terça-feira, 10 de outubro de 2017

Prefeitura sobre o empréstimo de R$ 5 milhões: “faz-se necessário”

Em nota distribuída a imprensa, Executivo ainda esclarece que a busca pelo crédito junto ao BB, decorre 
das dificuldades financeiras enfrentadas pelo município, desde o bloqueio de recursos, em junho.

Conforme foi apresentado por alguns veículos de imprensa aqui do município, está em discussão na Câmara de Vereadores de Garanhuns, ainda na etapa que compete as comissões da casa, o Projeto de Lei 034/2017, que é oriundo do Poder Executivo, e visa obter autorização do Legislativo Municipal, para que a Prefeitura, possa obter acesso a um financiamento da ordem de R$ 5 milhões de reais junto ao Banco do Brasil.

Sobre o Projeto de Lei, que tramita na Casa Raimundo de Moraes, o Governo de Garanhuns, através da Secretaria da Comunicação, esclarece:

       "A Prefeitura de Garanhuns informa que está encaminhando Projeto de Lei à Câmara Municipal de Vereadores para apreciação dos legisladores, em que solicita a autorização para contrair empréstimo junto ao Banco do Brasil, a ser pago em um prazo de 60 meses, descontados direto do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). 

A destinação do dinheiro, no valor de 5 milhões de reais, será a seguinte: 1 milhão de reais, para a conclusão da Escola Municipal Padre Agobar Valença; 1 milhão de reais, para Secretaria de Infraestrutura, que será encaminhado para a Gerencia de Iluminação, e os 3 milhões de reais restantes, para obras de Infraestrutura no bairro Francisco Figueira. 

A Prefeitura esclarece ainda que o empréstimo faz-se necessário devido às dificuldades financeiras enfrentadas pelo município, desde o bloqueio de recursos, em junho, em decisão judicial referente à gestão anterior. A Secretaria de Finanças, de forma muito responsável, avaliou os impactos financeiros, pesados aos benefícios dos serviços e obras que serão realizados por meio do empréstimo, trazendo mais qualidade de vida aos moradores de Garanhuns."

Nenhum comentário:

Postar um comentário