segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Grupo das oposições lança movimento para mudar Pernambuco

Sugestões apresentadas pelo coletivo na noite desta segunda, durante ato político, em Recife, servirão de
base para que possa ser apresentado à sociedade, alternativas à atual gestão. (Fotos: Edmar Melo).

As principais lideranças de oposição no estado lançaram, nesta segunda (11), o movimento “Pernambuco Quer Mudar”. O ato reuniu quase duas mil pessoas numa casa de recepções no Recife Antigo. À frente do evento os senadores Armando Monteiro (PTB) e Fernando Bezerra Coelho (PMDB), os ministros Fernando Filho (sem partido) e Mendonça Filho (DEM), o deputado federal Bruno Araújo (PSDB) e os ex-governadores Joaquim Francisco e João Lyra Neto (PSDB), entre outros líderes. Essa agenda foi a primeira de uma série que será realizada nos próximos meses. A proposta é percorrer todas as regiões do Estado, já a partir de janeiro, iniciando por Petrolina, no Sertão. O objetivo é ouvir as pessoas e recolher propostas que possam compor uma futura plataforma de trabalho.

As sugestões recolhidas servirão de base para que o movimento possa apresentar à sociedade alternativas à atual gestão, contemplando ações que reestruturem a economia, a segurança pública, a saúde, infraestrutura, entre outras áreas, garantindo ao poder público a capacidade de transformar a vida das pessoas. O evento reuniu mais de 45 prefeitos, centenas de vereadores, além de deputados federais e estaduais, representantes de partidos políticos, militantes, profissionais liberais e sindicalistas. Todos reafirmaram o compromisso com a mudança de rumos em Pernambuco, que nos últimos três anos viu sua economia encolher, a criminalidade aumentar e hoje lidera a taxa de desemprego no Brasil.

“Temos um roteiro, temos a alternativa, temos homens testados nas lutas e nas urnas e que compreendem o quanto é necessário construir esperança nessa hora. Uma reunião desse tipo, com essa multiplicidade de lideranças mostra que estamos construindo uma engenharia de uma grande obra social e econômica. Estamos aqui porque temos crença de que Pernambuco precisa mudar e vai mudar", afirmou o ex-governador Joaquim Francisco.
.

“O que estamos vendo aqui é que o nosso Estado de Pernambuco quer mudar. Não estamos vivenciando nenhuma convenção, não estamos anunciando nenhum candidato, mas nunca houve na história de Pernambuco o início de um movimento político com tantas lideranças. Isso significa que todas as regiões do estado vão nos unir para colocar Pernambuco no seu devido lugar, para fazer o estado restabelecer sua liderança nacional”, frisou para o público presente, o ex-governador João Lyra Neto.

Deputado federal pernambucano em seu terceiro mandato, e atual ministro de Minas e Energia do Governo Federal Brasileiro, Fernando Coelho Filho destacou a perda de competitividade do estado nos últimos três anos, quando Pernambuco investiu menos que Bahia e Ceará. “Nós temos agora é que construir o daqui pra frente, de forma diferente. Não temos medo do debate, não temos medo de defender as ideais em que acreditamos”, disse.

Para o deputado federal e ex-ministro das Cidades Bruno Araújo, esse é um dos movimentos mais consistentes, expressivos e fortes da história de Pernambuco. “Encerrou um ciclo. Pernambuco parou nos últimos três anos. Não que não tenha crise, mas a crise precisa ser enfrentada com coragem. O pernambucano é firme e não se acomoda nas situações difíceis. Vamos andar todo o estado e apresentar um novo projeto”.
.

Com 35 anos de vida pública, o senador Fernando Bezerra Coelho destacou, durante o evento desta segunda-feira, a força das oposições em Pernambuco e afirmou que o próximo governador deverá sair deste campo político. “Eu vejo aqui e sinto no meu coração o sentimento das ruas, que vem do nosso povo. Pernambuco quer e vai mudar. Vamos virar a página de um ciclo político que já se esgotou", destacou Bezerra Coelho.

O ministro da Educação Mendonça Filho reforçou a necessidade de mudar, diante de um governo que frustrou a maioria dos pernambucanos. Ele acrescentou que a definição da chapa irá ocorrer no momento oportuno. “Não nos reunimos para definir quem será o candidato a governador ou senador, mas para dizer que percebemos o sentimento do povo pernambucano. Sentimento de basta à incompetência, à arrogância e à omissão. Pernambuco precisa construir um novo rumo”.

Encerrando o ato, o senador Armando Monteiro convocou todas lideranças e forças políticas do estado a construir um projeto que recoloque Pernambuco no caminho do crescimento. “Vivemos tempos de mediocridade no estado, de um experimento que não deu certo. Convoco a todos para que, juntos, possamos construir um novo projeto. Esse é um projeto que está aberto para todas as forças que têm compromisso com Pernambuco. Quem quiser, vai ser muito bem recebido”, concluiu.
.

PE terá Centro de Distribuição e Comércio Eletrônico da Saraiva

Nesta segunda, Governador assinou protocolo de intenções para a implantação de um CD da empresa 
no Cabo de Santo Agostinho, que distribuirá mercadorias para todo o País. (Fotos: Hélia Scheppa).

A partir do próximo ano, o Estado de Pernambuco passará a contar com um Centro de Distribuição (CD) de mercadorias para lojas físicas e serviços de e-commerce (comércio eletrônico) do Grupo Saraiva & Siciliano. O anúncio oficial, foi feito pelo governador Paulo Câmara, nesta segunda-feira (11), na capital, Recife, no Palácio do Campo das Princesas, durante a assinatura do protocolo de intenções que formaliza a parceria com a empresa.

O espaço, de acordo com o Governo do Estado, será implantado no município do Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife, e dará início às operações logísticas ainda no primeiro bimestre de 2018. A empresa investirá R$ 2 milhões para a instalação do empreendimento no Estado, gerando 60 empregos na região.

"A gente fica muito feliz em finalizar um ano como 2017; de tantos desafios, e dar respostas que dialogam com o desenvolvimento do Estado, trazendo um grupo econômico que tem tanta tradição no Brasil, como o grupo Saraiva. A partir de agora, Pernambuco também tem o dever de dotar de condições logísticas, de infraestrutura e de todo o apoio necessário para que esse empreendimento seja um sucesso", ressaltou o governador.

A expectativa, informa a gestão executiva estadual, é de que seja realizado o e-commerce inicialmente com produtos de telefonia, de informática e jogos eletrônicos, com distribuição dessas mercadorias para todo o Brasil, além do abastecimento de suas lojas físicas nas regiões Norte e Nordeste. Atualmente, a distribuição das mercadorias é realizada a partir de dois CDs: Cajamar, localizada no Estado de São Paulo, e Salvador-BA, este último será desativado em 2018 por conta da transferência para Pernambuco.

O presidente da Saraiva & Siciliano, Jorge Saraiva Neto (foto abaixo assinando), explicou porque a empresa ter escolhido o Estado pernambucano para expandir seu setor logístico e de e-commerce. "Estamos crescendo no Estado. Abriremos a nossa quinta loja este ano, no Shopping Patteo, em Olinda. Em paralelo, acreditamos que Pernambuco seja o principal hub de distribuição do Nordeste. Então, junto com o Estado e com parceiros como a Azul, nós conseguimos encaixar uma maneira de distribuir produtos do e-commerce para todo o Brasil. Essa parceria foi muito importante para concretizar Pernambuco como o nosso centro logístico nacional de e-commerce", destacou.
.

Paulo Câmara promove oficial da PM por ato de extrema bravura

Promoção, ocorreu devido ao tenente-coronel Câmara Júnior ter conseguido enfrentar 
frustrar sozinho, a ação criminosa de 5 bandidos armados. (Fotos: Hélia Scheppa).

O governador Paulo Câmara assinou, na manhã desta segunda-feira (11), no Palácio do Campo das Princesas, um ato de promoção por bravura em homenagem ao tenente-coronel Câmara Júnior. O policial militar, em julho deste ano, atuou contra a ação de criminosos durante a realização de uma reunião espírita, no bairro de Piedade. Na ocasião, Câmara Júnior, enfrentou bandidos armados que tomaram de assalto o Grupo Espírita Amor ao Próximo (Geap), impediu a continuidade do assalto e salvou a população do local.

Para o atual secretário de Defesa Social do Governo do Estado de Pernambuco, o Delegado Federal, Antônio de Pádua, o exemplo de bravura por parte do tenente-coronel é um exemplo não só para a polícia, mas para todo o Estado. “Câmara Júnior atuou com muita certeza e tranquilidade no evento que comoveu Pernambuco em julho de 2017. Realmente é um exemplo para os outros policiais, para a corporação e para Pernambuco ter uma pessoa tão preparada hoje comandando o BOPE. Só tenho elogios e tenho a certeza de que foi muito merecida essa promoção do tenente-coronel Câmara Júnior”, ressaltou.

O policial militar falou sobre a felicidade em receber a homenagem por parte do Governo de Pernambuco. “Esse momento para mim é de agradecer mais uma vez a Deus, de agradecer esse reconhecimento feito pelos homens, e dizer que desde que nós colocamos essa farda de policial militar, nós abraçamos a causa em defesa da sociedade, mesmo com risco da própria vida”, frisou Câmara Júnior. “Fui pego de surpresa, não sabia que ia acontecer isso. Nunca tinha entrado aqui, no gabinete do governador, e para mim foi muito especial. Espero honrar mais ainda essa farda, essa estrela a mais que está chegando e continuar trabalhando para o bem da população”, finalizou.

O comandante-geral da Polícia Militar de Pernambuco, coronel Vanildo Maranhão, destacou que a honraria de uma promoção por bravura só é dada a policiais que exercem uma ação além do dever. “Foi uma situação de extrema dificuldade em que o tenente-coronel Câmara Júnior agiu além do dever. Sozinho, contra cinco elementos armados, no meio de um ambiente confinado com várias pessoas feridas. Então, é uma ação extraordinária. Ele foi submetido a um processo de avaliação, nós investigamos toda essa ocorrência e, por unanimidade, a Comissão de Promoção de Oficiais decidiu homenageá-lo com a promoção por bravura”, assegurou.
.

Governador paga 13º salário já na próxima sexta-feira, dia 15

Em uma semana, Governo do Estado de Pernambuco vai colocar no mercado, 
cerca de R$ 1,7 bilhões de reais para movimentar a economia. (Foto: Roberto Pereira/SEI)

Depois de muita especulação, além de um grande número de falasas notícias distribuídas em grupos de relacionamento, o governador Paulo Câmara anunciou hoje, 11 de dezembro, pela manhã, que o 13º salário dos servidores públicos estaduais será pago na próxima sexta-feira, dia 15. Com isso, em apenas uma semana, o Governo de Pernambuco estará injetando R$ 1,7 bilhão na economia estadual - R$ 850 milhões dos salários de novembro, pagos na semana passada, e mais R$ 850 milhões do 13º.

Ao falar hoje pela manhã na sede do Governo do Estado de Pernambuco, o Palácio do Campo das Princesas, o Governador reforçou o compromisso de sua gestão, com os servidores e ainda assegurou que o executivo estadual trabalha com planejamento. "Apesar das dificuldades do cenário econômico brasileiro, o Governo de Pernambuco tem se planejado para cumprir suas responsabilidades com os nossos servidores. É um reforço que damos também à nossa economia nesse final de ano", avaliou o governador.

De acordo com informações oficiais do Governo do Estado de Pernambuco, 90 mil servidores, dentre inativos e mais 131 mil ativos serão alcançados com o a decisão tomada hoje pelo chefe do Executivo Estadual.