segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Raquel Lyra denuncia violência em Caruarua: “É inaceitável”

Em nota distribuída à imprensa, Prefeita fez um apelo para que o Governador Paulo 
Câmara melhore as condições das polícias que atendem o município. (Sérgio Montenegro).

“É inaceitável a situação de vulnerabilidade que nós, da população de Caruaru, estamos vivendo diariamente, devido à falta de segurança. Até quando vamos sair de casa sem saber se vamos voltar?”. O questionamento foi feito pela prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), em nota divulgada neste domingo (17), ao lamentar o episódio envolvendo a socorrista Josimere do Nascimento, o motorista Valderir Antônio do Nascimento – ambos do Samu – e o apresentador da TV Asa Branca, Alexandre Farias, no sábado (16), todos feridos em situaçao de violência urbana no município.

Segundo a nota, desde 1º de janeiro até a presente data, foram cometidos 200 homicídios em Caruaru, o que representa um aumento de mais 33% em relação ao ano passado, o que torna a cidade, segundo a prefeita, uma das mais violentas do Brasil. Alexandre foi atingido na cabeça por uma bala perdida num confronto entre policiais e bandidos no Alto do Moura, e está em coma induzido. Os funcionários do Samu estiveram envolvidos no mesmo episódio e também saíram feridos.

Raquel Lyra justificou estar utilizando a nota para denunciar a situação, da mesma forma como vem fazendo através de expedientes e reuniões com o governador Paulo Câmara (PSB), em um apelo para que melhore as condições das polícias que atendem o município, através da criação de mais delegacias de plantão, com aumento do efetivo e a mudança para que o 4° Batalhão se torne exclusivo para Caruaru, serviço de chamada de emergência 190 com atendimento no município, entre outras medidas que vem sendo solicitadas por ela desde o início da sua gestão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário