sexta-feira, 21 de julho de 2017

Zeca Pagodinho e Baby do Brasil no 1º final de semana do FIG

Show do sambista acontece no domingo, enquanto que o de Baby, acontece no sábado (22). 
Baby, se apresenta pela primeira vez no FIG. (Com informações do Jornal do Commercio).

O final de semana promete ser concorrido na 27ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns. No sábado, o palco Mestre Dominguinhos recebe o eletrizante show Baby do Brasil Experience. Por duas horas, a cantora carioca relembra grandes sucessos, como Todo Dia Era Dia de Índio, Sem Pecado e Sem Juízo, Cósmica, Telúrica e A Menina Dança. É a primeira vez que Baby do Brasil no festival.

Antes dela, o palco recebe a performática Alice Caymmi, que vem com um show em que mistura músicas inéditas com canções do elogiado disco Rainha dos Raios, lançado em 2014. A apresentação de Alice está marcada para começar às 23h. 

No domingo, o palco principal vira uma grande roda de samba com Zeca Pagodinho. Zeca substitui o show de Tom Zé, que fecharia a programação do domingo, mas teve problemas de documentação e não pôde ser contrado. O domingo no palco Mestre Dominguinhos também começa às 20h com shows de Cafuringa e Banda, Donas, o rapper Zé Brown e o afrobeat baiano da Ifá.

Som na Rural - O veículo mais cultural de Pernambuco estaciona mais uma vez no Parque Euclides Dourado com muita música e arte. Veterana estrela da MPB, Angela Ro Ro é a grande atração do sábado, com show solo a partir das 22h30. No domingo, o pernambucano Graxa fecha a noite com show que reúne músicas autorais dos primeiros dois discos e algumas surpresas. A programação do fim de semana também conta com shows de Ylana Queiroga e Bruno Souto.

O projeto do Conservatório Pernambucano de Música (COM) leva para a Igreja de Santo Antônio neste sábado, a partir das 21h, o show Sem mais adeus, de Francis Hime e Olívia Hime, uma homenagem a Vinícius de Moraes. Mais cedo, às 16h30, tem o Quinteto Danilo Brito. No domingo, às 16h30, apresentação da Orquestra de Câmara de Pernambuco com o Coro de Câmara do CPM. Às 21h, a pianista Ellyana Caldas faz recital com as participações especiais de Bozó (violão 7 Cordas) e Júnior Teles (percussão).
.

Tributo a Belchior é destaque na abertura do palco principal do FIG

Com direção de Juliano Holanda, show será o último da noite, com dez artistas de
diferentes gerações e localidades no palco. (Com informações do Folha de Pernambuco).

A poesia musical de Belchior está mais viva do que nunca. Reverenciado na 27ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), o músico cearense - que faleceu em abril deste ano - ganha um tributo em forma de show, na noite desta sexta-feira (21), no palco da Praça Mestre Dominguinhos. O show será o último da noite, com dez artistas de diferentes gerações e localidades no palco.

O festival conta com uma programação variada durante dez dias, shows instrumentais na catedral em homenagem a Villa-Lobos, programação alternativa com oficinas na Casa Belch, cinema, e um recorte da Bienal. 

Com direção de Juliano Holanda, o espetáculo reúne Tulipa Ruiz, Ednardo, Cida Moreira, Isaar, Fernando Catatau, Juvenil Silva, Renata Arruda e Gabi da Pele Preta. Angela Ro Ro substitui a cantora Vanusa, que cancelou sua participação por um problema de saúde. "Esse encontro foi uma ideia da Fundarpe (Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco). Junto com a equipe deles, sugeri alguns nomes que achei que representariam bem o legado artístico de Belchior", afirma Juliano.

Antes de pisar em Garanhuns, o elenco fez uma parada na capital pernambucana para um ensaio geral no Paço do Frevo, no bairro do Recife. Belchior fez parte da formação musical da maioria dos músicos que integra a homenagem, incluindo o pernambucano Lira, ex-vocalista do Cordel do Fogo Encantado.
.

Trânsito no Curado impede governador de vir a abertura do FIG

Abertura oficial do evento ocorreu, ontem, quinta-feira, no teatro do Centro Cultural 
Alfredo Leite Cavalcanti. (Com informações de Roberta Jungmann – Folha de Pernambuco).

O governador Paulo Câmara ficou preso no engarrafamento da 232, na altura do Curado e após duas horas, desistiu de seguir o caminho para Garanhuns, onde participaria da abertura da 27ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), ontem, quinta-feira, dia 20 de julho. Coube ao deputado Waldemar Borges fazer o corte da fita ao lado do prefeito Izaías Régis e do secretário de Cultura, Marcelino Granja. 

Aliás, Granja exaltou Lula no discurso, afirmando que ele era o maior líder que Garanhuns já teve e, claro, diante das palavras, o público, não se conteve e rolou um inevitável coro de "Fora Temer". O show de Isadora Melo foi emocionante. Ela lotou o Teatro Luiz Souto Dourado e a plateia curtiu muito a performance da pernambucana em cena. Ela tem tudo para estourar no cenário nacional, assim como Johnny Hooker.

Leveza musical de Isadora Melo marca abertura do FIG 2017

Abertura, ocorreu ontem, dia 20, no Centro Cultural. Prefeito Izaías, além do Secretário Estadual de
Cultura Marcelino Granja estiveram presentes. (Do Portal Cultura PE / Fotos: Rodrigo Ramos/Secult/PE).

Marcos Iglesias - Uma noite de abertura para ficar na história da música e do Festival de Inverno de Garanhuns. O tom de emoção tomou conta do primeiro dia da 27ª edição do FIG, que lotou nesta quinta (20) o Teatro Luiz Souto Dourado para receber homenagens ao cantor cearense Belchior e presenciar ao vivo a leveza musical transmitida pela voz da pernambucana Isadora Melo. Uma apresentação de tirar o fôlego, acompanhada de nomes fortes da música pernambucana, como Rafael Marques (bandolim), Julio César (acordeon), Rogê Victor (baixo acústico) e Juliano Holanda (guitarra), além das participações mais que especiais de Maurício Tizumba (MG), Lui Coimbra (RJ) e Mona Gadelha (CE).

O primeiro dia do 27º FIG contou com a presença de diversas autoridades do estado e daqui do município, a exemplo do Prefeito Izaías Régis, Márcia Souto, presidente da Fundarpe; Marcelino Granja, secretário estadual de Cultura; o deputado estadual Waldemar Borges, representando o governador Paulo Câmara; o reitor da UPE, Pedro Falcão; além de colaboradores do SESC e Conservatório Pernambucano de Música. Familiares de Belchior, vindos a convite do festival de São Paulo e do Ceará, também participaram.

O prefeito Isaías Régis se mostrou bastante animado ao falar do valor que Festival de Inverno tem para a cidade de Garanhuns. “Quem quiser cultura se prepare porque aqui nós temos de sobra. A cidade está completamente lotada para receber mais uma edição, e neste sentido agradecemos a parceria com o Governo do Estado. Eu digo que este é o maior festival de cultura e arte da América Latina. Não é porque sou prefeito daqui que falo isso, é por experiência própria. O FIG dá de cem a zero em todos os outros festivais de inverno porque aqui tem a cultura pra todos os gostos, além de ser um retrato da nossa vida e da cara de Pernambuco”.
.

Dando sequência à noite de celebração da música e com grande expectativa por parte do público, Isadora Melo iniciou sua apresentação com a canção que dá nome ao seu novo espetáculo Vestuário. Brincando com o silêncio, numa performance em que transparecem a delicadeza e a segurança que a cantora tem com a própria voz, a apresentação abre mão da sonoridade percussiva para ambientar – com a melodia dos acordes e até o silêncio de Isadora – todos os espaços da música.

Neste sentido a interação do público também integra o corpo musical da apresentação. A plateia esteve bastante ativa, seja soltando um canja ao lado de Isadora, ou com palmas e assobios. Mas sem dúvidas uns dos momentos mais marcantes da noite foi quando Vestuário levou ao palco participações especiais transformadas numa apresentação à parte através da voz imponente de Mona Gadelha, da sagacidade do violoncelista Lui Coimbra ou toda a africanidade do genial Maurício Tizumba – que instigou a plateia ao subir com chocalhos amarrados aos pés e soltar sua voz.
.

Data da prova do concurso de servidor da UPE é alterada

Certame, oferece oportunidades para as Unidades de Educação e de Saúde em Arcoverde, Caruaru,
Petrolina, Salgueiro, Serra Talhada, Garanhuns, Mata Norte, Mata Sul, RMR. (Fonte: UPE).

A data da prova do concurso público da Universidade de Pernambuco (UPE) para o preenchimento de 388 vagas para vagas de nível médio e superior, com salários de R$ 1.157,98 a R$ 7.514,74, foi alterada para o dia 01/10/2017. A nova errata, publicada no Diário Oficial (D.O.) na última quarta-feira (19/07), também altera o quadro de cargos, funções,  jornada de trabalho, vencimentos, requisitos e atribuições.

A primeira errata, que altera o quadro de cargos, funções,  jornada de trabalho, vencimentos, requisitos e atribuições e seu calendário de execução, foi publicada no D.O. no dia 14/07. O edital publicado no D.O. de 15/06 traz as seguintes vagas: 157 vagas para o cargo de analista técnico em gestão universitária, 222 para assistente técnico em gestão universitária e nove (09) para médico, incluindo plantonista. As inscrições seguem até o dia 31/07 e são realizadas, exclusivamente, no endereço eletrônico: www.upenet.com.br.

As oportunidades oferecidas pela universidade serão para vagas nas Unidades de Educação e de Saúde em Arcoverde, Caruaru, Petrolina, Salgueiro, Serra Talhada, Garanhuns, Mata Norte, Mata Sul, RMR e o Complexo Hospitalar da Universidade. A taxa é de R$ 100 para os cargos de analista técnico em gestão universitária e médico e de R$ 70 para o cargo de assistente técnico em gestão universitária. O resultado final da seleção será divulgado no dia 14/11.

Mais informações, você consegue através do número: (81) 3033-7394 3033-7397.