segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Sesc local traz escritor Paraense para programação literária infantil

De 20 a 22 de novembro, das 14h às 18h, no Laboratório de Autoria Literária Luzinette Laporte, 
acontece a oficina “Literatura infanto juvenil e os caminhos para leitura” com Daniel Munduruku. (Oficina).

A literatura infanto juvenil e a importância da leitura na formação de crianças e adolescentes serão os temas principais da programação preparada pelo Sesc Garanhuns, de 20 a 22 de novembro. O escritor paraense Daniel Munduruku é o convidado do Sesc para compartilhar sua experiência com o público. Sua primeira obra, "Histórias de Índio" (Companhia das Letrinhas), de 1996, vendeu mais de 60 mil cópias e está na 16ª edição. A segunda, uma enciclopédia com verbetes nativos, ganhou o Prêmio Jabuti.

De 20 a 22 de novembro, das 14h às 18h, no Laboratório de Autoria Literária Luzinette Laporte, acontece a oficina “Literatura infanto juvenil e os caminhos para leitura” com Daniel Munduruku. O público-alvo desta capacitação são professores, mediadores de leitura, arte-educadores, contadores de história e demais interessados sobre o tema. As inscrições podem ser feitas no Ponto de Atendimento do Sesc Garanhuns. O valor do investimento é de R$ 44 para o público em geral e de R$ 22 para comerciários e dependentes.

Nesta quarta-feira (22/11), às 19h30, no Salão de Eventos Jaime Pincho do Sesc Garanhuns acontece uma conversa com o escritor Daniel Munduruku sobre a "Diversidade na Literatura Infanto Juvenil". A entrada é franca. O escritor e professor é pertencente à etnia indígena Munduruku. Ele é graduado em filosofia, história e psicologia, tem mestrado em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo e doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo e é diretor-presidente do Instituto Uk´a - Casa dos Saberes Ancestrais. Muitos de seus livros receberam prêmios nacionais e internacionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário