sábado, 15 de julho de 2017

PESQUISAS: Armando lidera intenção de voto para o Governo de Pernambuco, e Izaías tem gestão aprovada por 73% da população

Enquanto Armando é o primeiro colocado nas intenções de voto, Régis 
o seu novo governo gozam de uma robusta aprovação popular em Garanhuns.

Duas avaliações recém divulgadas tem mexido com o cotidano da cidade de Garanhuns, do Agreste Meridional, e de uma forma mais ampla com o do Estado de Pernambuco. Uma delas diz respeito a pesquisa onde o senador pernambucano pelo PTB, Armando Monteiro Neto, é apontado como favorito numa disputa eleitoral pelo Governo de Pernambuco, enquanto a outra, se dirige ao Prefeito Izaías, atestando que sua segunda gestão, aqui na suíça pernambucana, é aprovada por 71% da população.

Em junho, numa pesquisa de intenção de voto para as eleições do Governo de Pernambuco, que ocorre ano que vem, feita pelo Instituto Alagoano, Meta Pesquisa e Consultoria, Armando aparece como melhor colocado, já que somou 23,3% de intenção de voto, ante aos 13,2%, obtido pelo atual Governador, Paulo Câmara, do PSB.

Em abril, Paulo apareceu em outra pesquisa - essa do Instituto Maurício de Nassau, com o percentual de 6%, e naquela ocasião, o chefe do executivo estadual acabou ficando na terceira posição, atrás de Armando (em primeiro com 22%) e do atual Ministro da Educação Mendonça Filho do DEM, que registrou a marca dos 12% de intenção de voto. Neste segundo levantamento, Mendonça, praticamente manteve sua pontuação da pesquisa de abril, que foi de 12,2%.
.

A novidade na corrida eleitoral pelo Governo do Estado de Pernambuco é a vereadora Marília Arraes, do Partido dos Trabalhadores (PT), que pela primeira vez teve seu nome incluído numa pesquisa e conquistou 6,3% dos eleitores do estado.

A pesquisa, que foi realizada entre os dias 19 e 23 de junho/2017, com 1.067 questionários aplicados em todas as regiões de Pernambuco, aponta ainda, que entre todos os postulantes, o governador é o mais rejeitado, com 28,4%. Segundo o levantamento, Paulo é avaliado ruim/péssimo por 58,5%, e ótimo/bom por apenas 15,7%, sendo a melhor área, a de educação. A pesquisa destaca também, que a segurança é o principal problema do governo Paulo Câmara para 42% da população.

Com os números divulgados no início do mês julho pelo Instituto Meta Pesquisa e Consultoria, é possível dizer que a eleição para governador de Pernambuco, no próximo ano, se mostra indefinida, apesar de Armando liderar. O indicativo percentual de votos do senador, no caso de não sofrer alteração, no que concerne a uma subida, não garantiria a vitória do petebista no primeiro turno.

IZAÍAS APROVADO POR 73% DA POPULAÇÃO
.

       Enquanto isso aqui em Garanhuns, os números mostram outra realidade. É que o Instituto Analysis Pesquisa e Mercado, realizou aqui no município, entre os dias 03 e 10 de julho, uma pesquisa de opinião pública, onde a população deu seu parecer quanto a qualidade de alguns serviços públicos oferecidos pelo Governo Municipal de Garanhuns.

O Levantamento do Instituto também se preocupou em aferir o percentual de aprovação da Administração do Prefeito Izaías. Segundo o levantamento, 71% da população aprova a segunda gestão de Régis, ainda que ela esteja apenas em seu sétimo mês.

A avaliação do Governo Municipal, como instituição, também revelou um bom resultado. 22,9% dos garanhuenses o consideram ótimo, ao passo que 35,15%, bom. 25,4%, consideram regular a atuação do governo, sendo que 5,2% dizem que ele é ruim. 10% consideram o atual governo como “péssimo”.

Noutra perspectiva, a de um comparativo entre o 1º e 2º Governo, onde a pergunta ao entrevistado foi: "Como você compararia a administração municipal atual com o  1º mandato do prefeito?", o resultado foi o seguinte: “muito melhor”, 19,2%, melhor: 21,1%, “a mesma coisa: 36,6%, “pior”: 15,7%, “muito Pior”: 7,7%.

CONFIRA, ABAIXO, A ÍNTEGRA DOS DADOS

Aprovação Governo Municipal / Prefeito Izaías Régis – 73%

Em relação ao município de Garanhuns, como avalia o
desempenho do Governo Municipal/ Prefeito Izaías Régis?

Ótimo – 22,9%
Bom – 35,1%
Regular – 25,4 %
Ruim – 5,2%
Péssimo – 10%

Em relação ao Governo atual do prefeito
Izaías Régis, comparando com o primeiro ?
Muito Melhor – 19,2%
Melhor – 21,1%
A Mesma Coisa – 36,6%
Pior – 15,7%
Muito Pior – 7,7%

Cite uma ação que deseja que seja feita pelo Governo
para melhorar a sua comunidade (espontânea)
Segurança/ Polícia – 25,9%
Calçamento/ Pavimentação – 14,7%
PSF/Saúde Pública – 10,7%

Como o senhor avalia estes serviços
públicos em Garanhuns?

(Dez mais bem avaliados dos perguntados)
Natal Luz – 76,1% (Ótimo/Bom)
Limpeza Pública/ Coleta Lixo – 73,1% (Ótimo/ Bom)
Iluminação Pública – 67,2 (Ótimo/Bom)
Viva Dominguinhos – 65,7% (Ótimo/ Bom)
Conservação/ Praças – 54,7 % (Ótimo/ Bom)
Atendimento nos PSF´s – 51,5% (Ótimo/ Bom)
Feiras Livres/ Ceaga – 51,2% (Ótimo/ Bom)
Vigilância Sanitária – 48,8% (Ótimo/ Bom)
Educação/Escola – 48,5% (Ótimo/ Bom)
Bolsa Atleta – 45,0% (Ótimo/ Bom).

.

POLÍTICA: PP de Eduardo da Fonte almeja vaga no senado em 2018 e está insatisfeito com o governo Paulo Câmara

Partido diz estar insatisfeito, em razão de Paulo ter empossado, ontem, seu novo secretário de 
Habitação, que é do PMDB, sendo que o PP não comanda nenhuma Secretaria.(Fonte: Pinga-Fogo).

O PP de Pernambuco está insatisfeito. A sigla é a segunda bancada da Assembleia. O deputado federal Eduardo da Fonte, à frente do PP-PE, liderou a votação estadual em 2014 para a Câmara, com 283 mil votos, e o Pastor Cleiton Collins liderou a votação para a Assembleia, com 216 mil votos. Em 2016, a sigla teve os mais votados vereadores do Recife, Michele Collins, e Jaboatão, Sandro de Andrade, o “Toto Junto com o Povo”.

Ao comparar os seis deputados na Assembleia e sua votação aos números de outras legendas, o PP diz estar insatisfeito com o governo Paulo Câmara (PSB), que empossou ontem seu novo secretário de Habitação, Kaio Maniçoba (PMDB), e abrir uma vaga para o suplente Luciano Bivar, que é do Partido Social Liberal (PSL).

O PP hoje comanda o Porto do Recife, o Instituto de Pesos e Medidas e o Lafepe, mas não uma secretaria. A sigla observa gestos de Paulo para o PMDB e legendas como PR e PSD. Cogita independência em 2018 e almeja uma vaga ao Senado, seja na base ou oposição. Paulo já guardou uma vaga para o deputado Jarbas Vasconcelos (PMDB). Em 2014, o PP até anunciou Michele Collins para governadora – e depois recuou. Era pressão por espaço. Hoje com mais poder de fogo, renova a pressão, agora rumo a 2018.
.

Novo Secretário de Habitação de PE é empossado sob protesto

Pasta era ocupada antes por Bruno Lisboa, nome do PMDB ligado ao vice-governador. 
Lisboa vai agora para a Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas. (Blog do Jamildo).

O deputado federal Kaio Maniçoba tomou posse nesta quinta-feira (13) como secretário de Habitação de Paulo Câmara (PSB), em cerimônia na sede do Governo do Estado de Pernambuco, o Palácio do Campo das Princesas. Em discurso, falou que está ciente da “missão e dos desafios” que terá na pasta, que já era controlada pelo seu partido.

A chegada de Maniçoba ao Campo das Princesas, foi cercada por manifestantes, que levaram faixas que diziam “Kaio Maniçoba, o povo quer casa”. De acordo com o Jornal do Commercio, o grupo faz parte da ocupação Carolina de Jesus, em Areias, na Zona Oeste do Recife, e cobra a desapropriação do terreno, que pertence ao governo. Quase 1,5 mil famílias moram no local desde abril deste ano.

No seu discurso na posse dos auxiliares, Paulo Câmara afirmou que Kaio Maniçoba terá “entregas a fazer”. “Sabemos que temos que melhorar cada vez mais os serviços públicos oferecidos à população. Mas esse não é um problema apenas de Pernambuco, é um problema nacional, mas que precisa ter a prioridade”, disse, adotando a mesma alegação que usa para justificar a crise na segurança: de que é uma questão do País.

A pasta de Habitação era de Bruno Lisboa, nome do PMDB ligado ao vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Raul Henry. Lisboa vai para a Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco (Condepe/Fidem). Com a saída de Kaio Maniçoba, quem assume a vaga dele na Câmara é Luciano Bivar (PSL). O novo parlamentar já declarou que vai votar a favor de Michel Temer (PMDB) na análise da admissibilidade da denúncia contra o peemedebista por corrupção passiva.
.

ESTADO DE PERNAMBUCO EM ALERTA: Homicídios crescem 39,7% no 1º semestre de 2017 em relação a 2016

Junho registrou 380 assassinatos, o menor número do ano, mas ainda assim é 14,5% maior 
do que junho de 2016.(Com informações do Jornal do Commercio / Foto: Bobby Fabisak).

Um total de 380 pessoas foram assassinadas em Pernambuco no mês de junho, uma média de 12,6 por dia. O número é 14,5% maior do que o mesmo período do ano passado, quando foram contabilizados 332 homicídios. Em se tratando do semestre, são 2.876 mortes, uma média de 15,8 ao dia e 39,7% a mais do que de janeiro a junho de 2016, que teve 2.059 homicídios. Contudo, a Secretaria de Defesa Social (SDS) salienta que é o terceiro mês consecutivo de queda dos números.

Em maio, foram registrados 457 assassinatos, 77 a mais do que em junho. Em abril foram 514. Em março, 551. Em fevereiro, 496. Em janeiro, 478. “Junho foi o mês que apresentou o menor número de homicídios em 2017 no Estado”, destaca o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua. “Dos 380 casos notificados, mais de 55% são motivados por tráfico de drogas ou entorpecentes, acerto de contas e outras atividades criminais”.

Conforme a SDS – que não realizou coletiva como faz mensalmente para apresentar os números, os Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs), incluindo roubos a veículos, também atingiram o menor registro do ano. No total, foram 9.624 ocorrências, uma queda de mais de 11% em relação a maio, com 10.912 casos.

OUTROS CRIMES - No recorte referente aos roubos de veículos, foram 1.727 ocorrências no mês de maio, contra 1.614 no mês de junho (-6%). Os indicadores de violência doméstica e estupros tiveram queda de 11,8% (de 2.337 casos para 2.649) e 18,2% (de 170 para 139), respectivamente. Já os de roubos a ônibus, agências bancárias, arrombamento de caixas eletrônicos e assaltos a carros fortes apresentaram estabilidade.

As estatísticas somam 1.970 pessoas autuadas em flagrante delito no decorrer do mês passado, junho; 233 armas apreendidas, 432 mandados de prisão cumpridos, 453 menores apreendidos e 392 ocorrências por tráfico de drogas.
.