sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Izaías busca solução para o Transporte Alternativo em Garnhuns

Durante reunião entre o Executivo e Associações de Transporte Intermunicipal, uma minuta para criação de
uma lei que regulamente o serviço na cidade foi entregue ao Prefeito. (Blog do Roberto Almeida).

Duas reuniões foram realizadas esta semana para tentar encontrar uma solução que favoreça todas as partes, com relação à circulação dos transportes alternativos em Garanhuns. Representantes da Cooperativa de Transporte Alternativo de Arcoverde e da Cooperativa de Transporte Complementar Intermunicipal de Passageiros do Agreste Meridional de Pernambuco (Coopame); o presidente da AMSTT, Elielson Pereira; o executivo da AMSTT, Adilson Sulene; estiveram reunidos com o prefeito Izaías Régis (PTB),  em seu gabinete,  para conversar sobre a regularização do transporte não convencional.

Na ocasião, foi entregue ao prefeito uma minuta para criação de uma lei que regulamente o serviço no município. O petebista solicitou à AMSTT a apreciação da minuta e a verificação do serviço em outros municípios onde já existe a regularização, para nortear o procedimento em Garanhuns. “Nós apresentamos uma proposta de regulamentação, para que haja uma melhoria do sistema operacional dentro de Garanhuns. Com esse projeto, nós podemos resolver os problemas que estão acontecendo com a categoria, além de trazer melhorias para os permissionários de Garanhuns”, explicou André de França, presidente da Cooperativa de Transporte Alternativo de Arcoverde.

Na manhã de quarta-feira, dia 8, houve uma nova reunião na sede da AMSTT com representantes da Coopame. A Autarquia acordou com a Cooperativa alguns possíveis pontos de desembarque, de acordo com a necessidade dos transportes e atendendo às normas legais do exercício da atividade. Segundo o presidente da AMSTT, Elielson Pereira,  este é o momento de avaliar cada sugestão. “Recebemos as cooperativas e conversamos sobre o disciplinamento deste tipo de serviço no município de Garanhuns. No momento queremos achar formas viáveis de resolver esta demanda urgente. Em um futuro breve esperamos implantar esta lei e regulamentar o exercício da atividade”, ponderou.

Além disso, representantes jurídicos da Autarquia explicaram alguns pontos da minuta apresentada e as possibilidades de melhoria na redação para as devidas adequações. A AMSTT se comprometeu em avaliar cada ponto apresentado a fim de viabilizar a circulação dos transportes até que seja concluído o processo de regularização na cidade.

Tratamento de esgoto em Garanhuns servirá para cultivo de plantas

Trabalho realizado pela Compesa com o apoio técnico da Universidade Federal Rural de 
Pernambuco, vai avaliar o desenvolvimento das espécies que serão irrigadas com o efluente tratado.

Com o apoio técnico da UFRPE, a Compesa iniciou o projeto na Estação de Tratamento de Esgoto Garanhuns, para cultivar espécies de plantas ornamentais e florestais. Aqui no município, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) inicia um projeto de reuso de efluentes gerados pela Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) para a produção de plantas ornamentais e espécies florestais.

O trabalho, realizado com o apoio técnico da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), vai avaliar o desenvolvimento das espécies que serão irrigadas com o efluente tratado, além de testar a viabilidade técnica e ambiental de produção vegetal diretamente no solo, sem causar nenhum tipo de impacto ambiental. A ideia é promover a urbanização e paisagismo na unidade operacional utilizando as espécies cultivadas na própria Estação de Tratamento de Esgoto de Garanhuns.

De acordo com o diretor de Articulação e Meio Ambiente da Compesa, Aldo dos Santos, o projeto-piloto poderá ser reproduzido em outras unidades da companhia. “A nossa ideia é desenvolver o paisagismo das unidades operacionais, buscando tornar esses espaços mais agradáveis para os nossos colaboradores e também para a população”, explica o diretor, pontuando que, no momento atual de crise hídrica no estado, o projeto traz uma alternativa de economia de água, que seria utilizada na irrigação, por meio do reaproveitamento dos efluentes tratados na ETE.

Hoje, os efluentes produzidos na ETE Garanhuns, que realiza o tratamento do volume de esgoto produzido por 18 mil pessoas, são transportados e lançados no Rio Canhoto. “Parte dos nutrientes que as plantas necessitam também está presente nos efluentes tratados, assim é possível reduzir o uso de químicos no cultivo, e também evitar a poluição das águas e do solo. Os efluentes tratados pelas nossas unidades atendem todos os parâmetros exigidos pela legislação brasileira”, informa a engenheira ambiental da Compesa, Luane Lins da Silva

No último dia 30, foram realizados estudos topográficos e altimétricos da área que abrigará o projeto, bem como a delimitação do terreno – com 500 metros quadrados de área – e a coleta de solo para realização de ensaios físico-químicos e de fertilidade. Todas as análises serão realizadas nos laboratórios de Física do Solo e Fertilidade da UFRPE, campus Recife. Até o final do mês de março, o plantio deve ser iniciado. A Compesa já desenvolve projeto semelhante na ETE Caruaru, que faz o reuso dos efluentes para a produção de espécies florestais e agrícolas.

Estiagem gera situação de Emergência na Área Rural de Garanhuns

Entre os motivos levados em consideração para decretar o estado de emergência estão: 
redução das chuvas e a queda das reservas hídricas. (Cloves Teodorico – Secom – PMG).

A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec) prorrogou a situação de emergência decretada para a área rural de Garanhuns por causa da estiagem. O documento, que oficializa o ato, foi publicado no Diário Oficial dos Municípios de Pernambuco nesta semana. Entre os motivos levados em consideração estão, além da redução das chuvas, a queda das reservas hídricas e necessidade de auxílio de programas de órgãos estaduais e federais.

Com a seca que vem afetando de maneira severa a região Nordeste nos últimos anos, os prejuízos ultrapassam barreiras naturais. O parecer da Defesa Civil ressalta, ainda, os impactos sociais e econômicos provocados. O setor agropecuário é um dos mais vulneráveis – a produção de feijão teve queda superior a 55%; já a perda do milho ficou em torno dos 70% plantados entre os meses de maio e junho (período de plantio), no último ano.

Outro fator que baseou o decreto foi o levantamento de dados climatológicos, preparado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, embasado nas previsões meteorológicas da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac). Os números mostram que a precipitação, entre fevereiro e dezembro de 2016, ficou em apenas 37,92mm, enquanto a média, nessa década, foi de 70,58mm – uma redução de 46,3%.

    No ano passado, a Defesa Civil de Garanhuns também decretou, por duas vezes, situação de emergência por causa da estiagem prolongada. Neste ano, além de Garanhuns, o Diário Oficial do Estado do último dia 30 de janeiro mostra que outros 69 municípios também estão no mesmo quadro de atenção.
.

Secretaria de Educação publica Edital de Seleção para Professores

Inscrições para o processo seletivo serão gratuitas e realizadas exclusivamente na Secretaria Municipal de
Educação de Garanhuns, entre os dias 16 a 20 de fevereiro de 2017. (Camila Juliete – Secom – PMG).

Em razão da necessidade de contratação para substituição temporária de professores efetivos, níveis I e II, por afastamento de licença prêmio, licença médica, licença para trato de interesse particular, licença para estudo, férias e readaptação temporária face a necessidade de continuidade, dos serviços, a Secretaria de Educação publicou no diário oficial de hoje (10) um edital de seleção simplificada para contratação temporária.

O preenchimento das vagas, ocorrerá de acordo com as necessidades da Rede Municipal de Ensino, de acordo com os afastamentos dos servidores de provimento efetivo. Cinco por cento do total das vagas serão destinadas para pessoas com deficiência (PCD). As inscrições para o processo seletivo serão gratuitas e realizadas exclusivamente na Secretaria Municipal de Educação de Garanhuns, situada à Rua Siqueira Campos, s/n, do dia 16 a 20 de fevereiro de 2017, das 08h às 12h e das 14h às 17h.

No ato da inscrição o candidato deverá informar dados pessoais e fornecer cópias dos documentos da carteira de identidade, CPF, comprovante da última votação eleitoral, comprovante de endereço, certificado de reservista (para os candidatos do sexo masculino até o limite dos 45 anos), curriculum vitae de forma detalhada (identificação dos títulos e especialmente da carga horária dos cursos de aperfeiçoamento, seminários e a experiência profissional), duas fotos 3x4, documento que comprove a escolaridade em conformidade com a habilitação exigida, comprovação de títulos e de experiência profissional.

O candidato é o único responsável pelos dados apresentados em seu requerimento de inscrição, bem como pelo seu preenchimento. Não serão aceitas, sob nenhuma hipótese, inscrições em caráter condicional, realizadas via postal, por fax, por procuração, extemporâneas ou em desacordo com as normas do edital que está disponível em http://www.diariomunicipal.com.br/amupe/. O resultado final do processo seletivo estará disponível no dia 07 de março, a partir das 17h, na Secretaria de Educação. 

Paulo recebe Rodrigo Maia, Presidente da Câmara dos Deputados

Câmara aproveitou o encontro e convidou Maia para participar da reunião dos governadores 
em Brasília, na próxima quarta-feira (15). ( Imprensa / PE / Foto: Wagner Ramos / SEI).

O governador Paulo Câmara recebeu, nesta sexta-feira (10.02), no Palácio do Campo das Princesas, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. Paulo aproveitou o encontro e convidou Maia para participar da reunião dos governadores em Brasília, na próxima quarta-feira (15/02). "Estamos em um momento delicado para o País e só vejo saída passando pela união nacional. Na próxima semana, vamos discutir projetos nacionais, que atingem todos os Estados. Tenho dito que um dos grandes desafios deste ano é a segurança pública e a questão do desemprego. Temos que nos unir, mas sempre observando as especificidades regionais", declarou Paulo Câmara.

O encontro da próxima semana ocorrerá na residência oficial do Governo do DF, na Capital Federal, a partir das 12h. Na pauta, as deliberações sobre a repatriação e a convalidação de incentivos fiscais. "Devemos articular para colocar em pauta a repatriação já na próxima quarta-feira. Já a convalidação é importante porque trata de empregos que foram gerados em quase todos os estados brasileiros. E muitos desses benefícios já vencem no próximo ano, e é um risco do Supremo tomar uma decisão e invalidar todos esses investimentos de grandes e médias empresas em todo o Brasil", afirmou Maia.

O presidente da Câmara dos Deputados disse, ainda, que os projetos têm muita chance de passarem na Casa. "A repatriação dará um fôlego neste primeiro semestre aos governadores e prefeitos, como deu no ano passado. Já a convalidação dá segurança jurídica para empresários que querem voltar a investir tenham tranquilidade para fazer esses investimentos com a  certeza de que não serão parados no meio do processo", complementou. Maia estava acompanhado na reunião dos deputados federais pernambucanos, Tadeu Alencar e Fernando Monteiro.