segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Gol anuncia ampliação de voos partindo do Estado de Pernambuco

Agora, Estado contará com novos voos diretos para Córdoba (Argentina), Porto Alegre(RS),  Vitória (ES), Salvador (BA) e Belém (PA). A pedido do governador, voo Guarulhos/Petrolina retornará.(Imprensa/PE).

Em reunião hoje, segunda-feira, 23 de outubro, com o governador Paulo Câmara, o presidente da empresa Gol Linhas Aéreas, Paulo Sérgio Kakinoff, anunciou a ampliação dos voos da companhia partindo aqui de Pernambuco. O Estado vai ganhar o reforço da terceira frequência do voo Recife/Buenos Aires e um novo destino internacional: Córdoba, na Argentina. Além disso, Kakinoff confirmou o retorno do voo Guarulhos/Petrolina, atendendo um pedido do governador Paulo Câmara. 

Além desses, foram anunciados quatro voos diretos para Porto Alegre, Vitória, Salvador e Belém. A expansão contará ainda com uma frequência adicional Recife/Congonhas. Na avaliação do governador Paulo Câmara, Pernambuco se consolida como um dos hubs aéreos mais importantes do Brasil.

Só em número de assentos, o crescimento será de 13%, chegando a 2.615.433. Marca que coloca o Aeroporto Internacional do Recife entre as suas principais operações no País. O novo destino internacional, Córdoba, na região central da Argentina, é estratégico, pois o país vizinho é hoje o maior emissor de turistas estrangeiros para Pernambuco.

O novo voo Guarulhos/Petrolina e a nova frequência Recife/Congonhas entram em operação já no próximo mês de novembro. O retorno ao mercado de Salvador e a nova frequência para Fortaleza estão previstas para maio de 2018. Os voos domésticos para Belém, Vitória, Porto Alegre e Salvador, e o novo voo para Córdoba, na Argentina, fazem parte do pacote de incremento para a alta temporada. A previsão é um aumento de 20% no número de assentos nos voos da companhia partindo do Recife, só nesse período.

PROMESSA DE CÂMARA, SOBRE REFORMA DO
AEROPORTO DE GARANHUNS E VOOS PARTINDO
DA CIDADE PARA A CAPITAL, RECIFE
.

Em agosto de 2016, o Governador Paulo Câmara anunciou a ativação de duas novas conexões na malha aérea estadual. Na ocasião da divulgação, estavam em pauta a reestruturação dos aeroportos de Garanhuns, no Agreste Meridional, e o de Serra Talhada, no Sertão do Estado, que registramos já ocorreu. Aquela época, ao falar sobre o tema, Câmara defendeu que ambos os aeroportos, o de Garanhuns e o de Serra, receberiam voos da empresa Azul Linhas Aéreas com destino a capital, Recife.

No começo do mês de janeiro deste ano, o Secretário estadual de Turismo, Esportes e Lazer, Felipe Carreras, reforçou a promessa palaciana. Em entrevista à Rádio Jornal Caruaru, o titular da pasta de Turismo assegurou que o aeroporto de Garanhuns, assim como os de Caruaru e Araripina receberiam em breve, investimentos por parte do Governo do Estado, manifestando ainda, o interesse da Azul em operar voos regionais.

Passados um ano e três meses da promessa inicial do Governador Paulo Câmara, o aeroporto de Serra Talhada recebeu um investimento na ordem de R$ 6,5 milhões de reais para sua readequação. Esse montante, bem menor do que o liberado pelo Ministério dos Transportes, Aviação e Portos para reestruturação daquele aeródromo (R$ 30 milhões) fez com que parte da obra fosse finalizada.

Concluída, a reforma do aeroporto de Serra, capacitou a área de pouso e decolagens, a comportar aeronaves que detém capacidade no transporte de 70 passageiros. Também em razão da reestruturação, o Santa Magalhães suportará aviões de 33 toneladas.

Já a partir de janeiro do próximo ano, 2018, o Aeroporto Santa Magalhães, em Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco, vai operar quatro voos da Azul Linhas Aéreas durante a semana para o Recife, em conformidade a promessa do Governador Paulo Câmara.

Enquanto isso aqui em Garanhuns, a vinda de investimentos por parte do Governo de Pernambuco junto ao aeroporto de Garanhuns, segue sem previsão; já que ao falar sobre o assunto no ainda em Janeiro, na Rádio Jornal Caruaru, o próprio Secretário de Turismo, Felipe Carreras não deixou claro quando isso deve ocorrer. Se referindo aos aeródromos de Garanhuns, Caruaru e Araripina, Carreras defendeu, sem citar valores ou datas, que esses aeroportos terão condições de receber voos da Linhas Azul.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário