sábado, 20 de maio de 2017

Bruno da Luz e Infraestrutura instalam 900 lâmpadas na cidade

Trabalho do Jovem Gerente de Iluminação da Secretaria de Infraestrutura, garante a boa 
execução dos serviços de instalação dessas lâmpadas: sejam LED ou convencionais.

Não passa despercebido por moradores ou mesmo turistas que veem a Garanhuns, a forma com que o Governo Municipal vem tratando do tema iluminação. Desde 2013, numa ação pioneira, a Prefeitura vem tocando aqui no município, uma ampla instalação de lâmpadas em modelo LED. Somente durante o primeiro trimestre deste ano, numa ação que vem reforçando a segurança da população, o Governo Municipal de Garanhuns, por meio da Secretaria de Infraestrutura, instalou mais de 900 lâmpadas nas vias públicas do Município. Destas lâmpadas; 400 foram convencionais e outras 500, foram do tipo LED.

Para o caso das 500 LED instaladas durante este primeiro trimestre do ano, os bairros contemplados foram: Magano, Boa Vista, Francisco Figueira (Cohab 2), Liberdade, Aluísio Pinto, Parque Fênix, Manoel Chéu, Dom Helder Câmara (Cohab 3) e José Maria Dourado (a popular Brahma). De acordo com informações da Secretária de Infraestrutura, outras 5 mil luminárias LED serão instaladas em breve na cidade, já que no próximo dia 25, haverá uma licitação para compra delas, com isso, outras áreas serão contempladas com iluminação.

ATUAÇÃO DE BRUNO DA LUZ - Para que o trabalho da Secretaria de Infraestrutura de Garanhuns ocorra de forma efetiva e alcance o maior número de áreas possíveis, com iluminação, seja convencional ou de LED, o trabalho do jovem Gerente de Iluminação da Secretaria, Bruno César (foto), o popular Bruno da Luz, tem sido essencial. Empenhado, ele atende todas as localidades e dentro de um cronograma estabelecido pela Secretaria, após levantadas as necessidades, a atuação de Bruno reverte ganhos à população.

O jovem Gerente de Iluminação, fala sobre a importância dessas instalações. “A luminária de LED é o que se tem de mais moderno em relação à iluminação atualmente. As lâmpadas de LED têm um maior tempo de vida útil do que uma lâmpada convencional. Com esse tipo de lâmpada, passamos a ter uma maior eficiência energética e nossas ruas passaram a ter uma iluminação mais forte, de tonalidade branca. Também conseguimos ter redução de consumo de energia. Com as ruas mais claras, facilita o caminhar da população, ajuda o trabalho da polícia e dificulta as ações dos bandidos”, garante Bruno.
.

.


Oposição de PE cobra explicações de Paulo Câmara e Geraldo Júlio

Silvio Costa: "A oposição exige que os dois, em respeito ao povo do Recife e ao povo de Pernambuco, 
possam responder sobre essa delação da JBS". (Com informações do Jornal do Commercio).

Paulo Veras - Em conversa com o JC na tarde desta sexta-feira (19), o líder da oposição, Silvio Costa Filho (PRB), cobrou uma explicação imediata do governador Paulo Câmara (PSB) e do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), às denúncias de pagamento de propina do diretor da JBS, Ricardo Saud. "Fica cada vez mais comprovado que o PSB usou dinheiro de propina e de caixa dois nas campanhas em Pernambuco", afirmou Silvio. "A oposição exige que os dois, em respeito ao povo do Recife e ao povo de Pernambuco, possam responder sobre essa delação da JBS", cobrou.

REUNIÃO EMERGENCIAL - Por enquanto, a oposição não adianta que medidas vai tomar em relação a delação. Uma reunião emergencial da bancada na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) foi convocada para a próxima segunda-feira (22). Por mais grave que sejam as acusações, a ideia é agir com paciência e aguardar as defesas de Paulo e Geraldo em relação as denúncias; antes de pensar em medidas mais drásticas.

Lava Jato: Governador tenta se explicar sobre propina da JBS

Em nota oficial, Paulo Câmara garante: “Não recebi doação da JBS de nenhuma forma. 
Nunca solicitei e nem recebi recursos de qualquer empresa em troca de favores”.

Nota Oficial do Governador Paulo Câmara

"Venho repudiar, veementemente, a exploração política do depoimento  do delator Ricardo Saud, que, já antecipo, não corresponde à verdade. Não recebi doação da JBS de nenhuma forma. Nunca solicitei e nem recebi recursos de qualquer empresa em troca de favores.  Tenho uma vida dedicada ao serviço público. Sou um homem de classe média, que vivo do meu salário.

Como comprovará quem se der ao trabalho de ler o documento que sintetiza a delação, o próprio delator afirma (no anexo 36, folhas 72 e 73) que nas doações feitas ao PSB Nacional "não houve negociação nem promessa de ato de ofício", o que significa que jamais houve qualquer compromisso de troca de favores ou benefícios. Desta forma, é completamente descabido o uso de expressões como "propina" ou “pagamento”.

Reafirmo a Pernambuco e ao Brasil que todas as doações para a minha campanha foram feitas na forma da lei, registradas e aprovadas pela Justiça Eleitoral".

Paulo Câmara
Governador de Pernambuco