quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Pediu pra sair: João Pontes não é mais Procurador de Garanhuns

Nos bastidores se ouve: "Pedido de exoneração do Procurador foi motivado pelo embaraço jurídico 
que Prefeito e o próprio João estão envolvidos, que podem torná-los réus por improbidade."

Depois de muita especulação nos bastidores, em fim, se confirma a saída do atual Procurador do Município de Garanhuns, João Pontes de Santana. Através de nota emitida na tarde desta quinta-feira (28), o Palácio Celso Galvão comunicou a saída dele. Como vem acontecendo em outros casos em que secretários pedem sua exoneração, a nota traz poucas informações sobre os motivos da saída.

De acordo com o Governo Izaías, João deixa a Procuradoria, em face da necessidade de atendimento de interesses profissionais, os quais não se conjugam com a função desempenhada por ele no executivo garanhuense.

Apesar da informação do Palácio, o que se diz nos bastidores, é que a situação do Procurador era insustentável, já que o Prefeito Izaías  e o próprio João, podem se tornar réus em ação de improbidade administrativa, acaso o juiz Glacidelson Antônio, da Vara da Fazenda Pública de Garanhuns, acolha os embargos de declaração propostos pelo Promotor de Justiça, Domingos Sávio Pereira Agra.

Em específico, a ação movida por Domingos contra ambos, se refere a Lei Municipal aprovada pela Câmara: proposta pelo Prefeito Izaías e subscrita pelo Procurador, que se encarregou de alterar a fórmula de cálculo da carga horário de trabalho dos professores da rede municipal de ensino, de hora-aula, para hora-relógio.

Como houve um parecer favorável por parte da Procuradoria, muitos defendem que João falhou em sua atuação como Procurador. Há relatos de desentendimentos entre o Prefeito e João, o que mostra o quanto estava tumultuada a relação dentro do executivo. Hoje portanto, o desfecho ocorreu; João pediu pra sair. A expectativa agora, fica por conta da indicação do novo procurador; algo que deve ocorrer em breve.

A portaria que oficializa a saída de João Pontes da Procuradoria Municipal, será publicada no Diário Oficial dos Municípios de Pernambuco (AMUPE) de amanhã (29/09).

Nenhum comentário:

Postar um comentário