quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

FBC diz que Jarbas fez seu discurso de despedida do PMDB

Em fala na Câmara, nesta terça-feira (19), no qual o deputado fez queixa sobre a intervenção 
que deve ser feita na legenda aqui em Pernambuco, Jarbas chamou Jucá de 'crápula'. (JC Online).

O senador Fernando Bezerra Coelho, taxado, ex-PSB, e que agora integra o partido do presidente Temer, o PMDB, respondeu às duras críticas feitas a ele e ao senador Romero Jucá, presidente nacional do PMDB, pelo deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB). Para FBC, as declarações de Jarbas podem indicar a saída dele da legenda. “Pelo tom parece discurso de despedida, pois com as palavras usadas, a acidez e agressões, ele está inviabilizando sua permanência no partido”, afirmou em entrevista ao JC, nesta terça (19).

Em um discurso na tribuna da Câmara, nesta terça-feira (19), no qual tentou defender a história e a força do partido em Pernambuco, Jarbas chegou a chamar Jucá de 'crápula'. O posicionamento aconteceu logo após Romero Jucá aprovar, durante convenção nacional do partido, que o PMDB de Pernambuco deve sofrer intervenções. Através dessas mudanças, o comando da legenda no Estado passa das mãos de Raul Henry e Jarbas para o, agora peemedebista, Fernando Bezerra Coelho, pré candidato ao Governo de Pernambuco.

"Quem é Romero Jucá para ameaçar o PMDB de Pernambuco? O PMDB de Pernambuco é um partido forte e atuante. Foi a secção estadual que mais cresceu nas últimas eleições municipais [...] Não é a figura medíocre, desqualificada, mesquinha e desonrada desse senador Romero Jucá que vai nos amedrontar nesse momento", discursou Jarbas Vasconcelos, na Câmara Federal, durante sessão da casa nesta terça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário