segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Paulo da pontapé inicial em curso que formará novos 1.283 Policias

Durante evento nesta segunda (2), Governador destacou sua vontade de realizar novos concursos públicos
anualmente para área de segurança, e ainda frisou : “Nós vamos, em três anos, investir R$ 10 bilhões”.

O governador Paulo Câmara comandou, na manhã desta segunda-feira (02),  cerimônia que oficializou o início  do Curso de Formação das Polícias Civil e Científica de Pernambuco para 1.283 homens e mulheres.  Os novos profissionais reforçarão, já nos próximos meses, o efetivo das forças de segurança pública do Estado, que há poucos dias contou com a integração de 1.500 profissionais ao efetivo da Polícia Militar e com o ingresso de 1.322 novos alunos no Curso de Formação e Aperfeiçoamento de Praças da instituição. Na solenidade, Paulo destacou a importância da atuação dos novos servidores na elucidação de crimes e na consolidação de uma cultura de paz em Pernambuco.

“São 1.283 novos policiais que vão ingressar nas carreiras de delegados, agentes e toda parte da Polícia Científica. A nossa meta é que todas as delegacias tenham as suas equipes formadas para que não haja mais o prejuízo de acumulação de funções, além da melhora da resolutividade. Só em 2017, são R$ 4 bilhões que vão ser investidos. Nós vamos, em três anos, investir R$ 10 bilhões na área de segurança pública, ou seja, todo o direcionamento que precisa ser feito, está sendo feito com esse olhar, de restabelecer a segurança e a paz em nosso Estado. E, ao mesmo tempo, dar condições de trabalho e de valorização para as nossas polícias", frisou.

O Governador Paulo Câmara acrescentou ainda, que a intenção da gestão estadual é realizar concursos para integrar, ano a ano, novos profissionais nas corporações. “Nosso intuito é que, a partir de agora, todo ano tenhamos concursos para ir repondo as pessoas que vão se aposentando e para que não tenha aumentos — como estão ocorrendo agora — nos índices de violência no nosso Estado", pontuou.

O governador também garantiu um reajuste no valor da bolsa dos  alunos do Curso de Formação. "Descobrimos que há uma defasagem grande em relação às bolsas,. Então, já autorizei a correção delas para que vocês tenham, efetivamente, quatro meses de trabalho sem se preocupar com conta. Vão trabalhar, se engajar e produzir que nós vamos cobrar. Temos certeza que vocês vão dar conta do recado", ressaltou. O Governo de Pernambuco encaminhará, nos próximos dias, à Alepe, Projeto de Lei com esse objetivo.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário