sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Garanhuns: Luzia quer a Boa Vista no roteiro da “Magia do Natal”

Parlamentar solicitou, através de requerimento, na última quarta, que o Prefeito Izaías contemple, 
com decoração e atividades da “Magia do Natal”, as praças Dom Pedro II e São Sebastião.

Ele mudou de nome, é bem verdade, deixou de ser “Natal Luz”, e passa a ser a partir desse ano: “A Magia do Natal”. Apesar da mudança; a julgar pela expectativa, este ano, o evento natalino de Garanhuns deve ser ainda maior e mais hospitaleiro do que aquele vivenciado ano passado. Este ano, conforme anunciado pelo Prefeito Izaías, na quinta-feira (21), a Magia do Natal, acontecerá entre os dias 10 de novembro e 31 de dezembro.

O evento Natalino mais importante do interior de Pernambuco, criado a partir do primeiro ano de gestão do Prefeito Izaías, está consolidado, isso não se discute. O que se discute, e se busca agora, e em parte pela Vereadora Luzia Cordeiro, do PTB, é expandi-lo.

Para isso, na última quarta-feira (27), na Câmara de Vereadores, a parlamentar tornou público seu desejo - que diga-se de passagem, também é o de boa parte da população. A vereadora solicitou através de requerimento de sua autoria, que o Prefeito Izaías contemple, com decoração e atividades da “Magia do Natal”, as praças Dom Pedro II e São Sebastião, ambas, localizadas no bairro da Boa Vista.

A ideia de Cordeiro, é que durante o período natalino, a cidade se envolva ainda mais com o clima vivenciado nessa data: de amor, religiosidade e humanidade. Para a petebista, em um segundo aspecto, seu requerimento canaliza esforços para estimular ainda mais o comércio local. “O Natal de Garanhuns é um momento único. Só aqui ele acontece dessa forma. Trazê-lo para mais perto da Boa Vista, significa incorporar ainda mais esses sentimentos no bairro, sem falar na economia, que será acrecida com novas vendas naquela localidade”, assegura a vereadora.

Governador Paulo Câmara promove mudanças em seu secretariado

Chegada de Wellington Batista, que passará a conduzir, a Secretaria de Agricultura e Reforma
Agrária, motivou a mexida nas pastas do Governo. Batista foi indicado por José Queiroz, de Caruaru.

O governador Paulo Câmara empossou, nesta quinta-feira (28), no Palácio do Campo das Princesas, novos gestores de secretarias de Estado. Nilton Mota deixou a Agricultura e Reforma Agrária (SARA) para  conduzir a Casa Civil; Antonio Figueira, que estava à frente da pasta, assumiu a Chefia da Assessoria Especial do Governador, que antes era comandada por Zé Neto - que passou a coordenar a Executiva de Relações Institucionais da Casa Civil; e Wellington Batista entrou na gestão para administrar a SARA.

Durante a posse dos novos secretários, o Governador destacou que as mudanças são ajustes que dialogam com o compromisso do Governo de Pernambuco de sempre trabalhar para promover o melhor para a população.

O chefe do Executivo estadual registrou o bom trabalho realizado por Nilton Mota frente à pasta de Agricultura e Reforma Agrária e destacou que ele e José Neto encontrarão uma Casa Civil estruturada. Paulo acrescentou, ainda, que o trabalho na Casa Civil continuará, com a certeza de que será bem feito e realizado com tanta paciência como pelo antecessor, Antonio Figueira. Ao novo secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Wellington Batista, indicado por José Quiroz, do PDT, o chefe do Estadual deu as boas vindas e afirmou que o novo gestor verá uma equipe trabalhadora e solidária.
.

Ministro assegura R$ 11 milhões de reais para Adutora do Agreste

Garantia da remessa dos recursos para obra, foi dada por Helder Barbalho, ao 
Governador Paulo Câmara (PSB), na capital Federal, Brasília. (Foto: Humberto Pradera)

BRASÍLIA - O governador Paulo Câmara recebeu na última quarta-feira (27) a garantia do ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, de que vai liberar cerca R$ 11 milhões, na próxima semana, para as obras da Adutora do Agreste. Paulo e Helder também trataram das ações de reconstrução dos municípios pernambucanos afetadas pelas fortes chuvas do últimos meses de maio e junho.

O Ministério da Integração Nacional aguarda a aprovação de projeto de lei do Congresso Nacional que permitirá o repasse de mais R$ 58 milhões para as obras da Adutora. A proposta parlamentar tem previsão de ser votada na próxima semana. “Nossa expectativa, cumpridos esses repasses, é que a Adutora do Agreste possa ser inaugurada até o final deste ano. Essa é a principal obra do Estado, pois permitirá que a transposição do Rio São Francisco beneficie a região com maior deficit hídrico, que é o Agreste. Vamos beneficiar milhões de pernambucanos”, registrou o governador Paulo Câmara.

A reunião da quarta-feira contou com as presenças dos secretários Márcio Stefanni (Planejamento e Gestão) e Nilton Mota (Agricultura e Reforma Agrária), do deputado federal Fernando Monteiro, do presidente da Compesa, Roberto Tavares, do secretário nacional de Infraestrutura Hídrica, Antônio de Pádua, e do diretor do Departamento Estratégico do Ministério da Integração Nacional, Diogo Peres.

Recife: No Palácio, Regina cobra recuperação de estradas de Itaíba

Na viagem que fez a capital, Prefeita ainda cobrou a liberação de uma emenda para 
cidade de R$ 150 mil reais, proposta pelo deputado estadual Júlio Cavalcanti, que é do PTB.

Durante reunião com o Secretário da Casa Civil do Governo de Pernambuco, Antonio Figueira, semana passada, na capital pernambucana, Recife, a prefeita de Itaíba, Regina Cunha (PTB), levou uma pauta repleta de reivindicações, desde a melhoria da PE 270 que liga a cidade a Arcoverde a Águas Belas, a retomada da estrada de Negras, a estrada do Jirau, a construção de barragem, além da liberação de emendas para a saúde.

No encontro, acompanhada do consultor César Augusto e do Secretário de Finanças, Whebson Alves, a prefeita colocou os riscos que as pessoas que trafegavam diariamente pela PE 270 enfrentam devido a enorme quantidade de buracos. Além disso, a prefeita também reivindicou horas máquinas para a construção de uma grande barragem, assunto que foi tratado com o Secretário de Agricultura, Nilton Mota, que ontem, quinta-feira, 28 de setembro, assumiu o comando da Casa Civil do Governo de Pernambuco. 

Ainda com Figueira, Regina aproveitou para solicitar agilidade na liberação da emenda de R$ 150 mil reais, proposta pelo deputado estadual Júlio Cavalcanti (PTB), destinada a Itaíba, para a aquisição de duas novas ambulâncias. Também no encontro, Secretário da Casa Civil do Governo de Pernambuco, deu uma boa notícia a Regina: a licitação da escola técnica estadual que será erguida na cidade está em fase de homologação. Com isso, em breve, o Governo do Estado vai agendar a ordem de serviço na cidade de Itaíba.

Festa das Águas não ocorrerá por dívidas deixadas por Genivaldo

Em nota distribuída a imprensa, atual Prefeito Luiz Haroldo assegura que medida Cautelar 
do TCE que impede o evento, é decorrente de dívidas deixadas pela gestão passada.

Confira a nota, na íntegra:

A Prefeitura Municipal de Águas Belas comunica que o Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco expediu Medida Cautelar em 26 de Setembro de 2017, que ordena suspensão da contratação de artistas e trio elétrico para a realização da tradicional "Festa das Águas". A Prefeitura esclarece que, o pagamento da folha de pessoal e fornecedores da atual gestão (janeiro a setembro de 2017) está rigorosamente em dias, inclusive sendo creditado nesta sexta-feira, 29, o salário de setembro.

Entretanto, o município possui uma dívida de folha de pagamento dos meses de outubro, novembro, dezembro e décimo terceiro de 2016, portanto, referente à gestão 2016, no valor de  R$ 2.875.430,38 (dois milhões, oitocentos e setenta e cinco mil, quatrocentos e trinta reais e trinta e oito centavos); Possui ainda o município uma  divida de R$ 6.600.000,00 (Seis milhões e seiscentos mil reais) com Instituto de Previdência – IPREAB, referentes também à GESTÃO 2016.

Não obstante o atual prefeito ter assumido o pagamento parcelado dessas dívidas, já tendo quitado 40% do valor da folha de pagamento, o TCE recomendou a *não-realização* da Festa das Águas. Assim, todos os contratos de atrações, infra-estrutural e trio elétrico foram suspensos pela medida cautelar, inviabilizando a Prefeitura de realizar a Festa.

Desta forma, a Prefeitura Municipal de Águas Belas, em estreita obediência aos órgãos constitucionais de controle desse DECIDE acatar a Medida Cautelar do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco e visando o zelo da gestão pública, resolve suspender a realização da FESTA DAS ÁGUAS 2017. A Prefeitura mantém o compromisso de seguir os eventos festivos, tão logo sejam equacionadas as dívidas citadas.

Águas Belas, 28 de setembro de 2017
LUIZ AROLDO REZENDE DE LIMA
Prefeito