terça-feira, 4 de abril de 2017

Governador estará em Garanhuns na próxima quinta-feira, dia 6

Vinda de Paulo, ocorre em razão do desembarque, na terra das Flores, do Seminário Pernambuco 
em Ação. Mesmo estando na cidade, Prefeito Izaías não comparecerá ao seminário.

O Governador do Estado de Pernambuco Paulo Câmara estará em Garanhuns na próxima quinta-feira, dia (6). A vinda de Paulo a cidade, ocorre em razão do desembarque na terra das Flores, do Seminário "Pernambuco em Ação" - programa em que Paulo irá visitar cidades do Estado para justificar o que não foi feito até agora – como dizem os adversários; - e para repactuar os projetos - como dizem os governistas.

       Antes do seminário, porém, pela manhã, as sete horas, Câmara concederá entrevista a Rádio Marano FM. As oito horas, o chefe do executivo estadual inaugura o novo prédio da Universidade de Pernambuco (UPE), no bairro Magano. As 9, Paulo visita o terreno que abrigará a nova Escola Técnica Estadual de Garanhuns, Ariano Vilar Suassuna, localizado no mesmo espaço onde atualmente são abrigadas as instalações do Parque de Exposições Senador Paulo Guerra; em frente a Universidade Federal Rural de Pernambuco. 

As 10 horas, o gestor do executivo estadual segue para a cidade de Brejão, onde na ocasião irá inaugurar 6 sistemas simplificados de abastecimento de água. Ao lado da prefeita Beta Cadengue, do PSB, do ex-prefeito Sandoval Cadengue e de políticos da região, o Socialista também fará a entrega de títulos de propriedade a trabalhadores rurais do município. A ação, segundo a assessoria da Prefeita, beneficiará pequenos agricultores, que terão acesso a políticas públicas rurais e benefícios sociais.

Paulo retorna a Garanhuns, por volta das 11:50, para visitar a estação de Tratamento de Esgoto da cidade. Em seguida, as 12:20, ele concede entrevista a rádio Sete Colinas FM. Já no início da tarde, as 14 horas, será dado inicio ao seminário "Pernambuco em Ação", na instalações da Associação Garanhuense de Atletismo (AGA). Lá o Governador deve anunciar o início e previsão para término das obras da Escola Técnica Estadual de Garanhuns, Ariano Vilar Suassuna. Também no seminário, o Governador deve prestar constas das ações executadas pelo Governo do Estado aqui em Garanhuns.

Mesmo estando na cidade, o Prefeito Izaías não comparecerá ao seminário. Representando o Governo Municipal no evento, estarão o vice Prefeito Haroldo Vicente, o Secretário de Governo, Articulações Políticas e Ouvidoria, Méwitton Araújo e o Controlador Geral do Município, Glauco Brasileiro.
.

Obra da Escola Técnica de Garanhuns começa nos próximos dias

ETE Ariano Suassuna, como foi nomeada, será construída na Avenida Bom Pastor, bairro da Boa 
Vista, no mesmo terreno onde esta localizado o Parque de Exposição Senador Paulo Guerra.

As ações para construção da Escola Técnica Estadual (ETE) de Garanhuns começaram a ganhar forma durante esta semana. Em visita realizada ontem (3) a cidade das flores, o Secretário Executivo de Gestão da Rede da Secretaria de Educação de Pernambuco, João Charamba, e a gerente da GRE do Agreste Meridional, Adelma Elias, conferiram o terreno onde será construída a escola e demandaram os ajustes necessários ao projeto, de forma a atender melhor à comunidade de Garanhuns.

A visita foi acompanhada por Analistas de Obras da Secretaria de Educação e pelos representantes da construtora responsável pela execução da obra. De acordo com eles, a comunidade deve perceber, já nos próximos dias, as primeiras movimentações de início das obras. O anúncio oficial será dado pelo Governador do Estado Paulo Câmara no seminário “Pernambuco em Ação”, que chega a Garanhuns na próxima quinta-feira, dia 6 de abril.

A ETE Ariano Suassuna, como foi nomeada, será construída na Avenida Bom Pastor, bairro da Boa Vista, no mesmo terreno onde esta localizado o Parque de Exposição Senador Paulo Guerra; em frente à Unidade Acadêmica da Universidade Federal Rural de Pernambuco, daqui de Garanhuns (UAG-UFRPE).

A estrutura da escola contemplará um bloco administrativo, um bloco pedagógico – com 12 salas de aula, biblioteca, auditório e laboratórios –, quadra poliesportiva e espaços de convivência. Esta será a terceira unidade escolar destinada ao ensino técnico profissionalizante no Agreste Meridional. A região já foi beneficiada com ETEs nos municípios de Lajedo e São Bento do Una.
.

OBRA DESTRAVADA – Uma atuação em conjunto por parte da Gestora da Gerência Regional de Educação, Adelma Elias, do Presidente da Associação de Avicultores de Pernambuco (Avipe), Edival Veras, do Reitor da Universidade de Pernambuco (UPE), Pedro Falcão, junto ao ex-vereador Mário Faustino (foto abaixo), desencadeou a definição da área que comportará a nova Escola Técnica Estadual aqui em Garanhuns (Relembre AQUI). Ainda em novembro do ano passado, Mário formou a Comissão “Eu Sou Mais Garanhuns” e através dela e dos envolvidos, foi realizado um levantamento topográfico do terreno onde esta localizado o Parque de Exposição Senador Paulo Guerra. Em posse desses dados e sabendo que aquela área pertence ao Governo do Estado, técnicos da Secretaria Estadual de Educação confirmaram a viabilidade da instalação da ETE naquele espaço.
.

Garanhuns: intensificada fiscalização de mototáxistas clandestinos

Efetivo de agentes de trânsito permanecerá realizando a ação semanalmente, em pontos e 
horários estratégicos da área urbana da cidade. (Cloves Teodorico – Secom – PMG).

A Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT), dando continuidade às ações de combate ao trabalho clandestino do serviço de mototáxi, realizou, na manhã desta terça-feira (4), uma blitz especial no bairro Boa Vista. As abordagens aconteceram na rua São Miguel – principal via de acesso ao centro da cidade. Ao todo, 56 condutores foram abordados pelos agentes da Autarquia.

Os números registrados na blitz foram divulgados na tarde de hoje. De acordo com os dados, cinco motoristas foram notificados por conduzir pela contramão, quatro por conduzirem sem possuir a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), três estavam com o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) atrasado; duas notificações por condução de passageiros no compartimento de carga foram registradas, e outra por transporte irregular de passageiros, além de quatro remoções para o depósito da AMSTT.

O efetivo de agentes de trânsito permanecerá realizando a ação semanalmente, em pontos e horários estratégicos da área urbana de Garanhuns. “O trabalho é contínuo. Atuamos tanto a pé, como com as viaturas dando o apoio. A proposta é combater a atuação clandestina do serviço na cidade, além de passar mais segurança à toda população”, registra o diretor de transportes da autarquia, Davi Xavier.
.

Armando: “não preciso de licença de Lula para falar com oposição”

Até 2016, Armando matinha uma relação próxima com o PT. Após o impeachment de Dilma, o Senador iniciou
uma aproximação com o PSDB e DEM no Estado. (Fonte: Mariana Araújo – Jornal do Commercio).

O senador Armando Monteiro (PTB) afirmou, ontem, que não “precisa pedir licença” ao ex-presidente Lula para conversar com forças políticas opositoras ao PT em Pernambuco. A declaração do senador vem após a divulgação da pesquisa do Instituto de Pesquisa Uninassau que mostrou 65% das intenções de votos dos pernambucanos para o petista. No entanto, ao elogiar o resultado de Lula - para ele era esperado - deixa portas abertas também para retomar a aliança com o PT.

Até 2016, Armando matinha uma relação próxima com o PT, principalmente por ter sido ministro de Desenvolvimento e Comércio Exterior da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Após deixar o cargo, com o impeachment da petista, Armando iniciou uma aproximação com o PSDB e DEM no Estado. O senador, no entanto, nega que já tenha firmado uma aliança para a eleição de 2018, para a qual é apontado como pré-candidato.

“Não faz sentido que, para conversar em Pernambuco, tenha que pedir licença”, disse Armando. “Não me afastei nem me aproximei. É a mesma posição que sempre tive”, afirmou, em outro trecho da entrevista.

O petebista afirmou, ainda, que não se pauta por pesquisa para definir possíveis alianças e nega que tenha se afastado de Lula e do PT. “Apenas no plano regional abri diálogo com forças políticas que se descolaram do PSB. Não existe aliança definida. Não fiz opção sobre alianças no plano nacional ou regional. Não é uma pesquisa que vai definir meu alinhamento ou desalinhamento”, acrescentou.

O senador afirmou, ainda, que os diálogos que mantém com nomes como Mendonça Filho (DEM) e Bruno Araújo (PSDB) são feitos com “naturalidade” e quem reconhece a “força política”. “Pode resultar ou não em alianças. Pode ter mais de uma candidatura no campo da oposição em Pernambuco”, pontuou.

PESQUISA - Para o senador, a pesquisa reflete os investimentos que o ex-presidente realizou, em seu governo, em Pernambuco. “Há uma série de elementos de identificação forte por parte dos pernambucanos. Mesmo com a crise, fica um legado, como a refinaria, a retomada da indústria naval, a fábrica da Jeep, parcerias feitas também com o governo de Eduardo Campos, além dos programas sociais que ele (Lula) implantou”, avalia o petebista.

Armando analisa, também, que a alta reprovação do governo de Michel Temer (PMDB) entre os pernambucanos e os baixos índices de votação alcançados por outros adversários do ex-presidente contribuem para o seu crescimento. “Alimenta a posição de Lula e a identificação como outro polo político. A debilidade (dos adversários) é, ao mesmo tempo, causa e efeito”, declarou.
.

"Não me pauto por Pesquisa", diz Paulo sobre sua rejeição de 74%

Segundo o levantamento, publicado no domingo pelo JC, 74% dos pernambucanos desaprovam a 
atual administração e apenas 16% estão satisfeitos com o Governo. (Jornal do Commercio).

Em meio às críticas de seus opositores, após a divulgação da pesquisa de popularidade do seu Governo, divulgada pelo Instituto de Pesquisa Uninassau durante o final de semana que passou, o governador Paulo Câmara (PSB) evitou rebater os números e afirmou que faz o trabalho sem se pautar por sondagens.

"Não me pauto por pesquisa, nunca me pautei. Tenho um trabalho a fazer. O momento é de muita dificuldade. A gente viu o que está acontecendo nos outros Estados. Pernambuco está de pé, trabalhando e buscando melhorar os serviços públicos", afirmou o socialista, ontem, após a posse da nova Mesa Diretora do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5). Paulo evitou se estender sobre o assunto, em contraste à forte reação do PSB no fim de semana com a divulgação da pesquisa.

Segundo o levantamento, publicado no domingo pelo JC, 74% dos pernambucanos desaprovam a atual administração e apenas 16% estão satisfeitos com o Governo. Os outros 10% não souberam ou não quiseram responder. A pouco mais de um ano da disputa eleitoral, a pesquisa também apontou Paulo como o pior governador da história de Pernambuco, segundo 42,3%.

O resultado causou irritação na base do governo na Assembleia Legislativa (Alepe). Entre os parlamentares, ontem, já houve quem admitisse, em anonimato, que o governador pode se inviabilizar, abrindo espaço para a tese de uma "candidatura alternativa" em 2018. Há quem tema uma briga interna no PSB entre o prefeito do Recife, Geraldo Julio, e o senador Fernando Bezerra Coelho. Desde o final de semana, governistas se queixavam dos problemas de comunicação do governo e do isolamento de Paulo, que não teria posição clara sobre temas polêmicos, como reforma da previdência e terceirização.

No domingo, o PSB, soltou uma nota assinada pelo presidente estadual da legenda, Sileno Guedes, questionando a entidade que realizou a sondagem. No texto, ele destaca que o "instituto nunca acertou nada em Pernambuco" e critica o senador Armando Monteiro Neto (PTB), um dos nomes que se colocam como candidato em 2018. Apesar da afirmação, nas últimas eleições, a Uninassau acertou todos os resultados, inclusive os que mostravam vitórias dos socialistas.