quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Governador de Pernambuco empossa novos Secretários Estaduais

Para o chefe do Executivo estadual, as mudanças trazem um novo gás para a equipe. Nesta quinta, 
o governador deu posse a três novos secretários estaduais e ao novo presidente de Suape.

O governador Paulo Câmara empossou, na tarde desta quinta-feira (19), no Palácio do Campo das Princesas, no Recife, três novos secretários, além do presidente do Complexo Industrial e Portuário de Suape. Para a pasta de Desenvolvimento Econômico, o chefe do Executivo estadual nomeou o vice governador Raul Henry (foto 1). Marcos Baptista (foto 2) assumiu Suape deixando a Secretaria de Habitação aos cuidados do gestor Bruno Lisboa (foto 3). Roberto Franca (foto 4) migrou da presidência da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) para a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, em substituição ao deputado Isaltino Nascimento, que agora retorna para a Assembleia Legislativa de Pernambuco, onde assume a liderança do Governo.

Para o chefe do Executivo pernambucano, as mudanças são naturais e trazem um novo gás para a equipe. "São pessoas experientes, que tem compromisso público e a nossa confiança. As secretarias de Desenvolvimento Econômico, Social e Habitação, além de Suape, estão bem representadas e, com certeza, os novos gestores vão dar conta do recado", assegurou o governador. Paulo reiterou ainda que os recém empossados secretários darão continuidade às ações já iniciadas nas pastas. "Eles vão substituir pessoas que se dedicaram muito ao nosso Governo", completou.

Com uma larga experiência no campo econômico e na gestão pública, o vice governador Raul Henry afirmou que continuará trabalhando pelo Estado. Raul reafirmou que Pernambuco vai voltar a ocupar o lugar de protagonismo no cenário econômico do Nordeste. "Estamos em uma localização geográfica privilegiada, tem capital humano e a melhor escola pública do País. Então, nós temos um conjunto de condições estruturais e, com a volta da confiança, temos condições de sair dessa crise", pontuou Raul.
.

LUTO: Morre Teori Zavascki, Ministro Relator da Lava Jato no STF

Ministro morreu no começo da tarde desta quinta-feira, 19 após a queda de um avião de 
pequeno porte em que ele viajava no litoral de Paraty, no Rio de Janeiro. (Fonte: Carta Capital).

Relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), o Ministro Teori Zavascki morreu no começo da tarde desta quinta-feira 19, após a queda de um avião de pequeno porte no litoral de Paraty, no Rio de Janeiro. Outras três pessoas também estavam a bordo. O ministro, de 68 anos, estava de férias. A informação da morte foi confirmada pelo filho de Zavascki, Francisco Prehn Zavascki, pelo Facebook. "Caros amigos, acabamos de receber a confirmação de que o pai faleceu! Muito obrigado a todos pela força!", escreveu.

De acordo com informações da assessoria de imprensa da Força Aérea Brasileira (FAB), o ministro e mais três passageiros estavam a bordo do avião modelo Beechcraft C90GT, que decolou do aeroporto Campo de Marte, em São Paulo. A aeronave teria caído no mar por volta das 13h30, momento em que chovia na região. 

O acidente aconteceu próximo à Ilha Rasa, a dois quilômetros da cabeceira da pista do aeroporto, no litoral de Paraty. Pelo menos outros dois aviões bimotor já haviam caído na mesma região de Costa Verde. O primeiro, em 2013, que deixou três mortos. O segundo, em 2016, com duas vítimas. O aeroporto de Paraty não está equipado para pousos por meio de instrumentos, o que pode dificultar aterrissagens de aeronaves em momentos de baixa visibilidade. Não há também torre de controle ou estação meteorológica no local.
.

Ao menos 50 militares e três embarcações da Marinha do Brasil foram envolvidos nas buscas, além de uma equipe do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro e barcos pesqueiros. A FAB também informou que o avião, cuja capacidade é de oito passageiros, era de propriedade do hotel Emiliano, um luxuoso empreendimento com sedes em São Paulo e no Rio de Janeiro. Carlos Alberto Filgueiras, dono do hotel e amigo pessoal do ministro, emprestou seu bimotor para que Zavascki viajasse.

Na terça-feira 17, Zavascki determinou as primeiras diligências nas petições que tratam da homologação dos acordos de delação premiada de executivos da Odebrecht, a chamada "delação do fim do mundo". O conteúdo das decisões não foi divulgado em razão do segredo de Justiça imposto às investigações. A expectativa era de que sigilo fosse retirado nos primeiros dias de fevereiro. 

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, lamentou o falecimento do ministro em nota oficial. "É inegável e inquestionável a grande contribuição que o ministro Teori Zavascki deu ao Estado Democrático de Direito Brasileiro a partir de sua atuação como magistrado", lamentou Janot.  Para o procurador-geral da República, Zavascki "honrou o papel de magistrado, ao atuar de forma ética, isenta, discreta e extremamente técnica durante toda sua carreira". Como relator da Lava Jato na Corte, "o ministro não hesitou em adotar medidas inéditas para a Suprema Corte, a pedido do MPF", afirmou.
.

"Hoje perdemos um grande brasileiro", lamentou a ex-presidenta Dilma Rousseff por meio de nota oficial. Dilma foi a responsável pela indicação de Teori, em 2012. "Como juiz e cidadão, Teori se consagrou como um intelectual do Direito, zeloso das leis e da Justiça. Tive o privilégio de indicá-lo para ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), com ampla aprovação do Senado. Desempenhou esta função com destemor como um homem sério e íntegro. Lamento a dor da família e dos amigos. Recebam meus sentimentos de pesar e respeito", diz a nota da ex-Presidente Dilma. 

Responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância, o juiz Sérgio Moro também se manifestou, afirmando estar "perplexo": "Ele foi um grande magistrado e um herói brasileiro, exemplo para juízes, promotores e procuradores", lamentou. Teori Albino Zavascki nasceu em 1948 em Faxinal dos Guedes, Santa Catarina. Formado em Direito em 1972 pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, onde também fez mestrado e doutorado. Zavascki foi também ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) entre 2003 e 2012. Indicado pela ex-presidenta Dilma Rousseff, ocupava uma das cadeiras do mais alto tribunal brasileiro desde 2012.
.

GOVERNADOR DE PERNAMBUCO EMITE NOTA DE PESAR:

"A magistratura brasileira perde um dos seus quadros mais qualificados com a morte do ministro Teori Zavascki. Discreto, ético, íntegro, o ministro era e continuará sendo uma referência no Direito brasileiro, por tudo que fez ao longo de sua vida profissional, trajetória que o levou ao Superior Tribunal de Justiça e, posteriormente, ao Supremo Tribunal Federal. Presto minha solidariedade aos seus familiares, nessa hora de tamanha perda".

Paulo Henrique Saraiva Câmara
Governador de Pernambuco

GOVERNADOR DECRETA LUTO OFICIAL POR TRÊS DIAS

Além de se solidarizar com os parentes de Zavasck, através de Nota de Pesar, governador Paulo Câmara também decretou Luto Oficial por três dias, em todo Estado de Pernambuco, por razão da morte do Ministro. No decreto, que será publicado nesta sexta-feira (20), o governador considera que "o País perde um de seus magistrados de maior dimensão, sendo um dever homenagear este ilustre jurista, cujo falecimento constitui irreparável perda para sua família, para o Estado e para o Brasil".

Após pausa, Blog do Kléber Cisneiros esta de volta as atividades

“Volto com a mesma disposição, para me juntar aos companheiros blogueiros da cidade,
em torno dos interesses de Garanhuns e de seu povo”, garante Cisneiros.


Depois de um tempo se dedicando mais a outras atividades, principalmente na área de vendas, Kleber Cisneiros está de volta com seu blog, que até 2012 competia em pé de igualdade com os principais da cidade. Kleber dá ênfase aos assuntos de Garanhuns, sem deixar de noticiar os fatos relevantes da região, do Estado e do País. O texto é objetivo, com o uso de fotos grandes que facilitam o visual para os leitores.

Em 2012, quando Eduardo Campos quis impor a o nome de Antônio Dourado à prefeitura de Garanhuns, os blogs de Ronaldo César, Calvino Brasil, Wagner Marques,  Roberto Almeida e Kleber Cisneiros exerceram um papel importante na defesa de uma candidatura com raízes na cidade, ajudando a minar o projeto socialista. Essa posição firme dos blogueiros, de radialistas e jornalistas de Garanhuns “abortaram” a candidatura de Antônio João, abrindo caminho para Izaías Régis firmar sua pré-candidatura, depois oficializada e vitoriosa, principalmente após a renúncia de Silvino Duarte.

“Volto com a mesma disposição, para me juntar aos companheiros blogueiros da cidade, em torno dos interesses de Garanhuns e seu povo”, disse Cisneiros ao comentar esta nova fase em seu trabalho na mídia digital. Abaixo, segue o link do Blog do Cisneiros. É só clicar e conferir as informações já postadas:

GARANHUNS: PSDB pode migrar para o Partido Progressista (PP)

O atual Presidente do PSDB não confirma, mas algumas pessoas ligadas a ele dão como certa a 
ida dos tucanos para o partido Progressista. Além do PP, o PTC também pode acolher alguns membros.

Depois de encabeçar a coligação ”Nós Amamos Garanhuns” nas eleições municipais passadas, o PSDB Garanhuns, que elegeu Tonho de Belo do Cal para o seu primeiro mandato parlamentar, pode sofrer agudas modificações aqui na cidade. Membros filiados e direção executiva já estudam a viabilidade da migração para o Partido Progressista (PP). De acordo com o atual Presidente Tucano em Garanhuns, Rafael Peixoto (foto acima), a mudança não é dada como certa, mas caso ocorra, compreenderá o processo de restruturação e repactuação que vive atualmente o PP aqui na cidade.

Contando com a experiência de ter participado ativamente de cinco eleições, entre nacionais e municipais, Rafael assegura que a saída do grupo do PSDB, acaso se confirme, sinaliza o trânsito político conquistado pelos Tucanos de Garanhuns. “Depois de uma eleição atípica que vivemos ano passado, onde não contamos com o poder econômico para eleição de Tonho, é natural que ocorra essa sondagem por parte de outras legendas ao nosso grupo. Tudo remete à importância conquistada pela nossa forma de fazer política em Garanhuns, que foi limpa; transparente”, assegura Peixoto.

O grupo formado por Rafael existe a cerca de dois anos, e entre idas e vindas de alguns membros, obteve sucesso em 2016, ao eleger o vereador Tonho de Belo do Cal. Durante a presidência de Peixoto, as alas “Jovem” e “Mulher” da legenda foram incentivadas. O atual Presidente do PSDB Garanhuns não confirma, mas algumas pessoas ligadas a ele e ao partido aqui na cidade dão como certa a ida dos tucanos para o Partido Progressista. Além do PP, o Partido Trabalhista Cristão, PTC, do Deputado Estadual Eriberto Medeiros, também pode acolher alguns membros da atual formação do PSDB local.