segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Paulo Câmara espera contar com o PMDB de Raul e Jarbas em 2018

Durante evento, Governador demonstrou solidariedade aos aliados e disse que a tentativa de 
Fernando Bezerra dissolver o diretório, é um equivoco. (Anderson Bandeira / Foto: Paulo Almeida).

Apesar de o PMDB estar com um pé dentro da oposição, o governador Paulo Câmara (PMDB) afirmou, nesta segunda-feira (18), que espera contar com o partido no seu palanque em 2018. Atualmente, a legenda está oficialmente na base do governo, mas está prestes a assumir um projeto de oposição por meio das mãos do senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB). O grupo dos Coelho e de Jarbas estão em pé de guerra pelo comando do partido. 

“Eu acredito que todo esse esforço será reconhecido. Eu não trabalho com outra hipótese a não ser ter o PMDB de Jarbas e Raul em 2018”, disse o governador durante ato de desagravo em favor do deputado Jarbas Vasconcelos e o presidente estadual do PMDB, Raul Henry. A cerimônia vem após aliados do senador Fernando Bezerra Coelho ingressarem com um pedido na executiva nacional de dissolução do partido para Bezerra assumir o comando e liderar um projeto solo ao governo. 

Durante o evento, Paulo Câmara demonstrou solidariedade aos aliados e avaliou que a tentativa de dissolver o diretório, o que tiraria o PMDB do palanque do PSB, é um equivoco. “Jarbas fundou o PMDB. Trabalhou e dedicou a sua carreira política pela construção do partido. Lutou pela redemocratização, por um País mais justo e essa luta continua. Essa luta de Jarbas não será em vão”, disse ressaltando que o PMDB sob as mãos de Jarbas e Henry tem ajudado o gestão a governar questões desafiadoras. 

O governador também rebateu as críticas de que a dissolução vinha pela baixa eficácia eleitoral por parte da atual gestão. Segundo ele, Raul Henry é um grande presidente e fez o partido crescer. “É uma grande injustiça o que está acontecendo”.

Humberto: “Violência em PE é incompetência do Governo Estadual”

Na tribuna do Senado, nesta segunda-feira (18), senador pernambucano mencionou a tragédia 
ocorrida com o jornalista da TV Asa Branca, Alexndre Farias, vítima de uma bala perdida.

Após mais um fim de semana muito violento em Pernambuco, em que 41 pessoas foram assassinadas, o líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE), lamentou o “cenário de guerra” e as estatísticas avassaladoras nessa área. Para Humberto, o Governo do Estado é o responsável direto pela tragédia ao fracassar na condução das políticas de segurança pública. O parlamentar avalia que é preciso que o governo assuma o seu fracasso na área da segurança pública e pare de zombar da inteligência dos pernambucanos, ao falar, por exemplo, que Paris é mais violenta do que o Recife.

Ele lamentou a tragédia ocorrida com o jornalista pernambucano Alexandre Farias, vítima de uma bala perdida no último sábado, em Caruaru, cidade onde nasceu e trabalha como apresentador de um telejornal local. Ele foi vítima de uma bala perdida na cabeça no último sábado e está internado em situação crítica.

“Ele não é uma vítima do desconforto, como recentemente foi classificada, de maneira extremamente infeliz, a situação da violência em Pernambuco. Ele é vítima dessa guerra civil que está tragando o Estado para um completo caos, sem que haja reação efetiva do governo local para pôr fim a essa terrível matança que ocorre diariamente em todos os municípios pernambucanos”, lamentou. “É preciso tomar urgentemente uma medida para estancar a sangria de vidas pernambucanas”, disse Humberto, em discurso no plenário do Senado na tarde desta segunda-feira, 18 de setembro. 

Polícia prende suspeitos de atirar no jornalista Alexandre Farias

Apresentador do ABTV 2ª Edição foi vítima de bala perdida no Alto do Moura, em Caruaru. 
Retratos falados de dois criminosos foram divulgados nesta segunda (18). (G1).

Foram presos três dos cinco suspeitos de atirar no jornalista Alexandre Farias em Caruaru, Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil, as prisões ocorreram após um tiroteio na tarde desta segunda-feira (18) no sítio Maniçoba, na zona rural do município. Um quarto suposto criminoso foi morto a tiros durante o confronto, conforme informou a polícia. Ainda segundo a Polícia Civil, o quinto suspeito fugiu e, até a publicação desta matéria, não foi localizado. A troca de tiros entre policiais e os criminosos durou cerca de 15 minutos. Os suspeitos foram presos após a polícia receber uma denúncia.

Equipes da Polícia Civil e Militar se dirigiram até uma casa da zona rural e foram atendidos por uma mulher, que informou que não havia mais ninguém no local. Após ouvirem barulhos, os policiais entraram na residência e trocaram tiros com os supostos criminosos. Os suspeitos devem ser encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Caruaru.

Estado de saúde - O estado de saúde de Alexandre é grave, mas estável, de acordo com os médicos. A equipe médica realizou procedimentos cirúrgicos na madrugada do domingo (17) e convocou uma coletiva de imprensa na manhã desta segunda (18). No segundo dia de internação, ele segue na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sedado e em coma induzido. "Ele encontra-se estável. Continua sedado em ventilação mecânica e respirando com ajuda de aparelhos. As funções renais, cardíacas e hepáticas estão funcionando de forma adequada", afirma o médico que acompanha o jornalista.

Polícia divulga retratos de suspeitos de atirar em Alexandre Farias

Cinco suspeitos estavam no carro e trocaram tiros com a polícia. Uma das balas
atingiu ao jornalista que foi operado e encontra-se em estado grave. (G1).

A Polícia Civil de Pernambuco divulgou na manhã desta segunda-feira, dia 18 os retratos falados de dois suspeitos de atirar no jornalista Alexandre Farias, da TV Asa Branca. O fato aconteceu no último sábado (16) em Caruaru, no Agreste, e após troca de tiros da Polícia com os bandidos, o jornalista foi atingido por uma bala perdida na cabeça e segue internado em coma induzido no Hospital da Unimed. De acordo com o chefe da Polícia Civil em Pernambuco, Joselito Amaral, cinco pessoas participaram da ação, sendo que dois foram reconhecidos por algumas testemunhas.

"As investigações avançaram e hoje estamos apresentando dois retratos falados dos assaltantes que participaram da ação. Os crimes são tentativa de homicídio, no caso do jornalista Alexandre Farias. Eles tentaram atirar nos policiais a atingiram o jornalista. Os demais crimes são por roubo qualificado e lesão corporal grave. Testemunhas estão nos ajudando e ajudaram a fazer os retratos falados", disse.

Ainda de acordo com o chefe da Polícia Civil em Pernambuco, os números 9.9488.7099 e 9.9488.7527 serão usados para ajudar a polícia com informações via aplicativo WhatsAPP. O delegado informou ainda que os dois suspeitos têm entre 18 e 35 anos e estavam encapuzados no momento da ação e ambos têm estatura mediana e mais três envolvidos, que não foram identificados, estão envolvidos no crime.
.

Mais Ouro para Garanhuns: Leão vence etapa Circuito Caixa na PB

Correndo pelo Cruzeiro, Garanhuense foi campeão da prova de 10km no 
último domingo (10). Corrida foi disputada na cidade de João Pessoa.

O corredor da cidade de Brejão, mas que atua pelo município de Garanhuns, José Márcio Leão conquistou no último domingo (17), o título da etapa Paraíba do Circuito Qualidade Caixa. Leão venceu a prova de 10km, tendo o atleta Jair José, na terceira colocação. A corrida foi disputada em João Pessoa, capital da Paraíba.

Já em Queimadas, também na Paraíba, durante a 1ª Corrida Relocell, as atletas Marcos Antônio Pereira; Gilmar de Oliveira; Silvan Silva; Cicero Vieira e Gleison Santos também brilharam. Marcos venceu a prova dos 5km, tendo Silvan em segundo e Vieira, na 5ª colocação. Já nos 10km, o título ficou com Gilmar, seguido de perto por Gleison, que cruzou a linha de chegada em terceiro. Os atletas contam com o patrocínio do Governo de Garanhuns e o apoio da Uniodonto/Garanhuns.

Mês passado, mais precisamente no dia 20 de agosto, José Márcio cravou a conquista da Meia Maratona Internacional do Rio de Janeiro, batendo corredores Quenianos, que anualmente combatem os atletas brasileiros pelas ruas da cidade maravilhosa. E não ficou por aí. Dias depois, 3 de setembro, representando o Cruzeiro, o corredor de Brejão, residente em Garanhuns, voltou a ocupar o lugar mais alto do pódio de uma corrida. Leão venceu os 10km da etapa Recife do Circuito Qualidade Caixa, contabilizando aquela época, a terceira vitória seguida este ano.

Izaías convoca aprovados no concurso público realizado em 2015

Convocados deverão comparecer à Secretaria de Administração/Departamento 
de Recursos Humanos, até o dia 22 de setembro. (Secom/PMG / Foto: Camila Queiroz).

O prefeito de Garanhuns, Izaías Régis, assinou nesta segunda (18) as portarias apresentadas pelo secretário de administração, Bruno Gomes, que autorizam a convocação de 27 novos servidores para atuar na gestão municipal. 

Serão convocados um Assistente Social, um Psicólogo, quatro Agentes Comunitários de Saúde, seis professores Nível I, sendo Brailista (3) e Intérprete (3) e 15 professores Nível II para as disciplinas de Matemática (4), Língua Portuguesa (3), Geografia (2), História (1), Língua Inglesa (3) e Ciências (2). As portarias foram publicadas também na manhã de hoje no Diário Oficial dos Municípios de Pernambuco (AMUPE).

Os convocados deverão comparecer, à Secretaria de Administração/Departamento de Recursos Humanos, situado na avenida Rui Barbosa, 1440, Heliópolis para realizar o agendamento da data da apresentação dos exames exigidos à Junta Médica Especial. A Secretaria funciona das 8h às 14h, de segunda a sexta-feira. 

Aliados já falam em "plano B", acaso Lula não possa ser candidato

Depoimento de Antonio Palocci ao juiz Sergio Moro alastrou a sensação
de que o petista não conseguirá ser candidato. (Folha de São Paulo).

No reflexo mais explícito do estrago que a ofensiva judicial fez às pretensões do ex-presidente Lula, o PC do B, parceiro histórico do PT em eleições nacionais, decidiu iniciar consulta aos seus dirigentes para buscar uma alternativa para 2018. A decisão foi tomada após uma série de reuniões ao longo da última semana. O depoimento de Antonio Palocci ao juiz Sergio Moro alastrou a sensação de que o petista não conseguirá ser candidato. E a sigla quer ter o próprio plano B até novembro.

Integrantes da legenda estão divididos sobre o movimento, mas ele foi deflagrado. Não haverá gesto hostil a Lula, de acordo com o próprio partido. Se ele puder concorrer, a aliança está assegurada — o problema, dizem, é que cada vez menos gente dentro e fora do Partido dos Trabalhadores (PT) acredita nessa possibilidade.

O recente ataque de Ciro Gomes (PDT-CE) a Lula foi um outro sintoma do movimento de desagregação da esquerda. Em revide, o PT afirma que, ao partir para cima do petista, o pré-candidato do PDT ao Planalto minou as chances de uma aliança caso o ex-presidente não possa ser candidato. Integrantes de movimentos sociais ligados ao PT dizem que o gesto aumentou a rejeição a Ciro.  

Raquel Lyra denuncia violência em Caruarua: “É inaceitável”

Em nota distribuída à imprensa, Prefeita fez um apelo para que o Governador Paulo 
Câmara melhore as condições das polícias que atendem o município. (Sérgio Montenegro).

“É inaceitável a situação de vulnerabilidade que nós, da população de Caruaru, estamos vivendo diariamente, devido à falta de segurança. Até quando vamos sair de casa sem saber se vamos voltar?”. O questionamento foi feito pela prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), em nota divulgada neste domingo (17), ao lamentar o episódio envolvendo a socorrista Josimere do Nascimento, o motorista Valderir Antônio do Nascimento – ambos do Samu – e o apresentador da TV Asa Branca, Alexandre Farias, no sábado (16), todos feridos em situaçao de violência urbana no município.

Segundo a nota, desde 1º de janeiro até a presente data, foram cometidos 200 homicídios em Caruaru, o que representa um aumento de mais 33% em relação ao ano passado, o que torna a cidade, segundo a prefeita, uma das mais violentas do Brasil. Alexandre foi atingido na cabeça por uma bala perdida num confronto entre policiais e bandidos no Alto do Moura, e está em coma induzido. Os funcionários do Samu estiveram envolvidos no mesmo episódio e também saíram feridos.

Raquel Lyra justificou estar utilizando a nota para denunciar a situação, da mesma forma como vem fazendo através de expedientes e reuniões com o governador Paulo Câmara (PSB), em um apelo para que melhore as condições das polícias que atendem o município, através da criação de mais delegacias de plantão, com aumento do efetivo e a mudança para que o 4° Batalhão se torne exclusivo para Caruaru, serviço de chamada de emergência 190 com atendimento no município, entre outras medidas que vem sendo solicitadas por ela desde o início da sua gestão.