segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Prefeitura e outras repartições não funcionam no “15 de novembro”

Neste dia, em 1889, o Marechal Deodoro da Fonseca, militar e político brasileiro, proclamou 
República Brasileira, derrubando a monarquia parlamentarista do Império do Brasil. (Secom / PMG).

Nota Informativa - A Prefeitura de Garanhuns informa que não haverá expediente na próxima quarta-feira (15), data em que é comemorada a Proclamação da República. Durante o feriado nacional não haverá aula na rede municipal, nem atendimento nos prédios públicos. Serviços de SAMU e limpeza urbana funcionam normalmente. O Parque Ruber Van der Linden funcionará das 6h às 17h30 e o Parque Euclides Dourado das 5h às 19h. Na quinta-feira (16), toda a gestão municipal funcionará no horário habitual.

DATA - Foi neste dia, no ano de 1889, ou seja, a 128 anos, que o Marechal Deodoro da Fonseca, militar e político brasileiro, proclamou a República Brasileira, derrubando a monarquia constitucional parlamentarista do Império do Brasil e pondo fim à soberania de Dom Pedro II. A proclamação aconteceu na Praça da Aclamação, atual Praça da República, na cidade do Rio de Janeiro que, na época, era a capital do Brasil. No mesmo dia foi instituído um governo provisório, que tinha o Marechal Deodoro como presidente e o Marechal Floriano Peixoto como vice.​ Atualmente, o dia 15 de novembro é feriado nacional.

Garanhuns vai sediar Iª Corrida Noturna no mês de dezembro

A Garanhuns Night Run conta com a direção técnica da Federação Pernambucana de Atletismo e 
tem o objetivo de desenvolver e difundir a prática saudável da atividade física. (Secom / PMG).

A Garanhuns Night Run, marcada para o sábado, 02 de dezembro é uma realização da empresa FMX Sports, em parceria com o Governo Municipal de Garanhuns, através das secretarias de Saúde e de Juventude, Esportes e Lazer, além da Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT).

A Garanhuns Night Run conta com a direção técnica da Federação Pernambucana de Atletismo e tem o objetivo de desenvolver e difundir a prática saudável da atividade física, por meio da corrida de rua, proporcionando a saúde e bem-estar através do esporte. A prova será disputada nas distâncias de 5km corrida; 3km caminhada e 300 metros de Corrida Kids, exclusiva para crianças com idades entre 3 e 12 anos.

As inscrições, que custam R$ 50, mais 1 kg de alimento não perecível (alimento será entregue na retirada do kit) seguem abertas e estão sendo realizadas através do site: www.fmxsports.com.br. Idosos e Crianças, de 3 a 12 anos, que competirão na categoria Kids tem desconto de 50% no valor da inscrição. Os kits, compostos por camisa 100% poliamida, medalha personalizada, chip de cronometragem e número de peito, serão entregues na Duo Academia nos dias 01 (14h às 20h) e 02 de dezembro (8h às 15h).

Para retirada do kit será necessário apresentar: documento de identidade, comprovante de inscrição e a entrega do alimento não perecível. Os alimentos arrecadados serão entregues a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, para que sejam distribuídos junto a famílias carentes do município.

A largada/chegada e premiação da Garanhuns Night Run acontecerá em frente ao Parque Euclides Dourado. O evento cuja largada acontece às 19h30 (prova de 5km), conta com o apoio da Unopar Garanhuns; 9º BPM e 71º BI Mtz, além de patrocinadores.
.

Sebrae local inscreve para oficinas de vendas, compras e preço

Oportunidades gratuitas são oferecidas pelo Sebrae, em Garanhuns, e
acontecem de 20 a 22 de novembro. (Dupla Comunicação).

Estão abertas as inscrições para as oficinas Sebrae Microempreendedor Individual (SEI) nas áreas de Vendas, Compras e Formação de Preço. As oficinas acontecerão em Garanhuns, entre os dias 20 e 22 de novembro, e são totalmente gratuitas.  O objetivo da iniciativa é repassar técnicas com especialistas para que os empresários da cidade tornem seu negócio lucrativo. As inscrições são gratuitas e estão abertas.

No dia 20 de novembro, ocorre a oficina Sei Vender, que vai trabalhar os conceitos de mercado e elementos do marketing para potencializar a capacidade de crescimento e expansão. Já no dia 21 de novembro, os inscritos terão a oportunidade de conhecer mais sobre técnicas de compras, na oficina Sei Comprar, que abordará os elementos essenciais da compra com qualidade adequada, preços e prazos de pagamento favoráveis para atender os clientes e aumentas os lucros.

Encerrando a série de oficinas, no dia 22, o público vai ter uma visão clara dos efeitos de uma correta formulação do preço de venda e sua influência na obtenção do equilíbrio do negócio e na geração de lucro, na oficina Sei Formar Preço. A ação conta com o apoio da Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE).

As inscrições devem ser feitas pelo site loja.pe.sebrae.com.br ou presencialmente, na sede da Unidade do Sebrae, na avenida Rui Barbosa, nº 671, 1º andar, bairro Heliópolis; e na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, localizada na rua Treze de Maio, S/N, centro da cidade. Outras informações nos telefones: 0800 570 0800 ou (87) 2101 8900.

Aécio diz que candidatura de Huck significaria "falência da política"

Senador ainda defende “que é preciso conhecer o que ele (Luciano) pensa sobre 
as mais variadas questões que demandam a posição de um homem público". (Folhapress).

Depois de posar em fotos ao lado do apresentador de TV Luciano Huck durante a campanha presidencial de 2014, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) disse neste fim de semana que uma eventual candidatura de Huck à presidência da República representaria a "falência da política". A declaração foi dada no sábado (11), quando o tucano participou da convenção estadual tucana em Minas Gerais. "Acho que é um pouco da falência da política, é um pouco do momento de desgaste generalizado pelo qual passa a política.

O Luciano é um sujeito muito capaz, inteligente, mas agora é preciso conhecer o que ele pensa sobre as mais variadas questões que demandam a posição de um homem público. O tempo é que vai dizer se ele está ou não preparado para esta missão", disse o senador ao ser questionado sobre como via a candidatura do apresentador de TV.

Aécio já vinha fazendo queixas nos bastidores sobre uma eventual participação de Huck na disputa pelo Palácio do Planalto. Embora os dois tenham um histórico de amizade, incomodou o tucano o fato de o apresentador ter apagado de suas contas das redes sociais fotos em que os dois apareciam juntos. Em reserva, o Senador Mineiro pelo PSDB, disse a aliados, que ficou chateado com a postura de Huck.

Em algumas conversas reservadas, Aécio fez avaliações de que, apesar da popularidade, o apresentador teria dificuldades por não conhecer bem o funcionamento da política. As fotos foram apagadas depois de Aécio se tornar alvo da delação do grupo JBS. Em maio, veio à público uma gravação em que o senador pedia R$ 2 milhões ao empresário e delator Joesley Batista, dono da JBS/Friboi, controlado pela Holding JEF.

O líder tucano foi denunciado pelo Ministério Público sob a acusação da prática dos crimes de corrupção passiva e obstrução da Justiça. O congressista nega ter cometido os delitos apontados pela Procuradoria.

Fundo eleitoral retira R$ 70 milhões de reais de verbas da Saúde

Valor do fundo poderá aumentar caso não haja contribuições vindas das verbas
parlamentares de congressistas de outros estados. (Estadão Conteúdo).

O fundo eleitoral de R$ 1,75 bilhão aprovado pelo Congresso Nacional em outubro para custear campanhas com dinheiro público vai reduzir a aplicação de verbas na saúde, diferentemente do que os parlamentares prometeram quando propuseram o novo gasto. O modelo passou como uma alternativa à proibição das doações eleitorais por empresas.

A destinação de parte das emendas parlamentares ao Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC) pode retirar, em cálculos conservadores, R$ 70,3 milhões de reais originalmente destinados a despesas com o setor de saúde, segundo levantamento feito pelo jornal 'O Estado de S. Paulo'. O valor não foi considerado na manifestação da Advocacia-Geral da União (AGU) assinada pelo presidente Michel Temer (PMDB), e enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF), na última quinta-feira, dia 9 de novembro, em uma ação que questiona o fundo. No documento, o órgão afirma que investimentos do governo em áreas sociais, como a saúde, não serão prejudicados.

Com a verba destinada para as eleições, o orçamento de 2018 do Fundo Nacional de Saúde (FNS) perderá verbas que haviam sido previstas, no mês passado, por senadores e deputados de pelo menos três Estados: Ceará, Paraíba e Santa Catarina. O corte na saúde pode aumentar, a depender de como os parlamentares dos demais Estados vão decidir sacrificar suas emendas para dar a contribuição obrigatória às campanhas. A definição será feita nas próximas semanas na Comissão Mista de Orçamento (CMO).

O fundo eleitoral será composto de R$ 1,3 bilhão em emendas coletivas impositivas somado aos R$ 450 milhões advindos do fim da compensação fiscal para TVs na exibição de propaganda partidária. Dessa forma, cada uma das 27 bancadas estaduais vai retirar R$ 48,7 milhões do valor originalmente destinado em emendas ao Orçamento que haviam sido assinadas por deputados e senadores e cuja execução pelo governo era obrigatória. Antes da lei, cada uma delas dispunha de um total de R$ 162,4 milhões. Agora, 30% desse valor será destinado às campanhas eleitorais.

Em Brasília: Bruno Araújo entrega primeiro Cartão Reforma

Programa, visa a melhorar as condições de vida de famílias com renda mensal 
de até R$ 2.811, por meio da reforma, ampliação ou conclusão das moradias. (JC Online).

Três entre os 150 primeiros beneficiários do programa Cartão Reforma participarão de cerimônia simbólica de lançamento do programa nesta segunda-feira (13), às 16h, no Palácio do Planalto, com o presidente Michel Temer (PMDB). Luiz Santos da Silva, Maria do Socorro da Silva Rosado e Valéria Ana da Silva representarão os moradores do bairro de São João da Escócia, em Caruaru, Pernambuco, local onde foi executada a fase piloto do Cartão Reforma. Cada família receberá em média R$ 6 mil. 

Na cerimônia, o Ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), assina portaria que levará o Cartão Reforma aos municípios em situação de calamidade pública atingidos por chuvas dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Alagoas e Pernambuco. Outros 1.923 municípios estarão aptos em breve para ingressar no programa, por meio do Sistema de Gestão do Cartão Reforma. 

Cartão Reforma - O programa visa a melhorar as condições de vida de famílias com renda mensal de até R$ 2.811, por meio da reforma, ampliação ou conclusão das moradias, sem necessidade de devolução posterior do valor.

Mendonça classifica Enem 2017 como um dos mais tranquilos

Índice de candidatos que faltaram à segunda prova Enem 2017, foi de 32%. Mendonça: 
“Não vejo isso como uma grande novidade”. (Br / Foto: Elza Fiuza/Agência Brasil)

Durante coletiva de imprensa para apresentação o balanço do Enem 2017 neste domingo (12), o ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM), classificou esta edição como a mais tranquila aplicação do Enem nos últimos anos, com pouquíssimas ocorrências. Na avaliação dele, o índice de abstenção está dentro da média.

“Historicamente, o primeiro dia tem menos abstenção do que o segundo dia. É um dado que repete um comportamento padrão em exames anteriores. Não vejo isso como uma grande novidade”, disse. Ele lembrou que, a partir deste ano, o participante isento do pagamento da taxa de inscrição do Enem que não compareceu às provas e não justificar a ausência perderá o direito a nova isenção no ano que vem.

#enem2017 foi o mais seguro dos últimos anos. Fundamental a parceria com a Polícia Federal, as policias estaduais e órgãos de segurança. — Mendonça Filho (@mendoncafilho) 12 de novembro de 2017. O ministro anunciou ainda que, em 2018, a inscrição no Enem será gratuita para todos os candidatos que forem aprovados no Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), que será aplicado no próximo domingo, dia 19 de novembro.

Balanço - O índice de candidatos que faltaram à segunda prova do Enem 2017, ontem (12), foi de 32%. Cerca de 2,15 milhões de inscritos não compareceram às provas aplicadas neste domingo. Os candidatos responderam hoje questões de matemática e ciências da natureza (química, física e biologia). No domingo passado (5) foram aplicadas as provas de redação, linguagens e ciências humanas.

No primeiro dia de prova, foi registrada uma abstenção de 29,8%, com cerca de 2 milhões de candidatos faltosos. No ano passado, a abstenção média nos dois dias de Enem foi de 29,19%. Neste ano, um total de 853 candidatos foram eliminados do Enem nos dois dias de prova, sendo 273 no primeiro dia e 580 no segundo dia. A maioria foi eliminada por descumprimento de regras do edital (842), nove por terem sido identificadas irregularidades nos detectores de metais e dois por recusa do dado biométrico.