sábado, 9 de dezembro de 2017

Zeca Cavalcanti vai votar contra a reforma da Previdência

Cavalcanti: “Apesar do meu partido ter fechado posição a favor, paciência, 
se acharem que querem me expulsar de um partido por uma questão de convicção”.

Ao ser entrevistado pelo radiojornalista João Ferreira (foto acima), na Rádio Itapuama FM, na última sexta-feira, 8 de dezembro, onde na ocasião, detalhou a implantação do tão aguardado curso de Medicina em Arcoverde, o Deputado Federal pernambucano pelo PTB, Zeca Cavalcanti confirmou que  votará contra a reforma da Previdência que tramita na Câmara dos Deputados. Questionado por João Ferreira, Zeca assegurou que apesar de ser algo necessário, a reforma está muito mal discutida com a população e foi colocada de forma equivocada. "Primeiramente quiseram atingir os trabalhadores rurais, depois dificultar a idade mínima da mulher, dos homens, ficou muito mal explicado" disse Zeca.

O parlamentar deixou bem claro a população de Arcoverde e região que vai votar contra a reforma da previdência. “Apesar do meu partido ter fechado posição a favor, paciência, se acharem que querem me expulsar de um partido por uma questão de convicção...o deputado Zeca Cavalcanti já tem uma posição firmada e formada, e não votará a favor dessa reforma de maneira nenhuma...Voto contra a reforma da previdência”, disse.

Ainda durante a entrevista, o parlamentar trabalhista detalhou e comemorou a publicação do Diário Oficial da União desta sexta-feira, onde consta o edital do Ministério da Educação conformando o curso de Medicina em Arcoverde e outras 28 cidades de todo o País. Na última quarta-feira, ao lado do Ministro da Educação, Mendonça Filho, Cavalcanti anunciou a conquista do curso tão sonhado por Arcoverde e toda a região. “Esse curso foi uma conquista política nossa, quando já estava para fechar a relação dos municípios que receberiam Medicina, conseguimos com o ministro Mendonça a inclusão de Arcoverde e isso vai alavancar o desenvolvimento de toda uma região”, disse o parlamentar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário