sexta-feira, 14 de julho de 2017

FIG também contará com programação dedicada a gastronomia

Três propostas, uma delas promovida pela Secult-PE, buscam ampliar o olhar para 
gastronomia enquanto patrimônio cultural. (Do Portal Cultura PE / Foto: Tiago Calazans).

Ampliar o olhar do senso comum em relação à gastronomia pernambucana enquanto patrimônio cultural. Esta é a proposta da programação gastronômica da 27ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns, que este ano apresenta três atividades que buscam criar essa conexão entre o público. Dentre as ações previstas durante o FIG – que acontecerão na Praça Souto Filho, localizada no Parque Euclides Dourado, assim como no Instituto Histórico e Geográfico de Garanhuns (IHGG) – haverá palestras, degustações e debates sobre a cadeia produtiva e seus atuais desafios.

Todas as ações (tanto a da Secult-PE como as das propostas da convocatória) convergem neste sentido de voltar o olhar para a gastronomia enquanto cultura e patrimônio. Um destas propostas é o RG Terroir Pernambuco (Painel de alimentos típicos e a culinária das determinadas regiões do estado de Pernambuco), do realizador Leonardo Barbosa, marcado para ocorrer no Parque Euclides Dourado, de 21 a 29 de julho, das 15 às 17h. De acordo com Leonardo, a expressão ‘RG terroir’ é um termo francês que engloba uma região específica e leva em consideração o clima, o solo e as condições naturais, de forma a propiciar a produção de alguns produtos.

Outra atividade prevista é análise sensorial Já tomou jatobá?, de Danielle Jansen , que vai promover uma degustação e palestras sobre a produção da bebida feita com esta matéria-prima. A atividade ocorre de 22 a 24 de julho, das 16h às 18h, na Praça Souto Filho.
.

Garanhuns poderá contar com Sistema de Notificações Eletrônicas

Novo talonário eletrônico denominado “Radar”, também poderá ser utilizado no trânsito de 
Garanhuns, em breve, por meio de convênio da AMSTT. (Fonte: Cloves Teodorico/Secom/PMG).

O presidente da Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT), Elielson Pereira, visitou, nesta semana, a Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP), em Campina Grande, no estado vizinho da Paraíba. A proposta da agenda na cidade paraibana foi conhecer o Sistema de Zona Azul e a fábrica de sinalizações da instituição. O secretário-adjunto da AMSTT, Adilson Sulene, e o assessor especial de gabinete, Wanderley Lopes, também estiveram na visita.

Os servidores da Prefeitura de Garanhuns foram recebidos pelo superintendente da STTP, Félix Neto. Na ocasião, foram apresentadas inovações e soluções tecnológicas que estão sendo aplicadas na cidade, incluindo o Sistema de Notificação Eletrônica (SNE) e do novo talonário eletrônico denominado “Radar”. A ideia é que, por meio de convênio de cooperação, a AMSTT firme, em breve, uma parceria de trabalho.

De acordo com Elielson Pereira, momentos como esse servem de aprendizado e proporcionam integração entre cidades em prol da sociedade. “Nós continuamos buscando parcerias para solucionar problemáticas que afetam todas as cidades em desenvolvimento, como o aumento no fluxo de veículos. Conhecemos o funcionamento das ferramentas de trabalho dos colegas paraibanos, aqui, e vamos levar o aprendizado para executar parcerias em Garanhuns”, destaca o presidente da autarquia.
.

Normas para realização do FIG 2017 são definidas em Garanhuns

Será proibida a entrada com vasilhames de vidro e menores de 18 anos só têm 
acesso à Praça Mestre Dominguinhos acompanhados. (Fonte: G1 Portal de Notícias).

Foram decididas na manhã desta sexta-feira (14) as normas para a realização do 27º Festival de Inverno de Garanhuns, no Agreste de Pernambuco. Na reunião foi assinado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). Entre as regras já acertadas está o horário de realização dos shows, que será até 2h aos fins de semana e até 1h de segunda a sexta-feira. Também ficou definido que será proibida a entrada com vasilhames de vidro e menores de 18 anos só têm acesso à Praça Mestre Dominguinhos acompanhados.

O delegado regional de Garanhuns, Luiz Bernardo (foto ao centro), afirmou que a Polícia Civil estará com a delegacia móvel durante o evento, que contará com um delegado, um escrivão e três agentes todos os dias. Haverá também, um espaço de acolhimento para crianças e adolescentes. O local terá colchões, cobertores, lanches e espaço lúdico, e funcionará no Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcante, sendo destinado aos filhos dos comerciantes de alimentos e bebidas que possuem barracas na festa.

A Secretaria de Saúde irá instalar pontos de atendimento em todos os polos, fornecendo ainda o serviço de testagem rápida de HIV e Sífilis, bem como a distribuição de preservativos. Representantes do Governo Municipal, Polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal, Bombeiros Militares, Conselho Tutelar e Autarquia de Segurança, Trânsito e Transporte de Garanhuns estiveram presentes no encontro.
. 

Palco de Cultura Popular vai destacar cena cultural do estado

 Diversas manifestações tradicionais, incluindo Patrimônios Vivos de Pernambuco, 
estão confirmadas. (Do Portal Cultura PE/ Foto: Normando Siqueira).

Diego Linhares - O Palco de Cultura Popular Ariano Suassuna vai receber mais de 60 atrações na 27ª edição do FIG. Referências culturais ganham espaço no polo, destacando a cena musical, cultural e artística do estado. Sambas de coco, grupos de xaxado, ciranda, bois, blocos líricos e maracatus são alguns dos ritmos que prometem animar o palco, que a a partir deste ano, acontece em reverência ao mestre Ariano.

Um dos destaques da programação é Dona Glorinha, de Olinda, vencedora do Prêmio Ariano Suassuna de Cultura Popular 2017. Dona Glorinha do Coco se apresenta no sábado (29). “O trabalho vem renovado, Dona Glorinha pretende mostrar um pouco daquilo que deixou em sua última viagem pra Cuba. Lá tivemos muito aprendizado, Dona Glorinha é a prova de que nunca é tarde pra aprender”, conta Isa Melo, assessora da mestra.

Clube de Bonecos Seu Malaquias, T.C.M. Cariri Olindense (foto abaixo) e Orquestra Filarmônica Euterpina de Timbaúba são Patrimônios Vivos que fazem parte da grade de programação e se apresentam no Palco de Cultura Popular, Ariano Suassuna, ele que considerado o retrato da cultura pernambucana no festival.

Confira a programação completa de Cultura Popular, clicando AQUI.
.

Buscando preservar a produção no Nordeste, Armando propõe à Camex cobrança de 17% no etanol vindo dos Estados Unidos

De acordo com o Senador, a concorrência desleal do produto ameaça os 
empregos e a produção de álcool do Nordeste, especialmente de Pernambuco.

O senador Armando Monteiro (PTB-PE) ocupou a tribuna do plenário para solicitar “sensibilidade” ao conselho de ministros da Camex (Câmara de Comércio Exterior) para aprovar, no próximo dia 25, recomendação do Ministério da Agricultura de taxar em 17% as importações de etanol de milho dos Estados Unidos. Segundo ele, a concorrência desleal do produto ameaça os empregos e a produção de álcool do Nordeste, especialmente de Pernambuco, num momento em que o país começa a sair lentamente da recessão.

Armando participou, em março último, de audiência com o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, solicitada pelo presidente do Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool de Pernambuco, Renato Cunha, em que produtores de seis estados defenderam a taxação. Nota técnica do Ministério da Agricultura propôs à Camex uma alíquota de 17%.

No discurso em plenário, citou dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo) para informar que as importações de etanol de milho cresceram quase 400% no primeiro semestre, comparativamente a igual período de 2016, atingindo 1,3 bilhão de litros. Tal volume corresponde, de acordo com ele, a 83% de toda a produção anual do Nordeste, da ordem de 1,6 bilhão de litros.

Enfatizou que ao solicitar a taxação não está defendendo reserva de mercado para os produtores nacionais de etanol, pois sempre foi favorável à abertura da economia, mas tão somente condições de igualdade na competição. Assinalou que o etanol de milho comprado dos EUA não cumpre obrigações de manutenção de estoques mínimos e outras exigências regulatórias cobradas do produtor nacional.

Armando Monteiro advertiu para “os impactos danosos” que a importação pode causar no emprego e na produção do parque sucroenergético do Nordeste, que representa a maior atividade agroindustrial da região, com 62 usinas, 25 mil fornecedores independentes de cana de açúcar e 250 mil postos de trabalho diretos.
.

Defesa Civil está monitorando áreas de risco aqui em Garanhuns

Ao todo, quatro locais foram interditados durante os últimos dia. Entre eles, um dos blocos de um 
condomínio localizado na rua Getúlio Zooby Júnior, no bairro São José. (Aquiles Soares/Secom/PMG).

Nos últimos dois meses, o índice de chuvas acumuladas superou o percentual previsto para Garanhuns. De acordo com os dados da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), no mês de maio choveu 36% acima da média; já em junho, os registros superaram em 70% o esperado. Só nas últimas 24 horas o monitoramento hidrometeorológico do órgão verificou um índice de 17,7 mm no município. Em precaução às possíveis consequências desses números, a Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil (Compdec) está em alerta, monitorando áreas de risco e realizando inspeção de imóveis — interditando quando necessário.

Ao todo, quatro locais foram interditados durante os últimos dias no município. Entre eles, um dos blocos de um condomínio localizado na rua Getúlio Zooby Júnior, no bairro São José, em decorrência da possibilidade de deslizamento de uma encosta no local. Além do imóvel, mais duas residências na comunidade da Liberdade foram interditadas e os moradores retirados pela equipe. Também na comunidade foi feita a interdição da Unidade Básica de Saúde (UBS) da Liberdade, e todos os serviços de atendimento à população foram transferidos para a Unidade Básica de Saúde (UBS) Heliópolis, localizada na rua Agostinho Branco, s/nº, próximo à Escola Professora Elvira Viana.

A Compdec também realizou recentemente a interdição dos outros dois blocos do conjunto residencial localizado na rua Desembargador João Paes, no bairro Aloísio Pinto, onde um prédio desabou na última segunda-feira, dia 10 julho. De acordo com o coordenador da Defesa Civil da cidade, Thiago Amorim, a continuidade das chuvas é o principal agravante para que ocorram possíveis deslizamentos e problemas na estrutura de imóveis. “A grande quantidade de inspeções que estamos fazendo se deve principalmente ao grande período ininterrupto de chuvas e dos fatores climáticos adversos. É importante salientar também que as interdições são medidas tomadas em casos de risco, no intuito de preservar a integridade da população”, afirmou.

Orientações — É essencial que a população que reside em áreas de risco como estas esteja atenta à possíveis fissuras ou deslocamento de massa nas barreiras e encostas. Bem como aqueles que moram na parte superior desses locais devem estar atentos se o piso está afundando ou se as paredes apresentam fissuras e trincas, devendo efetuar o desalojamento da área e acionar o Corpo de Bombeiros pelo 193, ou a Defesa Civil no número (87) 99900-3333.
.

Posto de Saúde do Magano, segue com atendimentos a noite

Iniciativa faz parte de um calendário adotado pela unidade e deve contemplar, 
quinzenalmente, os moradores daquele bairro. (Fonte: Aquiles Soares/Secom/PMG).

Dando continuidade às ações noturnas realizadas na Unidade Básica de Saúde (UBS) Magano III, uma equipe da Secretaria Municipal de Saúde realizou, nesta quarta-feira (12), uma série de atendimentos aos moradores do bairro. A iniciativa faz parte de um calendário adotado pela unidade e deve contemplar, quinzenalmente, os moradores do Magano.

A ação, que contou com grande adesão popular, resultou em 87 atendimentos voltados para saúde da família, incluindo consulta médica, solicitação de teste rápido e mamografia, aferição de pressão arterial, glicose, sessão de alongamento e palestra com fisioterapeuta para os pacientes - além de exames oftalmológicos, que aconteceram em parceria com a iniciativa privada aqui da cidade de Garanhuns.

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Shisneyda Furtado, a medida vem em benefício de um público específico, que por muitas vezes se encontra impossibilitado de realizar exames durante o dia. “Temos também que ter uma atenção especial voltada à população que trabalha ou estuda em horário integral. Observamos a viabilidade de realizar a ação primeiro no Magano, e outras equipes seguem se estruturando para fazer o mesmo”, comentou Shisneyda, atual titular da pasta.
.

Após reforma, Centro Cultural de Garanhuns reabre segunda (17)

Na reabertura do espaço, um resumo da história da antiga estação ferroviária será relembrado, 
inclusive com a participação da bisneta de Alfredo Leite Cavalcanti. (Edméa Ubirajara/Secom/PMG).

Com uma programação diferenciada, o Governo Municipal de Garanhuns realizará na próxima segunda-feira (17), às 19h, a reabertura do Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti. O local estava fechado para reparos e a partir de agora contará com programação regular. Na reabertura, que é para todo o público, um breve resumo da história da antiga estação ferroviária será relembrado, inclusive com a participação da bisneta de Alfredo Leite Cavalcanti, a professora Jackelinne Brasileiro.

Também está programada a apresentação da Orquestra Sinfônica Manoel Rabelo. De acordo com a secretária de Turismo e Cultura, Neile Barros, a iniciativa visa despertar nos garanhuenses o sentimento de pertencimento da história local. “Entender todas as particularidades do Centro Cultural é encantador e toda a população precisa ter conhecimento da importância deste local para o desenvolvimento da nossa cidade e da própria história de Pernambuco”, disse. A secretária adiantou que está sendo preparada uma programação para o segundo semestre.
.

Itaíba vai construir nova barragem para contenção de enchentes

Prefeita Regina: “A concretização dessa obra irá garantir a segurança hídrica do município
de Itaíba, principalmente nos momentos de estiagem quando a seca castiga todos os munícipes”.

Técnicos da empresa Progeplan estiveram na tarde da última quarta-feira (12) em reunião com a prefeita de Itaíba, Regina Cunha (PTB), e os Secretários Wherbson Alves (Finanças) e Marcello Bispo (Governo). Os engenheiros Thiago Darc e Vitor Mamede foram tratar da construção da Barragem Ipanema 2, no município. A obra é integrante do Sistema de Contenção de Enchentes e Prevenção aos Efeitos da Seca do Estado de Pernambuco.

Segundo o engenheiro civil, Thiago Darc, os técnicos da empresa iniciaram o processo de estudo da área que será afetada pela construção da barragem, promovendo o cadastro fundiário de todos os proprietários de terras que deverão ser indenizados. De acordo com ele, a barragem Ipanema 2 vai ter uma área alagada no período das cheias da ordem de 4.600 hectares. Com as áreas de proteção a área a ser ocupada pelo reservatório chega a cerca de 6 mil hectares, com uma largura de algo em torno de um quilômetro.

Após esse estudo e do relatório do impacto ambiental, os dados vão ser encaminhados para a área de projetos da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e em seguida para processo licitatório. Ainda de acordo com os técnicos, a obra deverá ser realizad com recursos estaduais. Para a prefeita Regina Cunha, “a concretização dessa obra irá garantir a segurança hídrica do município de Itaíba, principalmente nos momentos de estiagem quando a seca castiga todos os munícipes”.

BOA VISÃO: Itaíba realiza atendimentos no combate ao glaucoma

Durante a feira de saúde realizada no último dia 06 de abril, foram realizados 
178 exames de vista por uma equipe de oftalmologistas disponibilizados pela prefeitura.

Mais de 170 de pessoas foram atendidas na Casa de Saúde São Vicente, em Itaíba, dentro do Programa Boa Visão da Secretaria Municipal de Saúde que visa combater o glaucoma na população. Segundo o Secretário de Saúde, Pedro Teotônio, essa ação ficará acontecendo a cada três (3) meses no município beneficiando a quem mais precisa.

Durante a feira de saúde realizada no último dia 06 de abril, foram realizados 178 exames de vista por uma equipe de oftalmologistas disponibilizados pela prefeitura na Casa de Saúde João Vicente. Deste total, foram identificados 52 pacientes com glaucoma que foram atendidos com medicamentos e mais recentemente cirurgias realizadas por equipe médica da Fundação Altino Ventura em Itaíba, que além disso ainda trataram de outros problemas de visão dos itaibenses.

Nesta segunda edição do Programa foram realizados 175 atendimentos e diagnosticados 32 casos de pessoas com glaucoma. Todos foram beneficiados com colírios para tratamento que, hoje, custam cerca de R$ 190 nas farmácias. "Cada paciente levou para casa entre 3 e 6 colírios, dependendo de cada caso, o que garante uma economia de algo em torno de R$ 600 com a compra desses medicamentos graças a ação da prefeita Regina em disponibilizar esse material as pessoas atendidas", afirmou Pedro Teotônio. 

Os outros 52 pacientes da I etapa do Boa Visão também receberam ontem a segunda leva de colírios para tratamento. A terceira etapa do Programa Boa Visão acontece agora em outubro e a expectativa da Secretaria de Saúde é chegar a 180 diagnósticos de glaucoma com atendimento permanente.

Para a prefeita do município, Regina Cunha, “essas ações da saúde são de grande importância para nossa população, muitas vezes desprovidas de conhecimentos sobre a doença e de recursos para fazer o tratamento; aí é que entra o trabalho da prefeitura e da secretaria de Saúde para cuidar de nossa gente”.
.