quarta-feira, 5 de abril de 2017

Mesmo estando em Garanhuns, Izaías não receberá o Governador

"Não vou porque já havia agendado outros compromissos", despistou Izaías, ao
falar ao Blog do Magno Martins, na capital Pernambucana, Recife.

Aliado histórico do senador Armando Monteiro Neto (PTB), pré-candidato ao Governo de Pernambuco, o prefeito de Garanhuns, Izaiás Régis (PTB), mesmo estando na cidade, não receberá o governador Paulo Câmara (PSB) amanhã nem tampouco participará do seminário "Pernambuco em ação", etapa do Agreste Setentrional. "Estou mandando o meu vice e três secretários", disse, há pouco, ao blog do Magno Martins, confirmando a decisão de não dar as boas vindas ao Governador Paulo Câmara.

Em Garanhuns, Câmara começa sua agenda às sete da manhã com uma entrevista à rádio Marano e depois inaugura o prédio da Universidade de Pernambuco - UPE. Por volta das dez horas, vai a Brejão para entregar três sistemas simplificados de abastecimento de água. Ao meio dia, visita, em Garanhuns, a estação de tratamento de esgoto. O prefeito garante que seu gesto nada tem a ver com antecipação do palanque de 2018.

"Não vou porque já havia agendado outros compromissos", despistou. Na verdade, Izaías ficará ausente porque todos os adversários que derrotou estarão sendo prestigiados pelo governador, e por ele não querer se misturar a comitiva e aos partidários de Câmara.

DANILO DIZ QUE IZAÍAS É PEQUENO E DESELEGANTE

Em comunicado enviado ao Blog do Magno Martins, o Deputado Federal Danilo Cabral (PSB) saiu em defesa de Paulo Câmara e considerou a atitude do Prefeito de Garanhuns pequena e deselegante. Veja o que ele diz: “Não receber o Governador é um gesto pequeno do prefeito Izaías Regis. Mostra seu verdadeiro tamanho.

É um ato de deselegância com o governador e de desrespeito ao povo de Garanhuns, que elegeu ele prefeito e, nesta condição, tem o dever preservar as relações institucionais entre o município e o governo.

Lamentavelmente, ele ainda não desceu do palanque eleitoral. Os interesses do povo de Garanhuns devem sempre estar acima dessa política pequena. Sempre entendemos desta forma. Tanto é que, mesmo ele sendo prefeito da oposição, ele recebeu recursos do governo Paulo Câmara. As obras do FEM, que ele sempre escondeu, é um exemplo disso.”

Danilo Cabral – Deputado Federal

Paulo e Seminário “Pernambuco em Ação” chegam a Garanhuns

Seminário chega a cidade das flores, e a parte do Agreste Meridional, nesta quinta-feira,
dia 6 de abril; reunindo um grande conjunto de iniciativas governamentais.

O governador Paulo Câmara abre, nesta quinta-feira (06.04), em Garanhuns, a segunda rodada do Pernambuco em Ação. O Seminário chega ao Agreste pernambucano, reunindo um grande conjunto de iniciativas governamentais - que englobam diferentes áreas do Governo de Pernambuco - com o objetivo de contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população local. Na rodada anterior, o Pernambuco em Ação passou por Afogados da Ingazeira, Petrolândia e Arcoverde. Nesta nova etapa, a iniciativa vai contemplar, também, o município de Santa Cruz do Capibaribe, no próximo sábado (08.04).

Antes da abertura do Seminário, no início da manhã, Paulo Câmara visita o terreno onde será construída a Escola Técnica Estadual de Garanhuns, no bairro da Boa Vista. Na ocasião, o chefe do Executivo estadual irá assinar a ordem de serviço para a implantação do equipamento, que vai custar um total de R$ 11 milhões. A ETE Ariano Vilar Suassuna terá uma área total de 11 mil metros quadrados, com prazo de conclusão das obras de 18 meses. Ao todo, 1.300 estudantes serão beneficiados com a nova unidade. Assim como as demais ETEs, a estrutura vai contemplar 12 salas de aula, secretaria, arquivo, almoxarifado, hall de acesso, diretoria, coordenação, banheiros, biblioteca, sala dos professores, laboratório de informática, laboratório de ciências, laboratório de física/matemática, cozinha, despensa, serviço, recreio coberto/refeitório, quadra coberta e laboratórios especiais.

À tarde, no bairro de Heliópolis, Paulo inaugura a primeira etapa do Sistema de Esgotamento Sanitário de Garanhuns. Com investimentos de R$ 19 milhões, a intervenção vai beneficiar um total de 16.500 habitantes dos bairros de Loteamento Massaranduba, Vila Lacerdópolis, Vila do Quartel e Novo Heliópolis (Indiano e COHAB I). O Sistema é composto por 22.559 m de Rede Coletora, 18.804 m de Ramais de Calçada, 4.035 m de Ramal Condominial, 02 Estações Elevatórias e 01 Estação de Tratamento de Esgoto.
.

Ainda no Agreste Meridional, o governador entrega um importante conjunto de ações para fortalecer o abastecimento hídrico e a agricultura familiar do município de Brejão. Serão inaugurados seis sistemas simplificados de abastecimento de água na cidade, levando água de qualidade até a casa de moradores da zona rural. Ao todo, foram investidos R$ 3,5 milhões, beneficiando 729 famílias das comunidades Sítio Vista Alegre I, Vista Alegre II, Curiquinha, Sítio Repartição de Baixo, Repartição do Meio e Repartição de Cima.

Também será assinada, em Brejão, a ordem de serviço para perfuração de nove poços artesianos em comunidades rurais dependem do abastecimento via caminhões pipa. Para esta obra, serão investidos R$ 115 mil. Para os agricultores familiares do Assentamento Estadual da Comunidade Vista Alegre, serão entregues 54 títulos de Concessão de Direito Real de Uso da Terra.

       A iniciativa vai beneficiar cerca de 270 pessoas assentadas em uma área de 464 hectares, que tem como fonte de renda a produção de frutas e, também, a criação de caprinos, ovinos, suínos e bovinos. O governador autoriza, ainda, a liberação da distribuição de 32 mil quilos de alimentos e 146 mil litros de leite, ao longo de 2017, por meio dos programas de Aquisição de Alimentos (PAA Alimentos) e Leite de Todos (PAA Leite). Juntas, as ações vão custar R$ 387 mil e beneficiar 425 famílias do município.
.

Na Câmara: Danilo destaca “Pernambuco em Ação” em Garanhuns

“Nosso partido faz política e governo escutando o povo, e é isso que vamos fazer amanhã 
em Garanhuns e, no sábado, dia 8, em Santa Cruz do Capibaribe”, discursou Danilo na Câmara.

Em discurso promovido na Câmara dos Deputados, nesta quarta-feira, dia 5, o Deputado Federal Danilo Cabral, do PSB de Pernambuco, destacou a realização de mais uma etapa do “Pernambuco em Ação" - seminário de prestação de contas do Governo do Estado, que será realizado nesta quinta-feira (6), em Garanhuns, no Agreste Meridional. O governador Paulo Câmara e uma grande comitiva estarão na cidade, bem como na Região Agreste Meridional, onde apresentam os resultados da gestão; fazem entregas, e ouvem demandas da população da cidade e da região.

A fala ocorreu durante visita do governador ao Congresso Nacional na tarde desta quarta-feira (5). “Nosso partido faz política e governo escutando o povo e é isso que vamos fazer amanhã em Garanhuns e, no sábado (8), em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste Setentrional, minha região”, discursou Danilo Cabral. O deputado ressaltou que, na primeira rodada do Pernambuco em Ação, no Sertão, o governador Paulo Câmara fez entregas na ordem de R$ 130 milhões. Segundo Danilo, esses investimentos ajudam Pernambuco a atravessar esse duro momento que vive o Brasil. 

"O governador foi um dos que fez seu dever de casa nos dois primeiros anos do mandato, fazendo os ajustes necessários para que a gente pudesse chegar a esse momento com o Estado em pé, diferentemente de outros estados que faliram”, afirmou. Danilo disse também que, a partir de agora, o governo, após obter o equilíbrio fiscal, entra em um novo momento, o de fazer entregas à população. “No Agreste, por exemplo, serão inauguradas obras de abastecimento d’água para o mundo rural e na área de educação”, citou.

Danilo Cabral retorna de Brasília na manhã desta quinta-feira e segue direto para Garanhuns para se incorporar à agenda do governador. O seminário Pernambuco em Ação ocorrerá à tarde, mas antes Paulo Câmara cumprirá agenda de visitas e inaugurações.

Temer garante a Paulo, que não cortará recursos de obras hídricas

Presidente também garantiu ao Governador, nesta quarta-feira (5), que está ouvindo as bancadas no 
Congresso Nacional, para que a Reforma da Previdência, possa sofrer algumas mudanças.

BRASÍLIA - O Governador do Estado de Paulo Câmara, do PSB, se reuniu na manhã desta quarta-feira, 05 de abril, no Palácio do Planalto, em Brasília, com o presidente Michael Temer, do PMDB. Paulo atendeu convite do presidente para a conversa. Entre os assuntos tratados na reunião, que durou cerca de 1 hora, a Reforma da Previdência, o andamento das obras hídricas de Pernambuco e a autonomia do Porto de Suape.

"O presidente Temer me revelou que o deputado federal Arthur Oliveira Maia (PPS-BA), relator da matéria, está ouvindo as bancadas no Congresso Nacional e que vai promover mudanças na proposta de Reforma da Previdência encaminhada pelo Governo Federal". Em resposta, Paulo disse que reconhece a necessidade da Reforma, mas falou ao presidente das preocupações dos governadores do Nordeste com relação à assistência social do trabalhador rural e o acesso ao Benefícios de Prestação Continuada. "A Reforma não pode prejudicar os mais vulneráveis", defendeu o Governador ao Presidente.

"Também pedi ao presidente que o Governo Federal deixasse as obras hídricas de fora do contingenciamento. No sexto ano consecutivo de seca no Nordeste, o que precisamos é acelerar as obras em andamento para que a população de Pernambuco e dos outros Estados do Nordeste diminuam o sofrimento causado pela falta d'Água". Segundo o governador de Pernambuco, o presidente Temer garantiu a priorização para não haver redução dos recursos para os projetos hídricos.

Outro assunto abordado por Paulo Câmara foi o retorno da autonomia do Porto de Suape, tirada pelo Governo Federal em 2013. Segundo o presidente Michel Temer, em breve o Governo estará publicando decreto que devolverá a Suape a competência para condução de estudos, a elaboração dos editais, a realização dos procedimentos licitatórios e a celebração dos contratos relativos aos arrendamentos portuários.

Declaração de Izaías sobre concurso da Guarda revolta aprovados

Semana passada, Prefeito declarou que não irá convocar os aprovados no concurso e que irá realizar uma 
seleção temporária. Segundo a Comissão da Reserva, a seleção é vedada pela Lei Federal 13.022

Na sexta-feira passada, o Blog do Gidi Santos trouxe à tona, um impasse que envolve o Prefeito Izaías e 121 candidatos aptos à fazerem o curso de formação da Guarda Municipal de Garanhuns. Estes 121 aprovados, fizeram a primeira e segunda etapa do concurso realizado pela Prefeitura em março de 2015; que correspondem as provas de conhecimento objetivo; exames médicos, psicotécnicos e os de aptidões físicas.

Como a Prefeitura homologou o resultado final do certame da guarda com apenas 66 nomes; que destes, apenas 59 concluíram a última etapa, os outros 121 candidatos aprovados, ficaram sem a nota final do concurso; já que para os cargos de Guarda Municipal, a classificação final do certame, que também determinaria os aprovados; que ficariam em status de cadastro de reserva, dependia, de acordo com o edital; da soma da ordem decrescente da média aritmética simples da nota da Prova Objetiva e da nota final do curso de formação; assegurado no Item 7.2.

Por não terem obtido a nota final, estes 121 candidatos ficaram impedidos de compor o cadastro de reserva da Guarda, para assim, 30 deles, serem convocadas a trabalhar, já que o Prefeito Izaías demonstrou esse interesse, em recente entrevista.

Na sexta-feira passada, em entrevista exclusiva ao Blog do Gidi Santos, o Prefeito Izaías se mostrou solidário aos apelos do grupo de aprovados, todavia, o chefe do executivo garanhuense, descartou qualquer possibilidade deles serem chamados ao curso de formação da guarda, e assim comporem a reserva. De acordo com Prefeito, a publicação da portaria convocando os 60 primeiros candidatos; impede que mais alguém seja chamado ao curso de formação (relembre a reportagem clicando AQUI).

Segundo Izaías, uma seletiva temporária, para habilitar a atuação de novos guardas será realizada em breve para aumentar o efetivo. O certame, terá duração de dois anos. Régis também pretende armar a guarda, para que a atuação de uma patrulha nos bairros da cidade, possa ser direcionada a pequenos delitos.

DECLARAÇÃO DE IZAÍAS REVOLTA APROVADOS NO CONCURSO
.

      Depois das declarações do Prefeito Izaías ao Blog do Gidi Santos, na sexta-feira passada, a comissão que representa a reserva da Guarda Municipal de Garanhuns (candidatos que fizeram o concurso, foram aprovados, classificados e estão aptos para fazer a formação), manteve contato com o Blog do Gidi Santos para esclarecer outros pontos com relação ao concurso de 2015.

De acordo com a comissão, e ao contrário do que disse semana passada o Prefeito: não há no edital da guarda municipal; redação que defenda que 33 vagas seriam homologadas, junto a outras 33; que equivaleria a 100% de cadastro de reserva.

Além disso, na comunicação enviada pelos candidatos ao Blog do Gidi Santos, eles defendem que o resultado final do concurso poderia ser bem diferente do que consta hoje. “Como a nota final dependia do curso de formação, muita gente que está trabalhando hoje, poderia ter ficado abaixo da posição 59; que foi o último chamado pelo Prefeito e assim, ter ficado na reserva”, defende o grupo.

Um outro ponto discutível, é que, de acordo com a comissão da reserva, o concurso que possui curso de formação como etapa classificatória, poderá ter homologação parcial de seu resultado; ou seja, os aprovados nas demais etapas, poderão ser convocados a qualquer momento dentro da validade do concurso para fazer o curso de formação; sendo homologado em seguida. Isso acontece em concursos, por exemplo, da polícia militar e de guardas municipais, em todo o Brasil, por possuírem um grande número de aprovados.

Com relação ao fato do Prefeito Izaías dizer que irá realizar, em breve, uma seletiva temporária para 30 guardas, a comissão discorda da legalidade do ato. “Depois que foi aprovada a Lei Federal 13.022, a Guarda Municipal ganhou autonomia, sendo efetivada como Policia Municipal. Essa lei veda a entrada na Guarda de terceirizados e também veda o chamado processo seletivo. Só poderão ocupar o posto de Guarda, pessoas devidamente aprovadas em concurso público. Isso também é defendido no Estatuto da Guarda Municipal de Garanhuns”, assegura a comissão.

De acordo com o grupo, o Prefeito Izaías comete uma das maiores injustiças já vistas em um concurso público realizado aqui no município; ao não convocar nenhum candidato aprovado da guarda municipal; e ao abrir uma seleção simplificada para convocar 30 homens de forma temporária para suprir as necessidades da Guarda no município. A declaração de Régis, revoltou os integrantes do grupo. A comissão da reserva diz está aberta ao diálogo, no entanto, para o caso do Prefeito seguir adiante com a seleção temporária, eles  pretendem acionar o Ministério Público Federal em Pernambuco (MPF).

Vale lembrar, que de acordo com a Comissão da Reserva da Guarda, o Ministério Público de Pernambuco aqui em Garanhuns, através do Dr. Domingos Sávio Pereira Agra, já se pronunciou sobre o caso, afirmando que não há impedimento, para as convocações. Quanto ao Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE), o órgão assegurou a Comissão da Guarda, que não verificou a existência de deliberação interna, no sentido de impedir a convocação de candidatos aprovados no concurso da Guarda da Prefeitura Municipal de Garanhuns; ao contrário do que garantiu o Prefeito, semana passada.
     
               Ouça, abaixo, a entrevista concedida ao Arraiá de Gláucio Costa, na
             Marano FM, na manhã de hoje, quarta-feira, dia 5, por dois integrantes
             da Comissão da Reserva da Guarda, Arthur Cézar e Adeildo