terça-feira, 17 de outubro de 2017

Empréstimo: Izaías quer R$ 30 milhões para obras em Garanhuns

Johny Albino sobre proposta de Régis: “Os nove próximos Prefeitos 
de Garanhuns é que irão pagar essa conta, deixando a Prefeitura endividada”.

"Só assim eu terminaria de fazer toda a infraestrutura de Garanhuns". Com essa frase, em entrevista a Rádio Jornal de Garanhuns, o Prefeito Izaías Régis (PTB) justificou, semana passada, sua atuação junto a Caixa Econômica Federal e Ministério das Cidades, onde ele busca obter, através do Tesouro Nacional, um empréstimo na ordem de R$ 30 milhões de reais para os cofres públicos do município.

O pedido de empréstimo, está em fase de análise, e para o caso de ser aprovado pelo Governo Federal, precisará passar ainda pelo Senado, através da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). Neste caso específico, se chancelado em todas as esferas de validação, o empréstimo acarretará um parcelamento de 35 anos.

O assunto, um dos mais discutidos pela cidade, vem repercutindo bastante; principalmente no que diz respeito ao valor proposto pelo Prefeito no financiamento, bem como no período que poderá ser pago.

Oposição a atual gestão do Prefeito Izaías, o bacharel em direito Senivaldo Rodrigues Albino, o popular Johny Albino, defende que o empréstimo pleiteado por Régis pode promover drásticas consequências ao município. Johny fala do desequilíbrio nas contas, assim como nas penalizações que sofrerão gestões futuras a de Réis. Por isso, em uma rede social, ele disparou: “Os nove próximos Prefeitos de Garanhuns é que irão pagar essa conta, deixando a Prefeitura endividada”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário