sábado, 22 de julho de 2017

VEJA: Delator diz que avião usado por Eduardo era de Aldo Guedes

Reportagem da Revista Veja, ainda detalha que o empresário João Carlos Lyra intermediava o recolhimento
de doações não-declaradas para a campanha de Eduardo Campos à Presidência. (Blog do Diário).

Sérgio Montenegro - O verdadeiro dono do avião Cessna Citation 560 em que viajava o ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB) na campanha presidencial, e que caiu em Santos, em 13 de agosto de 2014, matando o então candidato socialista ao Planalto e vários assessores de campanha, era mesmo do empresário Aldo Guedes (foto abaixo). A informação foi dada à Polícia Federal, em delação premiada, pelo empresário João Carlos Lyra Pessoa de Melo Filho, segundo afirma reportagem publicada pela revista Veja, em sua edição deste fim de semana.

João Carlos Lyra foi preso em junho do ano passado, no âmbito da Operação Turbulência, que investigou o caso do jatinho – juntamente com os também empresários Apolo Santana e Eduardo Freire – e negociou o acordo de delação premiada pelo qual, agora, faz as revelações. De acordo com a reportagem de Veja, Lyra teria confessado à PF ter feito a compra do avião, mas revelou que o verdadeiro proprietário seria Guedes, que teria desembolsado cerca de U$ 8 milhões pelo jatinho, cujo modelo teria sido escolhido pelo próprio Ex-governador, Eduardo Campos

    João Carlos Lyra (foto ao lado) também admitiu aos procuradores, na delação, que intermediava o recolhimento de doações não-declaradas para a campanha de Eduardo Campos à Presidência, mas afirmou que depois entregava tudo a Aldo Guedes, o “cabeça” da gestão do dinheiro. O empresário falou ainda aos investigadores que a comunicação entre ele e Guedes se dava por celulares registrados em nome de terceiros, e os encontros geralmente aconteciam na garagem do seu prédio.

Ao contrário de João Carlos Lyra, Aldo Guedes não está preso. Os dois são investigados também pelo Ministério Público Federal (MPF) em outro inquérito, do qual ainda faz parte o senador pernambucano pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), Fernando Bezerra Coelho, por denúncias de recebimento de propina pago por empreiteiras envolvidas nas obras da Refinaria Abreu e Lima, em Suape.

No aguardo - Ao comentar a reportagem de Veja, o advogado de Aldo Guedes, Ademar Rigueira, limitou-se a afirmar que seu cliente já foi ouvido no inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF), quando esclareceu não ser o dono do avião. Diante das acusações de Lyra, porém, segundo o defensor, Guedes não pretende reagir judicialmente. “Vamos aguardar. O depoimento (de Lyra aos procuradores) deve gerar nova investigação, e então vamos nos defender”, explicou. Rigueira lembrou ainda que até o momento não foram apresentadas provas materiais contra Aldo Guedes que comprovassem a propriedade do avião. “Delação premiada tem que ser acompanhada de provas materiais”, completou.
.

LUTO EM GARANHUNS: Morre aos 84 anos, o radialista Iran Pessoa

Atualmente, Iran apresentava na FM Sete Colinas, o programa ‘Forrozão da 7’, que ia ao ar, de 
segunda a sexta-feira, das 5 as 6h30 da manhã. (Fonte: VeC Portal de Notícias / Foto: Hilton Marques).

Morreu por volta das 19 horas de ontem, 21 de julho, aos 84 anos, o radialista Iran Pessoa. O óbito ocorreu no Hospital Regional Dom Moura. Iran, apresentava um programa matutino na Rádio FM 7 Colinas onde alegrava o ouvinte com sua irreverência. Pessoa, foi homenageado na noite de ontem no Festival de Inverno de Garanhuns quando ganhou do público uma sonora salva de palmas. A Prefeitura de Garanhuns também lamentou a morte do locutor e, em sua página em uma rede social, lhe prestou uma homenagem. 

O Sepultamento do radialista ocorreu neste sábado, dia 22/07, às 16 horas, no Cemitério São Miguel. "Ficará para sempre a lembrança desse sorriso farto e simples que conquistou quem o conheceu", diz parte da homenagem prestada na página do Governo Municipal. O radialista deixa saudades, mas sua história vai continuar. Seu nome será eternamente lembrado através de fãs e dos filhos, netos e bisnetos que deixou. 

PREFEITURA DECRETA LUTO OFICIAL - Com imenso pesar, o prefeito de Garanhuns, Izaías Régis, decretou luto oficial de três dias a partir de hoje pelo falecimento do radialista Iran Alves Pessoa, de 84 anos. Como não há hasteamento de bandeiras durante o fim de semana, na próxima segunda-feira a bandeira do Município de Garanhuns ficará hasteada a meio mastro.
.

Rappers mostram força da rima pernambucana no FIG 2017

Neste domingo sobem ao palco instalado na Praça Mestre Dominguinhos, o Grupo
Donas e o rapper Zé Braw. Com informações do JC Online / Foto: Filipe Jordão

Encerramento do primeiro fim de semana do Festival de Inverno de Garanhuns, o FIG 2017, a noite do domingo (23) será um momento especial para veteranos da cena rap pernambucana. O grupo Donas e o rapper Zé Brown vão ao Agreste cheios de novidades, incluindo prévias dos álbuns que lançarão em breve.

Espécie de aquecimento para o lançamento de Vivona, primeiro álbum após o hiato de dez anos na carreira do Donas, o show terá contribuição de outras linguagens, a exemplo das intervenções da poetisa Luna Vitrolira e da malabarista Yasmim Amaral.

Antes, o grupo participa da mesa de diálogos Conexão H2: Rio-Pernambuco, junto a rapper carioca Anmah, a respeito do rap feito aqui e no Rio. Dentre os subtemas a serem abordados, destaque para os relativos às mulheres e suas organizações no movimento hip hop, além de outros como violência e negritude.

ZÉ BROWN - Quem sobe ao palco logo após o Donas e também munido de novidades é Zé Brown. Ele prepara o segundo disco solo, Poesias do Povo, e promete uma noite de mescla entre passado e futuro. “Vou apresentar músicas do Poesias..., como Teatro de Deus, Quem Tem Coragem, Não Maltrate, Sobrevivência e Caco de Vidro”, contou. Também entram na setlist algumas das gravadas no primeiro, Repente Rap Repente, e dois covers mantidos em segredo. “Vou chegar com banda pesada”, avisa o rapper.

SERVIÇOS
Palco Mestre Dominguinhos no FIG 2017
Com Cafuringa, Donas, Zé Brown, Ifá e Zeca Pagodinho.
          Na Esplanada Mestre Dominguinhos, a partir das 20h. Gratuito.

.

Tributo a Belchior marca início de shows na Mestre Dominguinhos

Amanda Back, Mundo Livre S/A, Geraldo Azevedo e um tributo ao cantor homenageado da festa foram 
as atrações da sexta-feira (21). (G1 Caruaru e Região - Fotos: Elton Braytnner/TV Asa Branca).

A primeira noite de shows no palco Mestre Dominguinhos aconteceu na sexta-feira (21) durante a 27ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), no Agreste Pernambucano. O evento contou com os shows de Amanda Back, Mundo Livre S/A, Geraldo Azevedo e um tributo ao cantor e compositor Belchior, homenageado da festa, com Ednardo, Angela Ro Ro, Lira, Cida Moreira, Tulipa Ruiz, Isaar, Fernando Catatau, Juvenil Silva, Renata Arruda e Gabi da Pele Preta. De acordo com a Polícia Militar, 30 mil pessoas estiveram presentes durante a primeira noite da festa.

A estreia da edição 2017 do FIG ficou por conta da garanhuense Amanda Back. Ela cantou músicas do artista homenageado, Belchior. A segunda atração foi a banda Mundo Livre S/A que trouxe o manguebeat na voz do vocalista Fred Zero Quatro.

O cantor e compositor pernambucano, Geraldo Azevedo subiu ao palco e cantou grandes sucessos da carreira. Ele também homenageou Belchior cantando Mucuripe. Na frente do palco, a estudante de jornalismo Fernanda Martins, de 24 anos, veio de Caruaru, também no Agreste, exclusivamente para a apresentação de Geraldo. "Eu sou fã dele desde criança. Quando eu soube que ele vinha para o festival, era inevitável eu não dar um jeito de comparecer ao show.", relatou.
.

Mas, as apresentações mais esperadas da noite estavam no tributo ao cantor e compositor Belchior, grande homenageado do evento. O pernambucano Lira, com "Divina Comédia Humana", abriu a celebração.

Durante mais de uma hora, vários artistas se revezaram no palco. Ao G1, a cantora paulista Tulipa Ruiz falou sobre a satisfação de participar do tributo ao homenageado da edição. "São em rituais como esse que a gente entende que a música é universal e completamente atemporal. As músicas do Belchior sempre vão ser atuais. É um prazer poder celebrar essa obra e a pessoa do Belchior com essas pessoas que estavam no palco. Feliz demais com esse encontro.", relatou.

Ontem, de acordo com a PM, 30 mil pessoas estiveram na praça Mestre Dominguinhos. Neste sábado (22), a partir das 20h, sobem ao palco da Praça, Rogério e os Cabras, Maciel Salu, Cantos Rurais com Adiel Luna e Mestre Bule-Bule, Alice Caymmi e Baby do Brasil. O Festival de Inverno continua até o dia 29 deste mês.
.

Carro clonado é retido pela Polícia Rodoviária aqui em Garanhuns

Motorista foi encaminhado junto com o carro para a Delegacia Regional de
Garanhuns, que investigará o caso. (Com informações do Folha de Pernambuco).

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu um Fiat Uno clonado na BR-423, em Garanhuns, Agreste de Pernambuco, na altura do quilômetro 92 da rodovia, nessa sexta-ifera (21).  Após investigação, foi constatado que o veículo tinha várias adulterações em sua identificação. O motorista, de 39 anos e residente em Itaíba, também no Agreste, afirmou ter comprado o carro em leilão na Paraíba há um ano.

Entre as irregularidades, foi registrado que o motor pertencia a um carro roubado no estado de Sergipe em 2016. Já a placa era da Paraíba e idêntica a um veículo regularizado da mesma marca.  O motorista foi encaminhado junto com o carro para a Delegacia Regional de Garanhuns, que investigará o caso. Até o momento, não há indícios de ligação com outros crimes.