sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Avanço: Curso de Arquitetura e Urbanismo já é realidade na AESGA

Tão esperado Curso chega à Garanhuns como o primeiro bacharelado na área do Agreste 
Meridional Pernambucano, com foco na formação de profissionais generalistas. (Ascom / Aesga).

A Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns – AESGA agora dispõe de um novo curso superior. O Curso de Arquitetura e Urbanismo da Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas e Humanas de Garanhuns – FAHUG foi autorizado pelo Conselho Estadual de Educação de Pernambuco – CEE/PE, através do Parecer 119/2017, ainda durante a tarde da última segunda-feira, dia 6 de novembro.

O tão esperado Curso chega à Garanhuns como o primeiro bacharelado na área do Agreste Meridional Pernambucano, com foco na formação de profissionais generalistas, conscientes de suas competências e habilidades para fins de atuação com registro de responsabilidade técnica, sendo capaz de traduzir as necessidades de indivíduos, grupos sociais e comunidade em relação à concepção, organização e construção do espaço interior e exterior, abrangendo o urbanismo, a edificação e o paisagismo.

De acordo com informações do Coordenador, professor Marcílio Reinaux Maia, o arquiteto e urbanista está habilitado a atuar em diversas áreas relativas ao planejamento e execução de edificações, paisagismo e urbanismo, conforme estabelece a Lei Nº 12.378, de 31 de dezembro de 2010. Diferente dos demais cursos da AESGA, Arquitetura e Urbanismo será ofertado no turno matutino, com aulas de segunda a sábado. O Curso tem duração de 5 anos e já está inserido nesta Edição do Vestibular, para o qual estão disponíveis 50 vagas.  

As inscrições para o Processo Seletivo 2018.1 da Autarquia, realizadas por meio do site www.cespa.aesga.edu.br, seguem abertas até o dia 26 de novembro. A Prova do Vestibular acontecerá no dia 3 de dezembro. Assim como o Manual do Aluno, o Calendário e todas as normas para participação no Processo Seletivo da Autarquia, bem como os editais também estão disponíveis no site do CESPA.

Garanhuns: Pólo Heliópolis é interditado devido “A Magia do Natal”

Ação visa, sobretudo, a comodidade e segurança dos pedestres, visto que
o local possui apenas 19 vagas de estacionamento. (Secom / PMG).

A Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT) informa que desde a noite desta quinta-feira (09), a área do Polo Heliópolis está interditada para circulação de veículos. A proposta é que o espaço, conhecido e utilizado como ponto de convivência e também como polo gastronômico, se torne ainda mais atrativo durante o período de realização do evento “A Magia do Natal”, que se inicia hoje, sexta-feira (10) e segue com programação até o dia 31 de dezembro.

O esquema de trânsito, montado especialmente para o período de festividades de final de ano, foi pensado após reuniões da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) com empresários, levando em consideração a solicitação de moradores e donos de estabelecimentos comerciais do local, que aumentam o faturamento durante o Natal, com a presença do maior número de turistas que visitam Garanhuns.

A ação visa, sobretudo, a comodidade e segurança dos pedestres, visto que o local possui apenas 19 vagas de estacionamento e, com o aumento do movimento, muitos condutores estacionavam em fila dupla ou em cima das calçadas, prejudicando a passagem das pessoas e causando transtornos ao fluxo de trânsito. Todos os moradores da via estarão devidamente autorizados e terão acesso, pela avenida Júlio Brasileiro, a um determino trecho do Polo para guardar seus veículos num estacionamento rotativo, previamente definido em conjunto com os mesmos.

Encontro vai debater Transporte Escolar na região de Garanhuns

Objetivo da discussão, é treinar membros e servidores do Ministério Público de 
Pernambuco para as rotinas de inspeção e autorização do serviço de TPE.

No próximo 28 de novembro, no auditório da Sede da Promotorias de Justiça de Garanhuns, será realizado o Encontro sobre Transporte Público Escolar (TPE), que contemplará os municípios de Águas Belas, Angelim, Bom Conselho, Terezinha, Brejão, Caetés, Calçado, Canhotinho, Capoeiras, Correntes, Garanhuns, Iati, Itaíba, Jupi, Jucati, Jurema, Lagoa do Ouro, Lajedo, Palmeirina, Saloá, Paranatama e São João. O objetivo é treinar membros e servidores do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) para as rotinas de inspeção e autorização do serviço de TPE.

Com a medida, atende-se o Termo de Acordo Operacional firmado com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PE), Departamento de Estradas e Rodagem (DER) e Polícia Militar de Pernambuco (PMPE), além de sensibilizar para efetivação do serviço de fiscalização de prestação do serviço de transporte público escolar, contribuindo assim para o aprimoramento dos mecanismos de responsabilização do poder público pela prestação do Transporte Público Escolar, e sistematizar os serviços de vistoria, autorização e fiscalização do serviço do TPE. no Agreste Meridional; Região de Garanhuns.

O público-alvo são promotores de Justiça, servidores do Ministério Público de Pernambuco, funcionário do Detran, secretários de Educação dos municípios, coordenadores das Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans), representantes das Câmaras de Vereadores e Comandos dos Batalhões Municipais.

Regina abre Conferência Intermunicipal na cidade de Arcoverde

Iª Conferência Intermunicipal de Educação do Sertão do Moxotó, ocorreu durante toda a quarta-feira 
(8), e teve como tema: “Educação e Cidadania: O Conhecimento e a Garantia do Direito”.

A prefeita de Itaíba, Regina Cunha (PTB), abriu na manhã da última quarta-feira (8), em Arcoverde, a I Conferência Intermunicipal de Educação do Sertão do Moxotó, realizada no auditório da Autarquia de Ensino Superior de Arcoverde – AESA, e que contou com as presenças dos prefeitos de Ibimirim (Adauto Bodegão), Buíque (Arquimedes Valença), Custódia (Emanuel Fernandes – Manuca), entre outros.

Em sua fala, a prefeita destacou a importância da Educação para o crescimento das cidades e o desenvolvimento, mas também lembrou das dificuldades que as prefeituras estão passando com o corte de recursos e assumindo compromissos cada vez maiores, tanto na Educação, aonde o piso dos professores subiu 142% enquanto que o Fundeb teve aumento de apenas 95%, como em outros setores.

Apesar disso, a prefeita de Itaíba vem cumprindo a risca a lei, pagando o novo piso dos professores, investindo no transporte escolar que passou de 32 ônibus para 58 veículos transportando os alunos da rede municipal de ensino, na melhoria e garantia da merenda escolar para todas as escolas.

A Conferência teve como tema “Educação e Cidadania: O Conhecimento e a Garantia do Direito” e se estendeu durante todo o dia com as equipes das secretarias de educação dos municípios que integram a GRE do Moxotó.  Na programação: palestras, estudos e discussões por eixo temático, construção de propostas e eleição dos delegados para a conferência estadual.

Além da prefeita, Itaíba levou uma comitiva da Secretaria de Educação, coordenada pelo Secretário Júnior Cézar (articulador da Undime no Serão do Moxotó/Ipanema) que participou da Conferência até o final discutindo soluções para a o ensino público.

PF faz operação contra fraudes em recursos para enchentes em PE

De acordo com a apuração dos policiais, até R$ 450 milhões, que foram depositados pela União, 
na "Operação Reconstrução", podem ter sido desviados. (JC Online / Foto Luiz Pessoa).

A Polícia Federal (PF) em Pernambuco realizou ontem (9), uma megaoperação para desarticular um esquema de corrupção envolvendo servidores públicos do governo Estadual. De acordo com os investigadores, verba pública destinada para a reconstrução de cidades arrasadas por fortes chuvas no Estado foi desviada por criminosos. Viaturas da corporação foram vistas em prédios públicos como na sede do executivo estadual, o Palácio do Campo das Princesas, e da Vice-Governadoria. A Casa Militar é o principal alvo dos agentes. Quinze mandados de prisão temporária foram expedidos pela Justiça.

A movimentação começou logo no início da manhã. Na Operação denominada de "Torrentes", os agentes investigam crimes de desvio de recursos públicos, fraudes em licitações e corrupção de funcionários públicos. A Secretaria da Casa Militar é o principal alvo da Polícia Federal que começou as investigações em 2016.

De acordo com a apuração dos policiais, até R$ 450 milhões, que foram depositados pela União, na "Operação Reconstrução", para a assistência de vítimas das enchentes de junho de 2010 na Mata Sul de Pernambuco, podem ter sido desviados. Há suspeita, ainda, de que dinheiro liberado para vítimas de enchentes das chuvas de maio deste ano, na "Operação Prontidão" também foram desviados.

Para o Palácio do Campo das Princesas, no bairro de Santo Antônio, foi designada uma equipe do Comando de Operações Táticas (Coti), considerada a elite da Polícia Federal. Segundo as investigações, os funcionários da Casa Militar direcionavam contratos de licitação para grupos de empresários, em troca de propina. A investigação começou depois de um relatório da Controladoria-Geral da União (CGU), que acompanha a operação desta quinta-feira. De acordo com a Controladoria Geral da União (CGU), há ainda indícios de superfaturamento e inexecução de contratos. 

Outros pontos da operação - Além da sede do governo estadual, mandados também foram cumpridos no prédio da Vice-Governadoria, no bairro de Santo Amaro. Policiais federais também cumprem mandados em um edifício no bairro das Graças. Veículos caracterizados da PF também foram vistos nos bairros da Torre e da Iputinga, na Zona Oeste do Recife. O bairro de Casa Caiada, em Olinda, na Região Metropolitana da grande Recife, também recebeu equipes da Polícia Federal (PF).

Senado votará propostas de Armando para melhorar a economia

Monteiro: “A reforma microeconômica deve merecer do governo federal uma atenção maior. 
Reconheço tratar-se de uma agenda multifacetada, de ganhos incrementais.” (José Acioly / Assessoria).

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), informou, nesta quinta-feira (9), que dedicará uma semana, em dezembro, à votação em plenário das reformas que aumentem a produtividade da economia e estabeleçam um ambiente favorável aos negócios, com empréstimos mais baratos, menos burocracia e maior segurança jurídica. As sugestões das reformas serão apresentadas pelo senador Armando Monteiro, do PTB pernambucano, na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

A decisão foi comunicada em resposta a discurso no qual Armando anunciou hoje que, como coordenador do grupo de trabalho da CAE que analisa as propostas, apresentará seu relatório no próximo dia 28. O relatório do senador pernambucano, que promoveu quatro audiências públicas na CAE para debater as chamadas reformas microeconômicas, irá propor medidas que diminuam as taxas de juros e a tributação das exportações e dos investimentos, simplifiquem o recolhimento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias (ICMS) e ampliem o acesso ao crédito, entre várias outras iniciativas.

Um dos principais objetivos do grupo de trabalho coordenado por Armando é acelerar a tramitação de propostas que tratam destes temas, como os projetos de lei que atualizam a lei de falências e de exploração do gás natural, criam o Código de Defesa do Contribuinte e simplificam o licenciamento ambiental. As alterações no Cadastro Positivo, que lista os bons pagadores, das quais foi relator, já foram aprovadas no Senado Federal Brasileiro, e agora, estão sob exame da Câmara dos Deputados, presidida por Rodrigo Maia, do Dem.

Em pronunciamento no Senado, Armando destacou: “A reforma microeconômica deve merecer do governo federal uma atenção maior. Reconheço tratar-se de uma agenda multifacetada, de ganhos incrementais, que não atraem um grande evento no Palácio do Planalto. É fundamental, contudo, para melhorar o ambiente de negócios, permitindo, assim, que o Brasil obtenha ganhos de produtividade, sem os quais não haverá retomada do crescimento econômico de forma mais efetiva”.