quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Matheus Martins: Eleito, será o Prefeito mais jovem de Garanhuns

Martins: “A minha cidade, quero transformá-la na Garanhuns do futuro. Na gestão, não devemos
privilegiar os mais próximos, mas sim, abrir espaço àqueles que ascendem, por intermédio da meritocracia”.

Ele tem apenas, 19 anos de idade, é aluno do curso de Administração da FAGA, aqui em Garanhuns, trabalha no ramo agropecuário e já soma experiência de ter participado de duas eleições, uma municipal, e outra nacional. Diante disso, e a julgar pela bagagem que ainda somará em sua trajetória política, Matheus Martins, que aqui no município, já esteve à frente da ala jovem do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), pode se apresentar em 2020 (aos 22 anos), como candidato mais jovem ao posto de Prefeito na história de Garanhuns, e se vencer, se tornará também, o mais moço a exercer o mandato.
       
       Ano passado, 2016, nas eleições municipais, Matheus decidiu de última hora que não seria candidato a vereador, e assim, acabou apoiando um colega em particular, Danilo Guedes, que após a abertura das urnas, se sagrou suplente do atual vereador Tonho de Belo do Cal, também PSDB. Passada a municipal de 2016, e agora mais maduro, seguindo com atividades no campo de políticas públicas dirigidas aos jovens de Garanhuns, Matheus pretende, no caso de se tornar Prefeito da cidade, transformá-la de tal forma, que ela passe a ser referência para todo o Norte/Nordeste, “e porque não, para o Brasil”, assegura ele.

“A minha cidade, quero transformá-la na Garanhuns do futuro, e de que forma: trazendo um grande organismo de tecnologia para funcionar em nosso município, sem esquecer de escoar esse serviço para todo país. Os jovens precisam de educação, e não apenas a do tipo convencional, isso já se mostra coisa do passado. Não esquecendo de um tema importane, infraestrutura, e aí falo sobre o trânsito, a cidade precisa de novas artérias para que o tráfego possa fluir, de forma a desobstruir as ruas e avenidas do município, que já não dispõe de capacidade para acolher a demanda de veículos”, destaca Matheus.

O ex-presidente do PSDB Jovem local, é natural de Garanhuns. Esta semana, ao falar exclusivamente ao Blog do Gidi Santos, ele aproveitou para revelar, que seu envolvimento com a política, não está ligado ao fisiologismo em geral, que o país acompanha, na Câmara e no Senado Federal. “Não penso que gestão tenha que ser feita dessa forma. Apesar de jovem, sou daqueles que acredito que não devemos apenas privilegiar os mais próximos, mas sim, abrir espaço àqueles que ascendem, por intermédio da meritocracia. Com uma atuação séria, justa e ética, tudo tende a dar certo. O que nos falta, e nós precisamos, é de apenas homens bons e honestos em nossa política”, finaliza Matheus.

Para os mais céticos, vale dizer: ao que colhemos de informações com Martins, ele irá conduzir um trânsito político local e regional, no intuito de viabilizar sua candidatura para 2020; mesmo ano que, para alguns analistas políticos, equivocadamente, não teremos nomes capazes de construir unidade política suficiente para alavancar uma candidatura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário