domingo, 17 de dezembro de 2017

Lyana: “Aprecie nosso produto, sua experiência será única!”

Jovem empresária, é proprietária da empresa “Bolo de Rolo Nordestino”, que daqui de Garanhuns oferece
vendas diretas, entregas Delivery, e ainda distribuição para todo o Agreste Meridional da guloseima.

Atualizado em 17/12 as 16:47 - O bolo de rolo, originalmente é um doce brasileiro, típico, aqui de Pernambuco. Sua massa, feita com farinha de trigo, ovos, manteiga e açúcar, é enrolada com uma camada de goiabada derretida, dando a aparência de um rocambole, embora dele, difira em vários detalhes, especialmente no preparo, específico no bolo de rolo e completamente diferente do rolo suíço, com as camadas de massa e goiabada bem finas e o sabor característico, que somente a ele pertence, como sabemos.

Sua origem, está na adaptação do bolo português "colchão de noiva", uma espécie de pão de ló enrolado com recheio de nozes. Ao chegarem aqui, os portugueses passaram a trocar o recheio pela goiaba, fruta abundante na Zona da Mata, sempre dosada com muito açúcar dos engenhos da região. Até hoje é comum polvilhar-se o bolo de rolo com açúcar em sua camada externa, arrematando a apresentação da sobremesa. Pela Lei 13.436 de 2008, o bolo de rolo foi reconhecido como patrimônio imaterial de Pernambuco.

Aqui em Garanhuns, e já atuando há cinco anos, quem domina com extrema maestria a fina arte de produzir esses doces de forma artesanal, é a empresária, Lyana Nathalia, proprietária da marca/empresa “Bolo de Rolo Nordestino”, que além de revenda em sua própria sede, possui o serviço de entrega (Delivery) em domicílio, das 8 as 16h, sem custo adicional, e ainda distribui o produto para todo o Agreste Meridional.
.

Diante da popularidade de seu produto, “alcançado como muito trabalho”, assegura Lyana, e ainda a contar com o dinamismo da empresa, a jovem empresária desenvolveu, e já dispõe à venda, de novos sabores da guloseima, dentre eles, além do tradicional, de goiaba - doce de leite, chocolate com pimenta, doce de leite com amendoim, e ainda todas as quintas-feiras, em especial, o de macaxeira.

Para o final de ano, durante todo o mês de dezembro, vale salientar, a “Bolo de Rolo Nordestino”, ainda disponibiliza a venda de especiais Panetones artesanais, tudo feito sobre a gerência e coordenação de Lyana. "Aliamos: experiência, higiene, destreza, criatividade e bom paladar, para criar uma das marcas que mais crescem em Garanhuns e região nesse segmento. Nosso trabalho, está diretamente ligado ao compromisso de assegurar um alimento saudável aos garanhuenses e Agrestinos, de forma geral, por isso nosso convite: aprecia nosso produto, sua experiência, será única, e interminável...”, destaca Lyana.

Comerciantes, empresários e consumidores, em geral, que desejem adquirir os produtos da “Bolo de Rolo Nordestino”, podem contactar a empresa, localizada aqui no município de Garanhuns, no bairro da Massaranduba, na rua Ataulfo Alves, número 257, através dos telefones: (87) 9.8124.6129 e/ou (87) 9.9666.3776.
.



.

Álvaro Porto caí na farra em confraria de vereadores de Garanhuns

Na confra, cantando, e acompanhando pelo secretário de Governo de Garanhuns, Mewitton Araújo, 
que assumiu o triângulo na banda Pé-de Serra, deputado acabou se transformando numa "atração musical".

Após conceder entrevista à Rádio Marano FM de Garanhuns, dentro do programa "Falando com o Agreste", ancorado pelo radialista Marcelo Jorge, ocasião em que fez novas críticas às deficiências do governo Paulo Câmara, do Partido Socialista Brasileiro (PSB), o deputado estadual pernambucano pelo PSD, Álvaro Porto, cumpriu agenda "político-social" agitada no município garanhuense na última sexta-feira (15). Marcou presença nas confraternizações de final de ano de secretarias e da Câmara dos Vereadores.

Na festa da pasta de Planejamento municipal, ocorrida da Associação Garanhuense de Atletismo (AGA), Porto cumprimentou servidores e o recém empossado, secretário Carlos Carvalho. Já na evento da Secretaria de Infraestrutura, realizado numa chácara, brindou com o secretário José Gundes e funcionários do órgão.

Na confraria dos vereadores, o deputado caiu na farra, e acabou se transformando numa "atração musical". Acompanhado pelo secretário de Governo, Articulação Política e Ouvidoria, Mewitton Araújo, que assumiu o triângulo na bandeade Forró Pé-de Serra, ao mesmo tempo em que Porto foi ao palco cantar para os que festejavam no Círculo Militar. A presença do deputado nos eventos é um desdobramento natural da intensificação do diálogo que ele vem mantendo com lideranças garanhuenses.

Em outubro, Porto participou de almoço alguns agentes políticos locais e regionais, dentre eles, o vice-prefeito Haroldo Vicente (PSC), os secretários Mewitton Araújo, Glauco Brasileiro (Controladoria Geral), José Gundes e Bruno Gomes (Administração) e ainda com os vereadores Luzia da Saúde (PTB), Alcindo Correia (PCdoB), Ary Júnior (PTB), Professor Mário (PHS), Daniel da Saúde (PSC) e a presidente da Câmara, Carla de Zé de Vilaço (PTB). Também estiveram presentes naquele encontro os ex-vereadores Zé de Vilaço e Diretora Nelma e o médico Ulisses Pereira, presidente do Lions Clube de Garanhuns.

Ainda durante o mês de julho deste ano, Porto esteve com prefeito Izaías Régis (PTB), no Festival de Inverno de Garanhuns (FIG). Noutra ocasião, está, ocorrida no início de novembro, novamente ao lado do prefeito, marcou presença na abertura oficial da "Magia do Natal", projeto que está levando milhares de turistas a Garanhuns e que consolidou o município como polo de evento também no ciclo natalino. A iniciativa, aliás, foi alvo de votos de congratulações de Porto na Assembleia Legislativa nesta semana.

Garanhuns: Adilson Ramos trouxe romantismo à Magia do Natal

Uma das atrações mais esperadas desse ano, cantor trouxe um repertório repleto de 
músicas que embalam pessoas de todas as idades. (Secom/PMG – Fotos: Camila Queiroz).

Mais um sábado (16) da Magia do Natal é encerrado com grande público em todos os polos que o evento oferece. Segundo a Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT), mais de 12 mil pessoas prestigiaram os shows do Palco Prefeitura. A aposentada, Maria Lenilda Wanderley, veio conferir a Magia do Natal e ressaltou que nunca viu algo assim. “É a primeira vez que eu venho a Garanhuns e estou amando. É incrível, jamais eu deixo de vir aqui. Sou de Recife mas moro na China há muitos anos, vim com a minha filha para cá e nunca vimos uma coisa tão linda quanto essa. Volto hoje para Recife, mas pretendo voltar antes de acabar a Magia do Natal”, explicou.

Às 19h, um grande público aguardava os shows do Palco Prefeitura, a primeira atração a subir ao palco foi o Coral do Educandário Santa Clara. Logo em seguida a Banda do 71° Batalhão de Infantaria Motorizado (71° BIMtz) fez uma grande apresentação. Terceiro show, a atração garanhuense Cafuringa e Banda , atua no cenário musical há 36 anos, e trouxe um show com grandes clássicos da música popular brasileiro.

Encerrando a noite de shows, uma das atrações mais esperadas do evento, o cantor Adilson Ramos trouxe um repertório repleto de músicas que embalam pessoas de todas as idades, como “Olga”, “Sonhar contigo” e “Só liguei porque te amo”. O artista, que tem 72 anos de idade, 58 de carreira, com mais de 20 CDs gravados, se apresentou pela segunda vez na Magia do Natal: evento natalino mais charmoso e atrativo do Norte Nordeste.
.

A Magia do Natal, realizado pela Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria de Turismo e Cultura, e que conta com o patrocínio da Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Ferreira Costa, Uninassau, Mano Imóveis, Casa das Balas, Farmácias FTB e Café Ouro Verde, segue com programação neste domingo (17).

Às 18h, a Avenida Santo Antônio recebe mais um desfile do Papai Noel e no Palco Prefeitura haverá as apresentações da Cia Fisa D’Arte, Banda Outono e Lucas Notaro e os Corajosos. A programação oficial está disponível no site www.garanhuns.pe.gov.br.

APP – A “Magia do Natal” conta pela primeira vez com um aplicativo oficial. O app disponibiliza a programação do evento, guias turísticos, gastronômico e comercial. O aplicativo foi desenvolvido pela ArMidia Desenvolvimentos, empresa de Garanhuns, em parceria com a Prefeitura e está disponível para download para o sistema Android.
.

“PT nem no segundo turno, se alia a Armando com PSDB e DEM”

Fala, é do Presidente estadual do Partido dos Trabalhadores, Bruno Ribeiro, que ainda dispara: “Não 
possibilidade de aliança com esse grupo que representa a velha Arena”. (Coluna Pinga-Fogo).

O Partido dos Trabalhadores (PT), aqui em Pernambuco, reagiu ao encontro das Oposições, realizado na última segunda-feira, 11 de dezembro, no Arcádia, no Shopping Paço Alfândega, na capital, Recife. De acordo com os realizadores do "Pernambuco quer Mudar", o evento, representou o primeiro encontro oficial político contra o governo Paulo Câmara (PSB) para criar uma agenda em comum rumo a 2018. Ao reagir sobre o ato político, o PT cobra seu ex-aliado nas eleições 2012, 2014 e 2016, o senador Armando Monteiro (PTB), e sua proximidade com tucanos e democratas.

O presidente estadual do Partido dos Trabalhadores, Bruno Ribeiro (foto acima), comenta à imprensa, que se confirmada a escolha de Armando pelo grupo que reúne DEM, PSDB e os Coelhos de Petrolina, resta inviabilizada uma aliança em 2018. “Não há possibilidade de aliança no primeiro nem segundo turno com esse grupo que representa a velha Arena. Que posição Armando vai tomar? Vai ser candidato a governador? A senador? Com eles? A gente observa a escolha que será concretizada”, comenta Bruno.

Se Armando se aproximou do PSDB e DEM, o PT buscou o polo inverso, nacionalmente, ao se aproximar do PSB sob aval do ex-presidente Lula. Bruno admite a convergência nacional e nega uma aliança local. Porém, reforça que com o PSDB, DEM e os Coelhos, os petistas não marcham nem no segundo turno. A mágoa com Armando abre a porta para uma aliança PSB e PT ao menos no segundo turno. A divisão vai ficando clara.

PROXIMIDADE APENAS NACIONAL - Bruno Ribeiro nega que na visita do deputado José Guimarães (CE), novo Relações Institucionais do PT, e Márcio Macedo, primeiro vice-presidente da sigla, se tenha cogitado o senador Humberto Costa (PT) na chapa de Paulo. "No máximo se falou sobre a frente nacional de PT, PCdoB, PDT e PSB", assegura ele.
.

Danilo sobre Jarbas Vasconcelos: “Portas do PSB estão abertas”

“Se ele quiser, ele será muito bem-vindo”, declarou ainda, o parlamentar, pouco depois 
de o governador Paulo Câmara (PSB) prestigiar a confraternização de Jarbas. (Aline Moura).

O deputado federal Danilo Cabral (PSB) afirmou, ontem, que as portas do PSB estão abertas para o deputado federal Jarbas Vasconcelos, que enfrenta uma disputa interna pelo comando do PMDB com o senador Fernando Bezerra Coelho. Segundo ele, Jarbas pode ser candidato ao Senado pela sigla socialista e “não ficará no sereno”.

“Se ele quiser, ele será muito bem-vindo”, declarou o parlamentar, pouco depois de o governador Paulo Câmara (PSB) prestigiar a confraternização de Jarbas, no escritório do político do peemedebista, na Ilha do Leite, no Recife. “Ele está alinhando com o nosso grupo e apoia nosso governador”, justificou, sinalizando que as rixas históricas entre Arraes e Jarbas não pautam a relação entre os dois partidos na atualidade. Danilo foi oficial de gabinete de Miguel Arraes e chegou a afirmar, ontem, que o retrato do homem considerado mito, em Pernambuco, nunca saiu de sua parede.

Paulo Câmara chegou ao lado do vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, Raul Henry (PMDB), do ministro da Defesa, Raul Jungmann (PPS), e do secretário de Trabalho, Alexandre Valença. O prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), também esteve presente. Jarbas foi prestigiado justamente no momento em que está arriscado a perder o PMDB para Bezerra Coelho, que tem apoio da cúpula nacional da sigla e se colocou como pré-candidato a governador. 

Jarbas ficou mal visto pelo PMDB nacional, presidido por Romero Jucá, quando votou, na Câmara, a favor da abertura das investigações contra o presidente Temer. Sob ameaça de punição da sigla nacional, ele tentou amenizar, diminuiu o tom contra Temer e prestigiou o jantar oferecido pelo presidente para debater a reforma da Previdência, mas ainda não recebeu uma decisão favorável ao seu pleito, ou seja, de não perder o controle da sigla para Bezerra Coelho, que rompeu com o governador.

Também estiveram na confraternização de Jarbas o ex- governador de Pernambuco Roberto Magalhães, os deputados federais Fernando Monteiro (PP), André de Paula (PSD), e o deputado estadual Ricardo Costa (PMDB), além de outras personalidades.
.

Bronca para o PT: Lula pode se tornar inelegível em janeiro de 18

Apesar da possível inelegibilidade, direção petista tenta evitar especulações sobre um possível plano 
"b" caso Lula seja barrado pela Justiça. (Estadão Conteúdo / Foto: Jorge Araújo/Folhapress)

A cúpula petista fez um esforço nesta sexta-feira (15), no início da reunião do diretório nacional da legenda, em São Paulo, para tentar acalmar o partido diante da decisão do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4) de marcar para o dia 24 de janeiro o julgamento do processo que pode tornar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva inelegível.

Com ajuda de advogados que fizeram uma explanação ao diretório, o PT tenta emplacar a narrativa segundo a qual o processo criminal no qual Lula foi condenado a 9 anos e 6 meses de prisão e o da inelegibilidade, são procedimentos jurídicos de trâmites separados. A viabilidade eleitoral de Lula só começa a ser debatida a partir de 15 de agosto de 2018, quando se encerra o prazo para inscrição das candidaturas na Justiça Eleitoral.

Com isso a direção petista tenta evitar especulações sobre um possível plano "b" caso Lula seja barrado pela Justiça. Logo no início da reunião a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), fez um esclarecimento. "Só para deixar claro, não estamos discutindo alternativas. Nosso candidato é Lula e não temos plano 'b'". A declaração foi recebida com aplausos da plateia na qual estava o próprio Lula.

De acordo com o advogado paranaense Luiz Fernando Pereira, autor de um parecer que aponta grandes chances de Lula ser candidato, seja qual for a decisão do TRF-4, o prazo para uma decisão final sobre o registro de Lula é de no mínimo 25 dias contados a partir do dia 15 de agosto, e o limite para troca de candidatos é de 20 dias antes da eleição. "Isso não é bom para a democracia. O ideal seria que a campanha tivesse início com os registros já definidos, mas são as regras que estão dadas", assegura advogado.

2018: Aécio disputará eleições para Senado ou o Governo de Minas

Decisão virá depois que o senador tucano, que está afastado do cargo, conversar com as 
forças políticas que o apoiam. Aécio: “Senado é o caminho natural”. (JC Online).

O senador afastado Aécio Neves, do PSDB, admitiu, nesta sexta-feira (15), que irá disputar as eleições de 2018 para o Senado ou para o governado de Minas Gerais. O senador assegura que só depois de conversar com as forças políticas que o apoiam é que vai ser definido. Ele não definiu data para esse anúncio. “Mas o Senado é o caminho natural”, disse ele, ao falar sobre o assunto à imprensa.

Aécio fez a declaração na manhã desta sexta-feira, na rádio Itatiaia, durante uma entrevista, na semana seguinte à perda do cargo de presidente nacional do PSB. O tucano está envolvido em vários escândalos de corrupção no país, mas afirma que não teme qualquer condenação nos nove inquéritos contra ele no Supremo Tribunal Federal (STF). Ele afirma que não pesa contra ele nenhuma conduta ilícita.

"Dizem respeito (inquéritos), sem exceção, a financiamentos de campanhas eleitorais. Há uma coisa em comum em relação àqueles que fazem referência ao meu nome: todos dizem que em relação ao senador e ao governador Aécio nunca houve  contrapartida  e favorecimento a quem quer que fosse e eles deram ajuda  em minhas campanhas eleitorais porque acreditavam no nosso projeto", afirma Aécio.

Neves, foi afastado do mandato por ordem do ministro Edson Fachin, do STF, em maio deste ano, por causa do caso do empresário Joesley Batista, que está preso com o irmão Wesley, desde setembro deste ano.  Aécio foi flagrado em escuta telefônica pedindo R$ 2 milhões a Joesley, mas afirma que o valor não se trata de dinheiro público, mas um empréstimo privado. Os irmãos Batista, proprietários da JBS, obtiveram benefícios de informações que tinham relação com o acordo de colaboração premiada firmado com a Procuradoria-Geral da República. De acordo com informações da Polícia Federal Brasileira (PF), os irmãos queriam obter lucro no mercado financeiro.

Rede Sustentabilidade desembarca do governo de Paulo Câmara

A partir de agora, de acordo com informações vindas da capital pernambucana, Partido fundado pela 
ex-senadora Marina Silva assume posição de independência. (Mariana Araújo / JC Online).

A Rede Sustentabilidade anunciou, ontem, sábado, 16 de dezembro, que desembarcará do governo de Paulo Câmara (PSB). A entrega dos cargos ocorrerá até o final do mês, informou a legenda. A decisão foi tomada em conferência estadual realizada também neste sábado (16). O secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Estado, Sérgio Xavier, anunciou o seu afastamento das atividades partidárias. "Resolvemos que teremos candidatura própria aos cargos majoritários em 2018. Por isso, vamos entregar os cargos até o final do ano, para fazer uma transição sem problemas e com transparência", disse Roberto Leandro, um dos representantes e o partido no Estado.

Entre os nomes cotados para a chapa majoritária, estão o do ex-prefeito de Petrolina, Julio Lossio, que deve deixar o PMDB e está em conversas avançadas com a Rede, o ex-superintendente do Ibama, João Arnaldo, o ex-deputado estadual Roberto Leandro e cantor gospel Jairinho. As candidaturas terão como objetivo fortalecer a candidatura à Presidência da República de Marina Silva. "Vamos continuar dialogando com o Partido Socialista Brasileiro, e outros partidos do campo democrático, além de movimentos da sociedade para fortalecer a candidatura de Marina Silva", acrescentou Roberto Leandro.

Na conferência, realizada na capital, ontem, a Rede também escolheu os seus novos porta-vozes, função equivalente à presidência: Clécio Araújo e Milena Reis.