa entre PE e PB será controlada por Megaoperação policial

Ações, envolverão abordagens a pessoas, bem como veículos. Duas aeronaves, uma
de Pernambuco e outra da Paraíba, vão ajudar nos trabalhos. (JC / Foto: Divulgação PCPE).

Criminosos que atuam nos arredores da divisa entre Pernambuco e a Paraíba são alvo de uma megaoperação que envolve policiais civis, militares e agentes do Corpo de Bombeiros dos dois Estados, no final deste ano. A ideia, segundo nota da Polícia Civil pernambucana divulgada nesta sexta-feira (22), é "cumprir mandados de prisão, de busca e apreensão e fortalecer a segurança na região limítrofe entre os dois estados".

De acordo com a PCPE, a primeira fase da operação, que foi deflagrada na madrugada desta sexta, focará nas cidades pernambucanas de Goiana, Itambé, Santa Maria do Cambucá e Vertente do Lério, além das cidades paraibanas de Alhandra, Itabaiana, Queimadas, Caaporã, Pedra de Fogo e Santa Cecília.

Operação - Questionada pela imprensa, a Polícia Civil aqui do estado de Pernambuco não esclareceu quantos mandados devem ser cumpridos ou até quando a operação deve acontecer. Em nota, o órgão informou apenas, que as ações vão envolver abordagens a pessoas, bem como veículos. Duas aeronaves, uma de Pernambuco e outra da Paraíba, vão ajudar nos trabalhos. Uma coletiva de imprensa está marcada para acontecer na cidade de Goiana, onde se espera que o chefe da PCPE, Joselito Kehrle, dê detalhes de como deve funcionar essa operação a mega operação que será instalada.

1,5 milhões de pessoas cobram impeachment de Gilmar Mendes

Hospedado no site change.org, abaixo-assinado solicita que ministro seja destituído do 
cargo e impossibilitado de exercer função pública por 8 anos. (Duda Lapenda).


Um abaixo-assinado pedindo o impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes (foto acima), alcançou 1,5 milhões de assinaturas, ontem, quinta-feira, 21 de dezembro. Hospedado no site change.org, o abaixo-assinado, que será entregue ao Senado Federal Brasileiro, solicita que o ministro seja destituído do cargo e ainda que ele fique impossibilitado de exercer função pública por 8 anos.

Além disso, o mesmo abaixo-assinado, das muitas assinaturas, contém ainda 5 “fatos criminosos” que teriam sido praticados por Mendes, como “conduta incompatível com a honra, a dignidade e o decoro de suas funções”, “exercício de atividade político-partidária”, “atitude patentemente desidiosa no cumprimento dos deveres do cargo”, “proferimento de julgamento quando legalmente suspeito (ou impedido) na causa”, além de “estabelecimento de relações com investigados”. Todos contidos na Lei 1.079/1950.

Polêmicas - Nas últimas semanas, o ministro foi protagonista de algumas decisões polêmicas, como a proibição de realização de condução coercitiva de qualquer investigado para interrogatório, a suspensão do inquérito contra o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), além da determinação de prisão domiciliar para Adriana Ancelmo, mulher do ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (acusada de lavagem de dinheiro, em um desdobramento da Operação Lava Jato no RJ), além da soltura do ex-governador do Rio Anthony Garotinho, aquele mesmo, que costuma fazer greves de fome.

         Gidi Santos: "Em tempo, te cuida Gilmar!"

Eduardo da Fonte, do PP, pode concorrer ao Senado ano que vem

Comentário que corre pela Alepe, é que Eduardo expressou seu desejo de participar da eleição majoritária 
e recebeu aval do próprio Governador. (Daniel Leite / Foto: Givaldo Barbosa / Agência O Globo).

As especulações em torno do rumo do Partido Progressista (PP) na eleição do ano que vem, ganharam novos contornos, nesta semana. A sigla, que chegou a ensaiar a formação de uma chapinha fora da Frente Popular, estaria perto de voltar para o chapão governista. Para isso, o presidente estadual da legenda, o deputado federal Eduardo da Fonte, já teria acertado com o Palácio do Campo das Princesas a indicação do seu nome para disputar uma vaga no Senado Federal, nas eleições nacionais do próximo.

Em reserva, uma fonte governista revelou que, nos bastidores da Assembleia Legislativa, o comentário é que Eduardo da Fonte expressou seu desejo de participar da eleição majoritária e recebeu o aval do governo Paulo Câmara. Com isso, estaria disposto a abortar a formação de uma chapinha com legendas como PDT e PCdoB, que havia sido fortemente criticada por partidos da Frente Popular.

O arquivamento da denúncia contra o deputado na Lava Jato, na última segunda (18), por parte do Supremo Tribunal Federal, também teria favorecido, de acordo com a mesma fonte, a tese de que a sua postulação não causaria prejuízos para a imagem da coligação liderada pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB).

O PP, que tem a segunda maior bancada na Assembleia Legislativa aqui do Estado de Pernambuco, ganhou espaços significativos no governo, recentemente, com a nomeação de Guilherme Rocha como secretário executivo de Recursos Hídricos e de Clóvis Benevides como secretário de Desenvolvimento. Outro espaço entregue ao PP foi a Diretoria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Suape, com indicação de Michelle Karine Zacarias de Souza, ex-gestora de Projetos do Porto do Recife.

PT - Caso a postulação de Eduardo da Fonte se consolide, a aliança entre PT e PSB, que estaria sendo costurada pelo próprio ex-presidente Lula e vem recebendo apoio de boa parte da bancada socialista, pode ficar ameaçada. Segundo a fonte governista, se Eduardo da Fonte disputar a Casa Alta, o senador Humberto Costa (PT), que pretendia se reeleger pela Frente Popular, pode ter que disputar uma vaga na Câmara Federal.

+ De cem aprovados no Concurso do TJPE são Egressos da FDG

Suianne Melo,Presidente da AESGA: “Para nós é uma honra ver tantos egressos da faculdade 
aprovados em um dos mais concorridos e importantes concursos públicos do Estado”.

A Autarquia do Ensino Superior aqui de Garanhuns – AESGA segue investindo forte em qualidade de ensino. Nos últimos anos, a instituição de ensino superior (IES) tem avançado consideravelmente tanto na produção científica por parte dos seus estudantes, quanto nos altos índices de aprovação no Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Nos últimos dias a AESGA comemora com propriedade o destaque dos seus alunos e ex-alunos diante do brilhante resultado do Concurso Público do Tribunal de Justiça de Pernambuco. No Certame, foram contabilizadas 121 aprovações oriundas da Faculdade de Direito de Garanhuns – FDG, inclusive o primeiro lugar do Agreste Meridional, ex-aluno da FDG, Carlos André Silva de Araújo, aprovado para o cargo de técnico judiciário.

O Concurso para cargos e funções do Poder Judiciário estadual aqui de Pernambuco, foi realizado no último dia 15 de outubro deste ano, e ofereceu 109 vagas para os cargos de Técnico Judiciário, Analista Judiciário e Oficial de Justiça. Dos aprovados da Faculdade de Direito de Garanhuns 44 se inscreveram para o cargo de técnico judiciário, 54 para analista judiciário e 23 para o cargo de oficial de justiça.

“Para nós é uma honra ver tantos egressos da Faculdade de Direito, aqui de Garanhuns, aprovados em um dos mais concorridos e importantes concursos públicos do Estado. É mais uma prova de um esforço conjunto que envolve a garra e força de vontade dos nossos ex-alunos e a brilhante atuação do nosso corpo docente, que trabalha diariamente para inserir no tão competitivo mercado de trabalho profissionais qualificados”, afirmou irradiante a presidente da AESGA, Suianne Melo.
.