domingo, 10 de setembro de 2017

Geddel pode ter mais malas, em seu complexo do Tio Patinhas

Juiz federal, Vallisney de Souza Oliveira já mandou vasculhar outros endereços,
inclusive a casa onde mora a mãe de Geddel. (Blog Diário do Poder).

O apartamento no Chame-Chame, bairro de Salvador, não é o único local onde Geddel Vieira Lima escondia dinheiro. A suspeita é que há malas e caixas semelhantes espalhados em diversos outros locais, inclusive fora da Bahia. A apreensão dos R$51 milhões atribuídos ao ex-ministro de Lula e Temer não causou especial surpresa no mundo político: esse tipo de esconderijo é mais comum do que se imagina. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O imóvel no Chame-Chame era conhecido dos vizinhos de Geddel, que o viam com frequência no local: ele fica a menos de 1 quilômetro da casa do ex-ministro. O Ministério Público Federal (MPF), junto a Polícia Federal (PF) vão listar até mesmo imóveis remotamente ligados a Geddel, à procura de malas.

O juiz federal Vallisney de Souza Oliveira já mandou vasculhar outros endereços, inclusive a casa onde mora a mãe de Geddel. Uma das expectativas dos investigadores, no caso Geddel, é que ele também se disponha a delatar seus cúmplices no esquema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário