sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Morre no Recife, o radialista Aldo César, natural de Garanhuns

O "Galeguinho", como era carinhosamente chamado, trabalhou na Rádio 102 FM, Tamandaré AM, Recife 
FM e atualmente integrava a equipe da Clube FM, onde comandava vários programas. (JC Online).

Faleceu na noite desta quinta-feira, 31 de agosto, aos 50 anos, na capital pernambucana, Recife, o radialista Aldo César. O óbito do profissional de imprensa, foi confirmado por volta das 19 horas, enquanto ele passava por um procedimento cirúrgico no coração. O comunicador estava de repouso em casa após um AVC sofrido há seis meses. Há 15 dias, ele teve um infarte e foi levado ao hospital. Aldo, morreu na mesa de cirurgia. 

O comunicador, deixa um filho, Igor César, de apenas 15 anos de idade, e a esposa Walma Lopes. O radialista foi sepultado hoje, sexta-feira, dia 1, as 15 horas no cemitério Parque das Flores, Zona Oeste da capital do estado, Recife.

Carreira - Natural de Garanhuns, o "Galeguinho", como era carinhosamente chamado, trabalhou na Rádio 102 FM, Tamandaré AM, Recife FM e atualmente integrava a equipe da Clube FM, onde comandava vários programas, entre eles o Bom Dia Clube.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário